PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Uso inadequado dos antibióticos
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Uso inadequado dos antibióticos

Uso inadequado dos antibióticos

06/10/2015
  490   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

antibioticos

 

Ao longo das últimas duas décadas tem-se visto uma diminuição no uso de antibióticos para crianças, provavelmente por causa de campanhas educativas eficazes, juntamente com outros fatores. No entanto, um estudo realizado nos EUA considera que mal-entendidos sobre o uso adequado de antibióticos continuam a ser comuns entre os pais de crianças com menos de 6 anos de idade.

O estudo Prevalence of Parental Misconceptions About Antibiotic Use”, publicado na Pediatrics de julho, também encontrou mal-entendidos são mais prevalentes entre os pais humildes.

Estes resultados são importantes porque as atitudes dos pais pode influenciar o pediatra prescrever antibióticos quando eles podem não ser necessário, contribuindo para o uso excessivo de antibióticos. Embora se tenha observado algumas melhorias no conhecimento, entre 2000 e 2013, os pais de crianças humildes permaneceram menos propensos a entender quando o uso de antibióticos foi adequado em comparação com os pais de melhor condição socioeconômica.

Os autores do estudo concluem que as futuras intervenções deveriam ter em conta a complexidade das doenças comuns da infância e mensagens sob medida para a faixa de população menos esclarecida para abordar atitudes e equívocos locais sobre o tratamento para essas doenças.

Embora o artigo se refere a uma condição nos EUA, acredito que o mesmo ocorra no Brasil. Mesmo em população supostamente mais esclarecida vemos com frequência os pais solicitando o uso de antibióticos em situações desnecessárias.

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Peditarics – julho 2015

Article: Prevalence of Parental Misconceptions About Antibiotic Use

 

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o tratamento médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade