PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Vai viajar? Conheça os países que exigem vacinação
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Vai viajar? Conheça os países que exigem vacinação

Vai viajar? Conheça os países que exigem vacinação

26/03/2012
  292   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Saiba como proceder antes de ir a um país que exige vacinação

Muitas pessoas se preparam para viajar ao exterior, principalmente na época das férias. Por isso é importante saber quais países exigem vacinas e quais são elas, o que evitará transtornos e atropelos de última hora.

Os brasileiros que pretendem viajar para fora do país precisam estar atentos a alguns cuidados de saúde e ter em mãos o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) ao visitar países que o exigem. Trata-se de um documento obrigatório para entrada em alguns deles, como: Austrália, África do Sul, Arábia Saudita, China, Egito, Uruguai, Rússia, entre outros, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Alguns países chegam a impedir a entrada de estrangeiros procedentes de regiões com risco de contaminação por febre amarela, como é o caso do Brasil, e daqueles que não possuem o CIVP. O documento é emitido em 88 Centros de Orientação de Viajantes espalhados por todo o Brasil.

Para ter acesso ao certificado, é preciso que pessoa vá a um desses Centros de Orientação de Viajantes com o comprovante de vacinação contra febre amarela e documento oficial de identificação com foto ou certidão de nascimento para menores de idade. No comprovante de imunização, é preciso constar nome, fabricante e lote completo da vacina, data da aplicação, assinatura e nome de quem a injetou e identificação da unidade de vacinação.

Vale lembrar que o viajante precisa estar vacinado contra febre amarela com no mínimo 10 dias de antecedência da data da viagem. A vacina tem validade de 10 anos e deve ser administrada novamente até o final desse período.

A ANVISA também dispõe de um sistema de orientação de viajantes online. No sistema, as pessoas podem verificar se o país para o qual estão se deslocando exigem apresentação do CIVP. A ferramenta também permite realizar o pré-cadastro para agilizar o atendimento e consultar a lista de Centros de Orientação de Viajantes.

Além disso, é possível checar informações sobre medidas preventivas que o viajante deve estar atento.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: ANVISA (blog saúde)

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade