PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Tabagismo: intervenções para os jovens
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Tabagismo: intervenções para os jovens

Tabagismo: intervenções para os jovens

02/12/2013
  2358   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O tabaco é a principal causa de morte evitável nos Estados Unidos e, provavelmente, no Brasil. As crianças são suscetíveis à experimentação e à iniciação ao tabagismo, como mostram os dados americanos, que constataram que 3.800 delas fumam o primeiro cigarro entre as idades de 12 e 17.

Em um artigo publicado na Pediatrics, uma nova evidência mostrou que os prestadores de cuidados primários podem fornecer simples intervenções econômicas e eficazes para ajudar a prevenir o consumo de tabaco entre crianças e adolescentes.

A recomendação é um aconselhamento comportamental por parte dos profissionais de saúde, seja face a face e por telefone ou por meio de materiais de leitura, aplicações informáticas e vídeos. Embora os efeitos mais graves e com risco de vida gerados pelo fumo sejam maiores em adultos, é importante que crianças e adolescentes entendam que eles também podem sofrer com o crescimento de disfunção e início precoce da deterioração pulmonar e problemas respiratórios, como asma e outros sintomas relacionados.

O trabalho concluiu que os médicos de cuidados primários podem fazer a diferença na hora de ajudar os pacientes jovens quanto à escolha de não ser fumante. A evidência mostra que essas intervenções podem ser bem-sucedidas na prevenção de uso de tabaco e ajudam crianças e adolescentes a viverem de forma mais longa e saudável.

No Brasil, a preocupação com isso me parece ainda muito pequena, embora seja prioridade do governo.

Leia também: Como saber se os adolescentes vão fumar tabaco?

Fontes: Secretaria do Estado de Saúde de MS & Primary Care Interventions to Prevent Tobacco Use in Children and Adolescents: U.S. Preventive Services Task Force Recommendation Statement

Atualizado em 23 de maio de 2024

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.