PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Santos e Santas do século XXI
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Santos e Santas do século XXI

Santos e Santas do século XXI

03/06/2022
  106   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Nos dias de hoje, quando a religião parece uma coisa fora de moda e sem razão de ser para muitas pessoas, tenho me deparado com alguns santos e santas da igreja católica que viveram no século XX, mas que sua influência e suas obras se dão nos dias de hoje.

Sou uma pessoa de fé. Sou católico e, como se diz por aí, praticante (seja isso o que for). Para mim, praticante não é aquele que vai à missa aos domingos ou faz algumas orações de vez em quando, mas sim aquele que pratica a essência do que é o catolicismo, o que ensina o catecismo, o que prega o papa e assim por diante. Espírito cristão, bem diferente do que faz o nosso presidente.

Voltemos aos santos e santas. Vou falar de três deles que estão relacionados à saúde:

Em abril estive na Itália, em uma pequena cidade, San Giovanni Rotondo, onde viveu e pregou Santo Pio, ou simplesmente Padre Pio, que morreu em 1968. Padre Capuchinho, portanto, franciscano, de origem humilde, foi sempre guiado por suas visões e orientações vindas de Cristo. Realizava milagres e fazia coisas impossíveis. É impressionante ver o hospital que ele construiu, a Ospedalle Casa Sollievo della Sofferenza (Casa do Alívio do Sofrimento). É um hospital privado de pesquisa científica, em San Giovanni Rotondo, e hoje administrado pela Cidade do Vaticano. Inaugurado em 1956, hoje ele possui 900 leitos, 206 leitos para idosos, 2.900 funcionários, 60.000 internações anuais, 9.500 cirurgias por ano e mais de 1,3 milhão de atendimentos ambulatoriais anuais, tornando-o um dos mais conceituados da Europa. É impressionante ver a história de como tudo começou e como ele construí tudo aquilo sem nada, só com doações, inclusive de pessoas do mundo todo que acabaram conhecendo suas histórias de milagres.

Outra santa impressionante pela sua obra é a brasileira Irmã Dulce, ou Santa Dulce dos Pobres, tendo sido reconhecida como santa em 2009. Foi uma irmã franciscana Católica Brasileira, fundadora das Obras Sociais Irmã Dulce, também conhecida como Fundação de Obras de Caridade Irmã Dulce. Em 1949, passou a cuidar dos mais pobres no galinheiro de seu convento em Salvador. A história do Hospital Santo Antônio (HSA), coração das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), se confunde com o nascimento da própria instituição. Já em 1960, a religiosa inaugura no local o Albergue Santo Antônio, centro que dará lugar ao complexo hospitalar duas décadas depois, com a inauguração do HSA em 1983. Atualmente, o hospital já desponta como uma das maiores unidades de saúde do Norte e Nordeste do país e uma das mais bem equipadas da Bahia. Fazem parte do complexo de saúde iniciado pela irmã Dulce:

  1. Hospital Santo Antônio;
  2. Hospital da Criança;
  3. Hospital do Oeste;
  4. Hospital Eurídice Sant’anna;
  5. Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho.

Por fim, a terceira santa também é uma freira: Madre Tereza de Calcutá. Freira católica romana, nascida na Macedônia, estudou na Itália e fez sua vida missionária na Índia. Em 1950, Madre Teresa fundou as Missionárias da Caridade, uma congregação religiosa católica romana que tinha mais de 4.500 freiras e estava ativa em 133 países em 2012, inclusive no Brasil. A congregação administra lares para pessoas que estão morrendo de HIV/AIDS, lepra e tuberculose. Também administra refeitórios sociais, dispensários, clínicas móveis, programas de aconselhamento infantil e familiar, bem como orfanatos e escolas. Os membros fazem votos de castidade, pobreza e obediência, e também professam um quarto voto – “dar serviço gratuito de todo o coração aos mais pobres dos pobres”.

Madre Teresa recebeu uma série de honras, incluindo o Prêmio da Paz Ramon Magsaysay de 1962 e o Prêmio Nobel da Paz de 1979. Ela foi canonizada em 2016. Uma figura controversa durante sua vida e após sua morte, Madre Teresa foi admirada por muitos por seu trabalho de caridade. Ela foi elogiada e criticada em vários aspectos, como por suas opiniões sobre aborto e contracepção, e foi criticada pelas más condições em suas casas para os moribundos.

Há cerca de cinco anos, estive em Calcutá e visitei algumas das obras de Madre Tereza para crianças. É muito impressionante o trabalho que as Missionárias da Caridade fazem com muito pouco dinheiro e o resultado que elas alcançam com aquelas crianças abandonadas por deficiências, mutilações ou por outras razões. As obras delas na Índia estão em vários locais e cidades:

  1. CASAS PARA ABANDONADOS
    a. SHISHU BHAVAN – CASAS PARA CRIANÇAS
    b. HRIDAY NIRMAL – CASAS PARA OS DOENTES E MORRENDO
    c.MULHERES COM DEFICIÊNCIA FÍSICA E MENTAL
  2. CENTROS DE HANSENÍASE (LEPRA)
  3. EDUCAÇÃO
  4. ASSISTÊNCIA MÉDICA PARA AMBULATÓRIOS
  5. ASSISTÊNCIA SOCIAL
  6. ALÍVIO

A trajetória dessas pessoas, suas lutas, significado de vida, força interior e capacidade de realização, baseada apenas naquilo que a sua FÉ fazia com que acreditassem que seriam capazes de realizar, é algo impressionante.

Talvez no mundo de hoje, com tantas desigualdades, injustiças e guerras, precisamos de muitos mais Santos e Santas com essas capacidades de realização e de tanta MISERICÓRDIA e amor ao próximo, como Jesus estabeleceu como o maior dos Mandamentos. Só assim vamos construir uma sociedade melhor, um país mais decente, um planeta mais humano, independentemente de ser cristão ou de ter qualquer tipo fé.

Saiba mais:

 Padre Pio

https://www.operapadrepio.it/en/hospital.html

https://en.wikipedia.org/wiki/Padre_Pio

Irmã Dulce

https://www.irmadulce.org.br/

https://en.wikipedia.org/wiki/Irm%C3%A3_Dulce

Madre Tereza de Calcutá

https://missionariesofcharity.org/

https://www.vatican.va/news_services/liturgy/saints/ns_lit_doc_20031019_madre-teresa_it.html

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.