PESQUISAR

Residência Médica
Residência Médica
Sabará, um hospital humanizado
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Sabará, um hospital humanizado

Sabará, um hospital humanizado

23/10/2019
  265   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

“Humanização é a ação ou efeito de humanizar, de tornar humano ou mais humano, tornar benévolo, tornar afável.” Nunca gostei deste termo, mas ele é empregado desde que a medicina passou a usar aparelhos mais tecnológicos na década de 50 e 60 e iniciou um processo de afastamento do profissional da saúde do paciente.

Nossa instituição possui seis valores e entre eles estão o Humanismo e o Cuidar, deixando claro a importância que tem para nós o significado da palavra Humanização. Na nossa descrição de Humanismo está: Acreditamos no ser humano em primeiro lugar, respeitando a individualidade e a diversidade. E na de cuidar está: Acreditamos que nossos cuidadores atuam com compaixão, cooperação e comprometimento. Poderíamos acrescentar o valor Filantropia neste conceito de Humanização também.

Uma instituição que valoriza o ser humano em primeiro lugar, que respeita tanto o paciente quanto os seus funcionários, pois só existe hospital humanizado quando a humanização acontece para todos aqueles que entram nas suas dependências, independentemente a que veio fazer, que respeita a individualidade e a diversidade, que trabalha com a inclusão da pessoa, que pratica a compaixão e que prega a cooperação, certamente terá como resultado a Humanização desejada, de um modo natural e saudável.

O Hospital Sabará é um lugar especial em se tratando de Humanização, e na semana da criança, para quem passou por lá, foi possível viver uma experiência indescritível que vivemos todos os anos nesta época, quando os limpadores dos vidros das fachadas se vestem de super-heróis e descem pelas janelas não só limpando, mas brincando com as crianças que, ansiosas, olham incrédulas esperando sua vez de brincar com o Batman, Super-Homem, Mulher Maravilha ou outro herói. O efeito disso nos corredores é incrível e só estando dentro do hospital para poder descrever, mesmo na rua em frente o clima muda, e as pessoas parecem que melhoram o humor.

Ações como essa fazem parte do nosso dia a dia, possuímos um grupo de Humanização dedicado a pensar atividades que envolvam nosso voluntariado, nossos grupos de apoio, como os músicos do Saracura, nossos atores do Pronto Sorrir, ou o pessoal do Cão Terapeuta, contando sempre com o apoio da equipe técnica do hospital, da equipe de Enfermagem, de Child Life, de Psicologia e de Hospitalidade. Este grupo está sempre pensando em tornar a experiência do nosso paciente e de sua família menos estressante e nosso contato com eles mais próximo e mais “humano”, como instituição.

Talvez este seja um diferencial de um hospital pediátrico, feito e idealizado por pediatras e com profissionais da saúde que estão habituados a lidar com crianças e suas famílias em estado de estresse. São pessoas, quem sabe, mais sensíveis mais humanas? Não sei dizer, mas sei dizer que a Humanização está no DNA do Sabará, um lugar muito especial para se Trabalhar e para ser Cuidado.

 

Saiba mais:

https://www.gruposaracura.com.br/

https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/rede-de-humanizacao/pronto-sorrir/

https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/rede-de-humanizacao/inspiracao/

https://caoterapeuta.org.br

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade