PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Cardiopatia congênita
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Cardiopatia congênita

Cardiopatia congênita

09/06/2011
  12737   
  240
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Cardiopatia Congênita

A incidência das cardiopatias congênitas é de 8 a 10 por 1000 nascidos vivos, portanto apesar de rara têm muitas crianças que têm este tipo de problema. Dados do Ministério da Saúde (Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos de 2000 a 2006) mostram uma natalidade de 3 milhões de nascidos vivos por ano no Brasil. Portanto, levando em conta a incidência prevista, cerca de 24 mil crianças com cardiopatias congênitas nascem por ano.

Como 20 % delas não terão indicação de tratamento cirúrgico, aproximadamente 19 mil novas  crianças necessitariam tratamento cirúrgico para tratamento de cardiopatia congênita por ano no Brasil, não se considerando aquelas crianças que necessitarão  intervenções cirúrgicas  múltiplas durante a vida.

Além disso, crianças podem ser acometidas de doenças infecciosas, imunológicas ou oncológicas que necessitem tratamento cirúrgico. A necessidade média de cirurgia cardiovascular em crianças no Brasil é da ordem de 23 mil procedimentos/ano, fazendo parte desta estimativa, além dos novos nascimentos com cardiopatia congênita, os casos de reintervenções.

Apesar do avanço tecnológico, ainda vemos o estranhamento das pessoas ao notarem uma cicatriz no tórax de uma criança. Ainda percebemos a feição da pessoa não acreditando que seja possível um bebê resistir a uma, duas, três, várias cirurgias no coração. E mais triste ainda… Muitas crianças cardiopatas não conseguem o tratamento adequado em tempo hábil. Muitas outras falecem antes do diagnóstico.

O que é cardiopatia congênita?

– Cardiopatia Congênita é qualquer anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras 8 semanas de gestação quando se forma o coração do bebê. Ocorre por uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca. Uma a cada 100 crianças nascidas vivas tem algum defeito no coração, porém em algumas crianças isto só é descoberto anos mais tarde. É o defeito congênito mais comum.

– A evolução é muito variável. Existem doenças que não alteram tempo ou qualidade de vida, mas existem doenças nas quais é impossível a vida extra-útero. Entre estes extremos há uma infinidade de apresentações clínicas possíveis e diferentes perspectivas de vida.

– O diagnóstico precoce, durante a gravidez, é importante para o planejamento do parto e pode salvar a vida do bebê naquelas cardiopatias mais complexas.

– A falta de informação e de estrutura adequada é o maior entrave no atendimento aos portadores de cardiopatia congênita.

– A mortalidade decorrente das cardiopatias congênitas seria drasticamente reduzida se todos os cuidados pré e pós natais fossem devidamente instituídos.

No Brasil existem médicos experientes e especialistas nas mais diversas técnicas cirúrgicas, além de hospitais especializados em cirurgia cardíaca infantil, entre os quais se insere o Hospital Infantil Sabará, que conta com profissionais e equipamentos para cuidar destas crianças e de seus familiares.

Há chances reais de cura e correções para os mais complexos defeitos nas estruturas do coração. O que não tínhamos até pouco tempo era um trabalho de conscientização sobre o tema que envolve a cardiopatia congênita.

12 de Junho como o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita

Nesse contexto, surgiu no Brasil a necessidade de institucionalizar um dia em que ações direcionadas à população buscassem quebrar os tabus sobre as doenças que acometem o coração das crianças.

A idéia partiu da Sra. Daniela Busch, mãe de Ana Luiza, que é portadora de cardiopatia congênita. O defeito cardíaco de sua filha foi corrigido com sucesso e Daniela lançou a proposta na comunidade do orkut ¨Cardiopatia Congênita¨ no dia 14 de Fevereiro de 2009.

A sugestão foi aprovada por várias mães que participam da comunidade virtual e pela Associação de Apoio a Crianças cardiopatas Pequenos Corações. A data escolhida é uma adaptação à nossa cultura, para o Dia dos Namorados, assim são utilizados na campanha os corações, símbolos já expostos em todo comércio e meios de comunicação, e é a data usada em outros países para a mesma finalidade.

Por iniciativa da AACC Pequenos Corações foi proposta e aprovada a lei que inclui o dia 12 de Junho como o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita.

A população precisa ser alertada sobre os fatores de risco relacionados aos defeitos no coração. Precisa receber esclarecimentos e informações sobre diagnósticos, tratamentos e centros especializados. Precisa estar ciente dos cuidados que o cardiopata precisa.

Por isso essa data deve ser um instrumento de conscientização para que as informações cheguem ao maior número possível de pessoas, ampliando as chances para mais e mais crianças conseguirem o tratamento necessário.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Ótimo texto! Sou mãe de uma cardiopata e sei o quanto é importante informações sobre o tema.
    Parabéns mais uma vez pela iniciativa em divulgar a importância do Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita.

    Atenciosamente; Marilene (mãe da Ana Rosa).

  • Daniela Busch disse:

    Adorei o texto. Reflete a verdade sobre o universo da cardiopatia congênita e sobre os desafios e alegrias de ter um filho cardiopata. A criança da foto é minha filha, Ana Luisa, ela foi operada por duas vezes e hoje ela vive muito bem e feliz como as demais crianças de sua idade.
    Temos muito orgulho em comemorar o dia 12 de junho. A AACC Pequenos Corações e a união de todas as famílias de cardiopatas foram fundamentais para a criação desta data em diversas cidades, onde a há uma lei para o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita. Obrigada ao Hospital Sabará pelo divulgação.

  • Lucia Pereira disse:

    é muito importante fazermos pesquisas sobre nossos filhos cardiopatas, boa matéria, meu filho
    operou CIV e plastiou a válvula aorta.Pensamos que estava tudo bem , mas na consulta de pos-operatório o medico disse que talvez no prazo de 02 anos ele tenha que colocar uma válvula biolóica ou mecânica, ele apresenta insuficiência aorta grave e insuficiencia miral moderada. A cirurgia foi este ano março no Instituto do Coração.O médico pediu para ele não ir ao colégio, estamos vendo se ele pode ir agora no segundo semestre. Não temos certeza
    gostariamos de saber sobre suas limitações, estudos a distancia, atividades que ele possa.
    Ele tem 10 anos, já passou por duas cirirgias do esofago.

    Com carinho

    Lúcia

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Lúcia,
      É muito difícil dar opiniões médicas sem examinar os pacientes ou saber seu histórico completo. Mas pela sua exposição, fica claro que seu filho tem uma cardiopatia complexa, mas está sendo acompanhado no INCOR, um dos melhores centros de cardiologia do Mundo. Portanto o melhor a fazer é seguir as orientações do médico que está acompanhando o caso.
      Lembre-se que pacientes com doenças complexas são mais vulneráveis às doenças, por isto afastá-lo das aulas se explica para resguardar das doenças, portanto tire todas as dúvidas com a equipe do INCOR, e não tenha medo ou vergonha de perguntar, é seu direito saber de tudos os riscos que seu filho está sujeito.
      Esperamos que estas informações tenham sido úteis.
      Equipe Médica do Sabará

    • Daniela Busch disse:

      Oi Lucia
      Entre em contato para trocarmos experiências.
      Atenciosamente,
      Daniela Busch Sensato – drbsensato@hotmail.com

  • simone dias de sousa ribeiro disse:

    Frequento sempre que posso uma casa “mãe Social”,e amo estar com aquelas
    crianças. Dentre todas uma me chama atenção , uma criancinha bem doente, hj
    descobri que ela é cardiopata. Por isso estou pesquisando..essa criança precisa de
    ajuda e quero pesquisar formas de ajudá-la

  • denise disse:

    Sou portadora de cardiopatia congênita para saber pq nasci assim a minha mãe disse que não teve problemaem sua gestação, mas o parto foi demorado então sofri uma parada cardíaca. Provavelmente deve ser por esse motivo, inicie o tratamento com 24 anos de idade, pois não sabia que tinha esse problema, só descobrir pq fiz vários exames que são exigidos para se tornar servidor público. Até descobrir o fato tinha uma vida sem complicação nenhuma, pois fazia o que tinha vontade, ou seja, agora não posso tomar nenhum remédio sem consultar o cardiologista, ele passou uma medicação somente para manter o “ritmo cardíaco” segundo o mesmo essa medicação não trará a minha cura. Então em breve irei fazer um estudo fisiológico do coração para saber sobre a se a cura ou não do meu problema. Tenho muitas duvidas do que posso fazer no dia a dia. Gostaria de saber qual seria o risco de uma gravidez para mim e ao bebe e quais seria a chance dele ter o mesmo problema que a mãe.
    Grata,

    • Natália disse:

      olá denise tambem tenho cardiopatia congenita. descobrir meu problema desde pequena fiz dus cirurgia a primeira com 1 ano e 8 mêses e a segunda com 13 anos depois de um AVC(acidente vascular celebral) o popular derrami. já tem 8 anos que fiz essa segunda cirurgia levo uma vida normal com algumas limitações. tomo remedios e evito fazer esforços não bebo não fumo. sobre sua outra dúvida também não sei informar nada mais si quiser trocar informações me add no MSN nathmercess@hotmail.com
      Bjos.

  • junior cesar dos santos disse:

    muito bom, a minha filha também e portadora da cardiopatia congenita mais granças a deus ela fezes a cirurgia e hoje passa bem

  • Luana Cristina Alves disse:

    Ola perdi minha filha no dia 31/12/2011 ela nasceu no dia 28/12/2011 e uma das causas do seu falecimento foi cardipatia congenita ate entao nao sabia o que era resolvi investigar apos a sua morte sofro muito pois era minha primeira filha e tao esperada mas aqui na minha cidade e posso dizer no estado acho q nao ha profissionais adequados para atender uma crianca com esse tipo de ma formacao isso é muito ruim pois vejo que talvez ela tivesse alguma chanse de sobreviver ja que pode ser detectado ainda no utero e ela sempre me diziam que estava tudo bem na minha gestacao espero que seja mais divulgado sim

    • Simone Alves da Silva disse:

      Meus sentimentos, pois sei exatamente como você está. Mais se apegue aos poucos momentos que teve ao lado deste criança que veio com uma missão muito curta.
      Beijos e muita força!

  • Débora disse:

    Chamo-me Débora, sou Angolana, e fiquei muito feliz ao ler este texto.Sou mãe de 3 filhos, o meu 3 filho nasceu com uma cardiopatia congénita ao coração, os médicos nao detectaram durante a gestação nem quando o meu bebe nasceu, aos 22 dias ficou com uma tosse levei-o ao hospital e eles disseram-me tratar-se uma broncopneumonia, foi para a uti 13dias depois ele entrou em coma foi evacuado para Luanda e só aí foi diagnosticado e operado.A operação foi um sucesso,mas infelizmente a demora do diagnostico fez com que eu eu perdesse o meu ERick. Nao sabia nada sobre a doença nem tão pouco sobre os seus sintomas, o que me despedaça o coração, por isso a importância de sites como estes que nos ajudam a saber mais sobre doenças que assim como eu ninguém esta imune.Que Deus proteja o meu tão amado e desejado anjinho.

  • Monalisa Corrêa disse:

    Olá , sou profissional de Educação Física e gostaria de saber quais as indicações de pratica atividade física e limitações para crianças com a cardiopatia congênita. Agradeço desde já e parabenizo o trabalho desenvolvido por voçês.

    • Equipe Sabará disse:

      Monalisa, encaminhamos sua dúvida ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Monalisa, vai variar muito da cardiopatia e da criança. O melhor a fazer é entrar em contato com o médico, conversar com ele e saber quais as precauções.

  • driana farias da silva disse:

    minha filha tem 6 anos esta indo para 3 cirurgia estamos preocupados mas se deus quiser a de dar tudo certo ela e a raçao do meu viver todo os dias agradeço a deus por tela e vela acordar sorrindo pra mim tenho fe e esperança de tela sempre ao nosso lado leticia e o nome dela a raçao e a força que me da animo a cada dia de querer viver para pode olhar o seu lindo rostinho .

  • solange disse:

    Ola

    Fiz esta semana amniocentese e descobri que minha bebe de 22 semanas pode ter cardiopatia complexa estou apavorada pois como nao fiz o ecofetal ainda o medico nao me deu muitas explicaçoes sobre o problema disse que era cedo mas pesquisando vi que e muito serio e dependo do problema ate fatal estava tao feliz com esta gestaçao depois de 11 anos que tive minha primeira filha e agora so choro e estou muito angustiada alguem tem alguma esperança por ja ter passado por isto

  • ola sou leandro e meu filho fez correcao do arco aotico e um civ o diaguinostico dele e sindrome de digeorge pesso ajuda para eu pode decifrar esta anomalia

    • Equipe Sabará disse:

      Leandro, encaminhamos sua dúvida ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Leandro, procure conversar com o médico que fez o diagnóstico, para ele te orientar nestas perguntas. É muito difícil tirar estas dúvidas em poucas linhas.

  • vera de campos disse:

    Eu tenho uma filha chamada Marina ela tem 7 anos e cinco meses, eu descobri que ela tinha cardiopatia congenita quando estava com 3 meses de gestação , foi um baque pra mim, ela fez 3 cirurgias , a primeira quando nasceu , a segunda com 1 aninho, e a terceira e ultima com 3 aninho essa ultima ficamos 2 meses internada, hoje ela é uma menina muito inetligente brinca corre não para um minuto até me cança, tem uma saude de ferro parece que colocaram uma pilha duracel nela rsrsr… mas eu devo tudo isso ao Drs. da Alegria que me conseguiram vaga no Hcor hospital do coração… graças a eles eu tenho uma filha maravilhosa e feliz… eu agradeço todos os dias da minha vida aos Médicos do hcor eles são maravilhosos !!!!!

  • vera de campos disse:

    Se quizerem trocar ideias sobre nossos filhos me enviem um email bjs para todos os pais que tem filhos com cardiopatia

    • jose jorge disse:

      tenho uma filhota que nasceu agora e ela portadora quero saber se e grave a cirurgia se tem muito risco a presao estar controlada pesso que voce conte tudo que sabe sobre esta doença responda-me minha filha nao operou ainda. obrigada

      • Equipe Sabará disse:

        José Jorge, sua pergunta e seu desejo são muitos dificeis de responder. Precisaríamos saber exatamente qual é a cardiopatia, pois existem muitas, algumas muitos leves e que nem precisam operar e outras muito graves que precisam de várias cirurgias. E falar sobre elas também é muito amplo, existem livros para explicar. Procure seu médico e coloque suas dúvidas e angustias, pois ele conhece sua filha e os exames dela e além disto poderá dizeronde você poderá obter as informações de uma maneira segura. Obrigado.

  • Simone Alves da Silva disse:

    Em 22 de dezembro de 2011,faleceu meu netinho com 1 ano e 4 meses. Ele nasceu com cardiopatia congênita e fez cirurgia com 28 dias de nascido,correu tudo bem na época. Ele tinha feito vários exames e faria uma nova cirurgia em janeiro de 2012, mas a gravidade da doença não permitiu a espera. Apesar de tudo ele era uma criança que irradiava felicidade, sempre sorrindo e aprendendo muita coisa.
    Eu ainda sofre muito com sua ausência, pelo vazio que ficou em casa e no coração de todos que convivia com ele. Graças à Deus ele foi bem assistido pela equipe de cardiologistas do Incor em Natal.

  • livia de cassia fornitani disse:

    ola meu nome e livia tenho 26 anos tive um bebe dia 25 de fevereiro e descobri dia 28 que meu bebe tem cardiopatia mais foi diagnosticado que nao e caso de cirurgia mais tem que ficar mais uma semana entubada e sedada eu a cada dia morro um pouco mais estou mais confiante e tentando entender um pouco mais sobre essa doenca queria saber tambem se e hereditaria ou nao pois na minha familia nao conheco ninguem com cardiopatia mais vontando ao assunto peco muita oracao pro meu bebe que se chama gabriela desde ja muito obrigado por poder desabafar com pessoas iguais a mim e volto a me comunicar dando assim se deus quizer boas noticas .

    • Equipe Sabará disse:

      Lívia, realmente não é facil enfrentar estes problemas. Não pense só no sofrimento da Gabriela, mas no benefício que ela terá com a cirurgia. Temos crianças operadas do coração toda as semanas, crianças entubadas várias todos os dias, e isto é feito para elas melhorarem e ficarem boas. Procure conversar com seu médico, tire as dúvidas e entre em contatos com as associações de pais com estes problemas como a “coração pequenino”.

  • simone disse:

    oi meu nome é simone tenho um filho com cardiopatia congenita de grau leve a moderado ele nasceu de 735 gr passou 4 meses em uti fez correçao de pca e hoje acompanho ele pois ele tem essa cardiopatia entao me preocupo muito com ele mas com fé e força q deus me dá acredito q vai dar tudo certo,bem hoje ele ja tem 2 anos mas é um lindo perfeito .

    • Equipe Sabará disse:

      Parabéns Simone, por ser mãe de um guerreiro, afinal só guerreiros sobrevivem a um nascimento tão pequeno. Mantenha sua fé e faça o acompanhamento médico que tudo continuará dando certo. Boa sorte!

  • telma disse:

    olá ,eu sou a telma tive um filho lindo chamado gustavo ,infelizmente ele faleceu com 1ano e 2meses .descobrir depois do seu falecimento k ele tinha cardiopatia congênita.fiz todo o prenatal tudo direitinho ,qndo fiz 7 meses de gestação minha médica pediu exames com urgênçias poq estava com duvidas qndo ouviu o coração do bebê fiquei desesperada,mas ela pediu para eu ter calma ,,fiz o exame k ela me pediu mas ela disse k nada constou.tive um parto mto complicado mas graças a deus o bebê nasceu bem ,depois de 1ano e 2 meses meu filho veio a falecer ,sofro mto com isso ja se passaram 11anos e sinto mto sua falta meu primeiro filho .não conseguir engravidar novamente tenho mto medo de ter outro e nascer com o mesmo problema .o médico me disse p eu nem congitar essa idéia de engravidar novamente pq o bebê pode nascer com o mesmo problema . então estou desesperada porq hoje ja estou com 30 anos e gostaria mto de engravidar logo .obrigada por esse blog me consolou mto e k deus abençoe a cada mãe k tem passado por esat dificuldades da vida

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Telma, encaminhamos sua dúvida ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços!

    • Equipe Sabará disse:

      Telma, precisaria saber qual o tipo de cardiopatia, mas em geral o problema não se repete.
      O melhor para tirar suas dúvidas e angústias é consultar um geneticista.

  • fabiana rodrigues barreto disse:

    boa tarde!meu filho e portador de cardiopatia congenita,desde de q nasceu e esta com 11 anos e ate hoje,ainda me cinto sem chao,sonho com a cura do meu filho,mais gostaria de ter mais informaçoes sobre esta doença!

    • Equipe Sabará disse:

      Fabiana, como você pode ver pelo post, esta não é uma coisa tão incomum. Sempre colocamos post sobre este assunto e estamos também preparando um grande glossário com doenças na infância para colocarmos no nosso site. Fique atenta e continue lendo nossos posts. Muito obrigado. =]

  • Equipe Sabará disse:

    Oi Udinéia. O seu filho deve ter tido uma doença grave de coração, mas precisaria ter o nome para ver a incidência e o potencial genético dela. O melhor seria você buscar um aconselhamento genético. Muito obrigado.

  • fabiana rodrigues barreto disse:

    gostaria de saber as causas da cardiopatia congenita!meu filho esta tomando cinco medicamentos um de alto custo q ainda não sei se vou consegui,do sus!

    • Equipe Sabará disse:

      Fabiana, as cardiopatias congênitas são problemas de ordem genéticase e ocorem entre 8 e 10 casos em cada 1000 nascimentos. Em geral as medicações de alto SUS são dadas gratuitamentes pelo governo. Procure se informar. =]

  • daniela disse:

    ola! meu nome é daniela,tenho 21 anos, tive uma gravidez normal e tranquila, mas não foi diagnosticada que minha bebe nasceria com uma cardiopatia congenita chamada tetralogia de fallot, ela nasceu dia 12/04/2012, e permaneceu na uti do hospital da criança santo antonio do RS, para cirurgia de correção no dia 01/05/2012, onde não resistiu, nem saiu do centro cirurgico, seu coraçãozinho não resistiu a tantas malformações que tinham que ser corrigidas!!! a dor é e sempre sera muito grande, mas quero muito preencher este vazio… mas tenho muito medo de ver outro inocente sofrendo, pensei em ate mesmo em adotar, por ter medo de engravidar e ter um outro bebe com o mesmo problema! o risco é muito grande??? o medico me deu um prazo minimo de um ano para engravidar novamente, nesse tempo queremos nos preparar, fazer exames, tudo que for preciso pra ter um bebe saudavel!!! por onde começo??? se puderem me ajudar agradeço!!!

    • Equipe Sabará disse:

      Daniela, sentimos muito pelo seu bebê e por você. O prazo de um ano é o que se recomenda para o organismo se recuperar de uma gravidez. Em relação às más formações cardiácas como você viu no artigo são relativamente raras e no caso específico da tetralogia de Fallot a incidência é de 4 casos em cada 10.000 nascidos vivos. Para sua tranquilidade o ideal é você conversar com um geneticista que faça aconselhamento genético, certamente em Porto Alegre deve haver alguns. Obrigado.

  • caline disse:

    Olá meu nome é Caline,tbm sou portadora da cardiopatia congênita, eu descobrir q tinha isso com 20 anos através de uma dor no estômago q tava sentindo ,fui ao medico particular e ele descobriu q tinha esse broblema, bem pra mim foi um susto grande,pois tinha muito medo do q podia me acontecer, mais ai eu comecei a correr atras de um tratamento e conseguir uma carta pra me tratar no instituto do coraçâo.eles tiraram todas as duvidas q tinha e uma delas foi se eu podia ter filho ou ñ…eles me falaram q meu problema era minimo e poderia fechar com um cateterísmo ,enquanto a filho eu poderia engravidar sim mais tinha q passar sempre com eles desde o dia q engravidasse ate o final,comecei a fazer meu tratamento e no dia da cirurgia o material tinha acabado ai ñ deu pra me fazer,voltei para casa e to até hoje sem fazer pq eles ñ me ligaram agora tenho 24 anos e vou voltar a fazer td de novo mais dessa vez pelo convênio,ah! e perde o medo q tinha!!! graças a deus eu ñ sinto nada e nem tomo remédio só vou correr atras de me tratar agora enquanto ainda to nova. bjos a todos.

  • Suzana disse:

    Bom, tenho 25 anos e gostaria muito de engravidar. Nasci com uma sindrome chamada Gonderah e com cardiopatia congênita. Fiz cirurgia das grandes transposição grandes arterias e me trato no INCOR de Brasilia. Mas, contudo, segundo os medicos do INCOR minha gravidez é impossivel, pois ou eu ou o bebê pode morrer, ou até mesmo os dois. Bom, gostaria muito de saber mais esclarecimentos ou até mesmo um testemunhos para que eu encoraja mais. Pois acho que temos primeiramente de ter fé, pois Ele que é nosso médico.
    Abraços e espero esclarecimentos.
    MEu e-mail é: suzana.itagiba@hotmail.com
    Obs: Adiciona no msn, somente quem tenha alguma solução ou alguem que esteja nessa mesma situação.
    Obrigada.

    • Equipe Sabará disse:

      Prezada Sra. Suzana: Solicitamos o parecer de uma de nossas cardiologistas e ela considerou que você deve ter síndrome de Goldenhart, cuja associação com transposição das grandes artérias não é tão frequente. Não sabemos se você tem alguma alteração da coluna vertebral do Goldenhart, etc.
      De qualquer maneira, considere que você pode ter complicações pós-operatórias da cardiopatia ou da malformação do Goldenhart, contra-indicando a gravidez.
      Ela sugere que você tente conversar com a equipe cardiológica que a acompanha para ter conhecimento dos motivos exatos da contra-indicação.
      Pacientes sem esta síndrome que fizeram correção da Transposição de Grandes Artérias (qualquer técinica cirúrgica) e sem complicações evolutivas não tem contra-indicações para gravidez, mas não temos ciência do que realmente acontece com você.
      Sugerimos também que solicite a opinião de outros especialistas como o geneticista, cardiologista, ginecologista, etc.

  • Amanda rosa disse:

    Olá, o meu priminho nasceu dia 03/05/2012 e veio ao óbto dia 04/05/2012 ele sobreviveu somente 14 horas. Segundo os médicos ele veio a falecer por que ele tinha cardiopatia congênita, mas a mãe do bebê fez a ultrossonografia omofológica, mas não apresentou a mal formação do coração e nem apresentou o seu sexto dedo, segundo o médico nenhuma formção vem sozinha, e ele veio com dois dedinhos indicadores mas também não apresentou na omofológica. Eu gostaria muito de entender um pouco mais do probleminha do Enzo Gabriel.
    Muito Obrigada, aguardo sua resposta.

    • Equipe Sabará disse:

      Oi Amanda, realmente é muito chato ter um bebê que morre na família. Algumas vezes a cardiopatia não é diagnosticada no útero, e o ultrasom morfológico, por mais bem feito que seja feito, muitas vezes não consegue visualizar tudo, seja pela posição do bebê, ou pela dificuldade ver certas estruturas. Talvez o melhor a ser feito é conversar com o médico que fez este exame. Obrigado.

  • Michele Longo disse:

    Olá!
    Meu nome é Michele, tenho 29 anos e já fiz quando pequena duas cirurgias, minha cardiopatia era a Tetralogia de Fallot. Tive uma gravidez normal, e minah filha graças a Deus não teve isso. Hoje tenho vontade de ter outro filho. Mas o fantasma da doença congenita aparece…será que há possibilidade de este filho ter tbm?

  • rita cristina disse:

    Estou no 6 mes de gravidez e descobri atraves da ultrassom e do eco que meu bebe tem uma cardiopatia congenita (septo atrioventricular na forma total) o medico disse que teremos que operá-lo ate os 12 meses, sera que depois de operar meu bebe vai poder levar uma vida normal como a de outras crianças??gostaria de mais informações sobre o assunto. obrigada!!!

    • Equipe Sabará disse:

      Rita, encaminhamos sua dúvida ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Rita, poderá sim.
      As cirurgias cardíacas são muito bem-sucedidas e são realizadas de rotina em vários hospitais de SP, inclusive no Sabará.

  • Priscilla disse:

    Ola, perdi minha filha no mesmo dia em que nasceu no dia 30 de outubro de 2011, na gravidez nao foi descoberto a cardiopatia por isso tornou mas complicado na hora do parto. Eu nao sabia nem o que era isso fiquei muito assustada, ela foi para a uti mas nao resistiu. Achei muito interresante esse assunto pois assim todos podem ficar conhecendo mais sobre cardiopatia.

  • Michele Yoshida Pereira disse:

    Oi,meu nome é Michele meu pequeno Felipe nasceu dia 18/05 um bebe muito saudavel 50cm e 3565kg,depois de 2 dias descobriram que ele tinha cardiopatia complexa congenita e resolveram transferir ele para o hospital Sepaco,com 10 dias resolveram que ele tinha que passar por uma cirurgia e com 11 dias ele veio a falecer estou inconformada sera que não tinha como ter visto isso no pre natal?sera que não fizeram a cirurgia muito cedo?E o hospital sera que tinha capacidade pra isso?Me ajudem,obrigada.

    • Equipe Sabará disse:

      Michele, sinto muito pelo Felipe e por vocês pais, que tiveram este enorme sofrimento. Muitas cardiopatias complexas podem ser diagnosticadas no pré natal e necessitam de cirugias assim que a criança nasce. Não sabemos qual a cardiopatia ele tinha, mas às vezes pode ser realmente difícil a correção, mesmo operando a tempo. Procure saber exatamente o que o Felipe teve, pois ajudará vocês numa próxima gravidez.

    • Equipe Sabará disse:

      Michele, sentimos muito pelo Felipe e por vocês pais, que tiveram este enorme sofrimento. Muitas cardiopatias complexas podem ser diagnosticadas no pré natal e necessitam de cirugias assim que a criança nasce. Não sabemos qual a cardiopatia ele tinha, mas às vezes pode ser realmente difícil a correção, mesmo operando a tempo. Procure saber exatamente o que o Felipe teve, pois ajudará vocês numa próxima gravidez.

  • carina disse:

    Oi,sou mãe de um cardíopata,descobri com 1 mes e 20 dias,porque ele começou a ficar cianótico,então foi feito de emergencia um ecocardiograma e foi diagnosticado uma cardiopatia complexa(ventrículo único tipo D,com dupla via de saída desta cavidade,com os vasos em transposição,Fluxo pulmonar acelerado,VD com suas funções preservadas,CIA pós septostomia por balão efetiva), então,por mais que os m´dicos tentem me explicar ainda acho uma linguagem muito complicada,eles me dizem ,que com tamanha cardiopatia ele não sobreviveria a 1º semana de vida,mas segundo a vontade de Deus hoje ele esta com 2 meses e 12 dias,estamos indo ao hospital fazer acompanhamento semanalmente,e aguardando os 6 meses para a primeira cirurgia,gostaria de conversar mais sobre este assunto.

    • Equipe Sabará disse:

      Carina, como podemos ajudar, já que me parece que você está bem acompanhada e bem orientada em relação ao caso do seu filho? Muitas vezes os médicos não conseguem traduzir numa linguagem simples uma cardiopatia tão complexa quanto esta que seu filho é portador. O importante é seguir as recomendações médicas, fazer as imunizações (vacinas) para que ele não fique doente e que ganhe peso para ser operado ao redor dos 6 meses. Obrigado.

  • Equipe Sabará disse:

    Olá Udineia, encaminhamos sua dúvida ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços!

  • vanessa cardoso prestes disse:

    gostaria de saber quais sao as chances de um bebe que nasceu com cardiopatia congenita.nao sabemos nada sobre esse assunto nao foi descoberto nada na gravidez ele esta na uti. desde ja obrigado

  • SHIRLEN PINHO disse:

    em 2002 tive um filho cardiopata,prematuro não sobreviveu infeslismente.sinto uma tristeza tão grande meu primeiro filho.mas hoje tem um de cinco anos e é muito saudavel.graças a deus!
    mas quero saber se eu algum dia engravidar novamente corro o risco de ter uma filho cardiopata?não aguentaria perder outro filho!
    com carinho abraços!

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Shirlen, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Shirlen, precisa saber qual o diagnóstico e eventualmente fazer uma consulta com um geneticista para te orientar em relação a isto, em geral a chance de se repetir é a mesma da primeira vez, muito baixa.

  • Lindomar disse:

    Olá, tenho 37 anos e minha esposa está grávida de 06 meses e no dia 05/07/12 acabo de receber o laudo do ecocardiograma fetal e o diagnóstico foi: Ventrículo Único Esquerdo, Atresia da Valva tricúspide, tronco arterioso tipo I. Passamos pelo ginecolista e ele nos encaminhou para São Paulo, vamos realizar vários exames. Não sei o que é isso já falei com algumas pessoas, pesquisei na internet, li todos os relatos acima, mas ainda não consigo entender o que é isso? Gostaria da ajuda de vocês para me explicarem melhor, pois aguardar até ir para São Paulo e fazer exames isto está me consumindo. É nosso primeiro filho, uma menina Sofia, terá “Vitória” acrescentada ao seu nome, pois cremos que vamos vencer. Obrigado!

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Lindomar, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Lindomar, seu filho tem uma cardiopatia congenita complexa e deverá passar por uma cirurgia, dependendo das condições, logo após o nascimento. Aconselhamos vir a São Paulo e conversar com cirurgiões cardiácos, eventualmente repetir os ecocardiograma para que possa te dar uma idiea do quadro. De qualquer forma estaremos torcendo para que Sofia Vitória consiga com suas ajudas e a dos médicos, superarem todos os problemas. Boa sorte!

  • Michele Yoshida Pereira disse:

    Como eu ja havia escrito meu pequeno Felipe nasceu saudavel e veio a falecer 11 dias depois,ele nasceu com cardiopatia complexa conjenita.
    DUPLA VIA DE SAIDA DO VENTRICULO DIREITO TIPO TAUSSIG-BING
    COARCTAÇAO DA AORTA
    COMUNICAÇÃO INTERATRIAL
    PERSISTÊNCIA DO CANAL ARTERIAL
    Gostaria de entender mais sobre as causas que levaram ele a nascer com essas imperfeições,e quais os procedimentos para uma futura gravidez sem riscos.
    Obrigada.

    • Equipe Sabará disse:

      Michele, se trata de uma cardiopatia complexa e que seria difícil de explicar no espaço disponível para esta resposta. Talvez o melhor a fazer para tirar suas dúvidas, é uma consulta com um geneticista.

  • carla disse:

    olá, fazem 2 meses q perdi minha filha. ela viveu 33 dias e não chegou a fazer a cirurgia…ela tinha truncus arteriosus tipo 1 uma cardiopatia muito pouco falada…descobri aos 7 meses de gestação o problema dela pq o coração dela estava arrítmico e comecei a tomar digoxina a partir daí..minha gravidez foi perfeita sem nenhum tipo de problema…gostaria de saber se tenho maior risco q outras mulheres no caso de uma nova gravidez, pois já estou pensando nisso. a ecocardiografista q examinava core dela disse q o tipo de cardiopatia dela foi “fatalidade” não me fazer ter risco maior q qualquer uma, mas o medo não sai de mim, obrigada.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Carla, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Carla, se trata de uma cardiopatia complexa e que seria difícil de explicar no espaço disponível para esta resposta. Talvez o melhor a fazer para tirar suas dúvidas, é uma consulta com um geneticista.

  • Gessica disse:

    Olá boa tarde, perdi uma irma de 11 anos há 2 anos atras, não foi com essa doença, mas hoje pude ver de perto uma amiga que perdeu sua filha com cardiotiopatia congenita me comovi muito e queria ver de perto algumas familias queria saber tambem como faço pra ser voluntaria

  • eu tenho um filho com 5 anos que e portador de uma cardiopatia congenita ele foi operado com 6 meses mas ficou bem agora tem um desenvolvimento muito lento e e agresivo para os colegas de escola tou preocupada com ele

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Cecilia, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Cecília, provavelmente não tem relação com a cirurgia. Converese com seu pediatra e com a escola para ver se há necessidade de availação psicológica. Abraços! 🙂

  • rayane disse:

    Olá..quero dizer que gostei muito desse blog, perdi um filho tem 2 meses e ele sobreviveu por dois meses e tinha cardiopatia congenita e bemm complexa e muito rara. descobri quando ele tinha 1 mes de vida, ate entao ele estava bem e ficava na UTI porque ele nao conseguia mamar..depois de um mes ele foi ao cardiologista e descobriu que o caso dele é muito complicado e que ele nao poderia sobreviver por muito tempo..fiquei arrasada pois o meu bebe aparentemente estava bem entao ele foi a outro cardiologista que deu o mesmo resultado..ele passou uns dias bem ate chegar um certo dia que ele passou mal e ficou entubado a 100% de oxigenio ou seja ele nem estava praticamente respirando e no mesmo dia ele falaceu. porque isso ocorreu? de um dia para o outro ele ficou ruim e foi tudo muito rapido..

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Rayane, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Rayane, crianças com malformação complexa de qualquer órgão tem um equilibrio muito instável. Qualquer coisa pode ter desastebilizado e causado os problemas que levaram à morte. Abraços!

  • Amanda disse:

    Olá tive um bebe há 24 dias estou muito triste.. mais ele só fico comigo 17 dias deu entrada no hospital com cardiopatia congênita muita falta de ar e cianótico perdi meu bebe e gostaria de saber se preciso fazer algum exame na minha filha que tem 2 anos para saber se ha a possibilidade dela ter essa doença também, estou muito preocupada pois a minha filha nasceu com os pezinho roxos mais não teve nenhum dos sintomas dele , aguardo resposta

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Amanda, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Amanda, você precisa de uma avaliação com um geneticista ou pelo menos fornecer mais informações como o tipo da cardiopatia, se quiser ter outro filho. Já sua filha de dois anos não deve ter problemas de coração. Os nenês nascem roxinhos e vão ficando rosados ou corados conforme eles começam a respirar. Abraços! 🙂

  • sandra maria disse:

    OLÁ!minha filha de 5 anos tem cardipatia complexa grave descobri quando ela tinha 10 dias de vida ela faz tratamento no danti em são paulo a um ano e meio ela fez todos os exames e estava tudo certo para sua serurgia mas a medica dotora marcia me disse que era um por centro de chanse dela sobreviver e pediu que eu e o pai dela desidisse mas ate agora não sei o que fazer ela deixou bem claro se correr o bixo pega se ficar o bixo come foi o termo que ela usou e disse que por enquanto ela esta compensada ela ficou enternada aqui no hospital da cidade por peneumonia que acabou afetando seus rins mas ela e guerreira e superou dois meses de intenação esta tomando 5 medicaçaão e esta bem aparentemente vai a escola esta ativa o hopital do danti disse que ia me ligar para retorno mas não me ligou penso que eles não querem mexer nela fico comedo de procurar e perder minha filha o que faço por vavor me ajuda desde já agradeço de coração quem quiser mandar uma mensagem sandra.poli_77@hotmail.com

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Sandra, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Sandra. Cirurgias complexas têm um risco grande, mas às vezes, é preciso correr este risco. Pelo que entendi, a Dra Marcia falou que operar tem um risco grande, mas se não operar ela vai piorar ou vai ter problemas. Não se esqueça que a cardiopatia complexa só pode ser corrigida com a cirurgia, os medicamentos servem só para controlar o problema. Procure a Dra Marcia ou a assistente social do Dante Pazzanezzi e procure perguntar tudo que você e seu marido querem. Abraços! 🙂

  • silvania costa disse:

    Boa tarde! Tenho um neto de 1 ano e 6 meses, o mesmo fez uma cirurgia de Transposição dos grandes vasos na terceira semana de vida com Dr. Glaucio Furnaleto onde fui informada após a cirurgia que a correção foi 100%. Hj está muito bem. De vez em qdo vai ao cardiologista e a médica que descobriu o problema qdo ele nasceu, cogitou a possibilidade de levarmos a São Paulo p/ um chek up. Duvidas Aguardo resposta

  • Equipe Sabará disse:

    Olá Andréa, nossos sentimentos por sua perda. Sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico e em breve lhe daremos uma resposta. Abraços!

  • Marcia disse:

    Oi meu nome é Marcia e meu filho nasceu em 18/08 e faleceu dia 20/08. Ele nasceu com uma má formacao entre o pulmão e o coração. O. O2 nao ia para o resto do corpo e voltava para o coração. Durante a gestacao nao foi detectado nada de anormal.o Rodrigo nasceu com parto normal e nao. Chorou e foi direto para a UTI. Esse tipo de cardiopatia poderia ser curada com cirurgia, logo quando ele nasceu?
    Obrigada

    • Marcia disse:

      Olá, tive acesso ao exame ecodopplercardiograma com mapeamento de fluxo e a conclusão foi drenagem anômala total das veias pulmonares supracardiaca e forame oval restritivo. Para este diagnostico, a cura pode vir com a cirurgia? Grata

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Marcia. Sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico. Em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

  • monica disse:

    Olá,
    Meu nome e Monica e tenho 36 anos a 22 dias eu perdi meu bebezinho com
    apenas 11 dias ele nao resistiu a uma
    cirurgia cardiaca onde disseram que iam apenas passar um cateter para colocar um stein(esse e o nome que passaram para mim)disseram que esse dispositivo parece uma redinha.
    Meu bebezinho tinha DSVD e estenose de valva pulmonar eu tenho
    diabetes 2 a cerca de uns 05 anos.E ele era meu primeiro filhinho,fiz todo pre-natal rigorasamente correto e controlei o maximo que eu pude minha glicemia para nao afetar meu filhinho,mesmo assim ele teve cardiopatia e faleceu.
    Ele nasceu com 45cm e 3.600kg.
    Pretendo ter outro bebe no futro mas estou morrendo de medo dele vir com alguma doenca.
    Tem como eu saber se isso e possivel e porque meu filhinho teve esta doenca.
    Grata,

  • monica disse:

    Desculpe,esqueci de mencionar que a cardiopatia foi descoberta com cerca de 4 meses.

