PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Após o aleitamento materno, que tipo de mamadeira escolher
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Após o aleitamento materno, que tipo de mamadeira escolher

Após o aleitamento materno, que tipo de mamadeira escolher

27/04/2011
  676   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Quando chega a hora de introduzir outros líquidos na dieta dos bebês, na teoria seis meses após o período exclusivo de amamentação, os pais se questionam: copinho ou mamadeira?

Como vivemos uma vida corrida e nem sempre o aleitamento materno pode continuar, a mamadeira é uma solução prática para as mães que têm de voltar ao trabalho. Quem tem planos de amamentar por mais tempo e quer prevenir-se de inconvenientes futuros, o copinho é ideal.

Tanto as pesquisas como o dia a dia já mostraram que crianças que experimentam a mamadeira abandonam o peito mais precocemente. E o comportamento é facilmente compreendido, o ato de sugar a mamadeira dá menos trabalho.

Ao contrário do que os adultos pensam, bebês podem aprender a usar o copinho nos primeiros dias de vida. Prova disso é que os bancos de leite utilizam o utensílio em recém-nascidos, quando não é possível oferecer o peito, momentaneamente.

Converse antes com o pediatra para que ele possa lhe ensinar a usar o copo, as crianças precisarão de ajuda para controlar a quantidade de líquido a ser consumida. Além de evitar o dilema familiar na hora do adeus à mamadeira, o copo não compromete a formação da arcada dentária, a fala ou o desenvolvimento facial.

Mesmo assim, se ainda achar que a mamadeira é insubstituível, opte por bicos ortodônticos na hora das compras, eles são mais inofensivos. Outra dica: existe um movimento mundial para controlar o uso do bisfenol A, produto químico usado na fabricação de plásticos que causa danos à saúde. Fique atento ao rótulo da mamadeira de plástico. Em último caso, opte pela mamadeira de vidro!

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade