PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Tamanho da mamadeira e risco de sobrepeso
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Tamanho da mamadeira e risco de sobrepeso

Tamanho da mamadeira e risco de sobrepeso

19/08/2016
  713   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Embora seja sabido que crianças alimentadas com fórmulas estão em maior risco de obesidade nas fases tardias na vida, não se sabe se isso foi causado pela fórmula, a mamadeira de fórmula ou algum outro impacto. Um novo estudo mostra que o uso de uma grande mamadeira de fórmula na primeira infância contribuiu para maior ganho de peso e tamanho, indicando que o tamanho da garrafa, sozinho, pode ser um fator de risco para a obesidade.

 

O estudo – publicado em julho na revista Pediatrics – avaliou 298 crianças que foram exclusivamente alimentadas com mamadeira por dois meses em visitas pediátricas e descobriu-se que o uso de uma mamadeira maior resultou em mais ganho de peso.

 

Este achado reforça a hipótese de que o modo de alimentação (a mamadeira) é um fator mais importante na obesidade do que o tipo de leite, que também foi indicado por crianças da pesquisa mostrando que aqueles alimentados somente com leite humano por mamadeira, ganharam mais peso do que crianças amamentadas.

 

Os investigadores concluem que, embora esses resultados sejam importantes porque é sabido que crianças alimentadas principalmente por fórmula são mais pesados ​​na infância e tenham maior risco de obesidade à medida que crescem, mais pesquisas são necessárias para entender mais completamente a ligação entre o uso de mamadeira e risco de obesidade para ajudar a informar intervenções .

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics, June 2016

Bottle Size and Weight Gain in Formula-Fed Infants

Charles T. Wood, Asheley C. Skinner, H. Shonna Yin, Russell L. Rothman, Lee M. Sanders, Alan M. Delamater, Eliana M. Perrin
As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade