PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Os benefícios da patinação
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Os benefícios da patinação

Os benefícios da patinação

27/02/2014
  5783   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A patinação é um esporte e, como tal, promove benefícios básicos da prática de qualquer atividade física. O simples fato de se colocar os patins nos pés e tentar equilibrar-se sobre eles desenvolve no praticante o senso de lateralidade e equilíbrio. Vários especialistas atestam que a patinação, quando praticada de forma dinâmica, passa a ser uma aeróbica de baixo impacto com grandes benefícios físicos e mentais.

A prática constante e regular de uma atividade física promove a redução de riscos de mortes prematuras, das doenças cardíacas, de adquirir diabetes e pressão alta, de adquirir câncer de cólon, da ansiedade e sentimentos de depressão; auxilia na redução da pressão alta, no controle do peso; promove o bem-estar psicológico; auxilia no desenvolvimento da coordenação motora, entre outros tantos benefícios.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Conselho de Medicina dos Estados Unidos em 1996, a atividade física é capaz de regular, prevenir ou retardar o desenvolvimento da hipertensão arterial, bem como a pressão sanguínea em pessoas hipertensas. Segundo essa pesquisa, aproximadamente meio milhão de americanos morrem por ano em decorrência do estilo de vida sedentário, assim como dos hábitos de fumo. Para o Conselho, a atividade física é uma atividade natural para a qual nosso corpo foi projetado, facilitando o funcionamento normal de todos os nossos sistemas.

Mas, e a patinação? Será que ela realmente nos traz benefícios? Sim! Sua prática faz com que estejamos realizando um trabalho aeróbico e, assim sendo, auxilia no controle de peso. Trabalha a flexibilidade, equilíbrio, agilidade, força e resistência. Ajuda no desenvolvimento da coordenação motora global e da lateralidade. Modela a musculatura dos membros inferiores e, dependendo da posição em que é realizada, trabalha também costas e abdômen. Além de todos esses benefícios, a patinação ajuda a eliminar o stress e reduz a ansiedade, promovendo o bem-estar psicológico.

E quando começar? Desde pequenas a crianças podem praticar. A patinação sempre terá início na brincadeira, no cair e levantar. Seja no parque, na rua, na praia, em casa, no gelo… O importante é que a criança faça essa experiência e que seja positiva. É importante o uso de utensílios de segurança, como o capacete, cotoveleiras e joelheiras. Os tombos são inevitáveis e, protegendo nossos pequenos, os riscos de lesões são menores. Portanto, incentive seu filho a patinar. Ensine-o, estimule-o e faça-o apaixonar-se por essa modalidade esportiva. E para quem quiser uma boa dica, no Parque do Ibirapuera sempre estão presentes técnicos e instrutores de patinação…. Quem sabe não é um começo?

Leia também: A Ginástica Artística Infantil

Por Maria Helena S. Castro, psicomotricista, atua com crianças que têm dificuldade neuromotora

Atualizado em 3 de junho de 2024

Comunicação PENSI

Comunicação PENSI

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.