  • Olá, tenho uma sobrinha que tem Cardiopatia Congênita, e no dia 30 de Setembro de 2012, deu entrada no Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, ela tem apenas 08 meses de vida, foi descoberta a doença, após uma febre, foi levada para o hospital, ficou internada e foi detectada a doença, foi aí que meu irmao e minha cunhada começaram a peregrinação nos hospitais, eles moram na cidade de Imperatriz no Maranhão, onde não tem nenhum Centro para tratamento da doença, então começaram a ir para São Luis, onde todo mês ela tem que comparecer, isso com recursos próprios e não é fácil, e agora conseguiram através de uma ONG, ir para São Paulo e conforme falei vai começar mais uma etapa, elas estão longe da família, mais confiamos em Deus que tudo dê certo.
    Fazendo pesquisa na internet sobre a doença, encontrei esse blog, gostei muito das informações e também é uma forma de contato…..estão de parabéns.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Juliana. Torcemos pela melhora da sua sobrinha. Ficamos muito gratos por sua admiração ao nosso trabalho no Blog. Continue nos acompanhando. Abraços! 🙂

  • estou muito triste minha primeira neta sofia vai nascer dia 17 e vai direto pra cirurgia estou desesperada em exame de um eco fetal foi descoberto Cardiopatia Congênita estamos sofrendo muito mais deus estar no comando

  • Equipe Sabará disse:

    Olá Patricia. Sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico. Em breve lhe encaminharemos uma resposta. Abraços! 🙂

  • Janaina disse:

    Olá, perdi meu filho a 10 meses com 6 dias de nascido a demora no diagnóstico e a falta de recursos não ajudaram em nada…Ele nasceu com tetralogia de fallot, foi um susto muito grande já que na gravidez não tive nenhum problema..Agora estou me preparando para engravidar novamente mas com muito medo do problema se repetir.Mesmo com os médicos dizendo que as chances de se repetir são muito pequenas o medo é muito grande…Que Deus me ajude e ajude a todas as mães que passaram ou estão passando por esse problema…Fé em Deus que Ele sabe o que faz…

  • barbara disse:

    oi meu nome e barbara
    tenho um filho de 11 meses ele naceu no dia 11/11/12 e portador de uma cardiopatia congenita ele tem ventriculo unico esquerdo ,, e ja vez duas cirugias a gora estamos esperando 3 cirugia .. ele e acopanhado no benficiensa portuguesa en sp .. se tiver pessoas na mesma cituaçao passando por dificudades cm seu filho e quiser tirar duvidas e me add no msn banoisqta@hotmail.com espero ajudar

    • Lucimara Ap.Buzinaro Ajala disse:

      oi Babrbara…meu filho tem ventriculo unico direito + dextrocardia 3 tipos de “defeitos”….tem hj 15 anos e não chegou a fazer nenhma cirurgia, graças a Deus…muitas coisas já passamos, mas agora faço acompanhamento em Curitiba.Os médicos do seu filho dizem em transplante??? tenho muito medo…..porque dizem os médicos que com o passar dos anos provavel ter que ser transplantado…Confiamos em Deus de que nenhum precisará….reze por mim e rezarei por vcs….bjs…

  • preta disse:

    Olá,Boa Tarde, vim desabafa não tive a mesma sorte de algumas mãe tenho dois filhos e esse ano engravidei ate eu ter ele estava tudo bem nem um exame mostro nada tive ele 10 de setembro no dia seguinte a pediatra pediu o ego e detectou q ele tinha cardiopatia congênita fui encaminhada pra fortaleza pra fazer uma consulta quando cheguei la já os médicos já disseram que e caso de cirurgia mais apos cirurgia ele não resistiu morreu estou desesperada porque os médicos não souber dizer o porque ele não resistiu qual foi a causa da morte. COMENTEM .

    • luciane marques pereira disse:

      Oi, essa patologia nao é facil,pois tive um bebe que se chamava Leticya e com 8 dias percebi que sua respiração estava anormal,procurei um medico e foi aonde ela ficou internada, apos saber que ela tinha (atresia pulmonra com civ) e ai diante foi a luta com ela,e antes de fazer a primeira cirurgia ela ficou em casa durante 4 meses de vida,depois internou para fazer os procedimentos ficou entubada mais de 1 mes,entao deu choque septico,e os orgaos foi parando e ela faleceu no dia 18-01-2013 aos 6 meses de vida!!!!só restou saudades de um sorriso encantador,foi inacreditavel,mas Deus quiz assim ne….se vc passa por problema com seu bebe parecido,saiba que quando a folego a vida e quando a vida a esperança de que Deus possa reverter sua situação…beijos e muita saude para seu bebe.Fique com Deus!!!

      • sharon disse:

        Ola me chamo sharon e meu filho nasceu com cardiopatia congenita ele tem CIA , CIV , Drenagem pulmonar anomala , Dextrocardia e Criss-cross … Preciso de ajuda só encontrei um caso de criss-cross no brasil elem do meu filho e um nos estados unidos quero saber de outros casos se souber me envie criei uma página pra falar da nossa luta https://www.facebook.com/MaeDeUmAnjoEspecial?ref=hl
        Esse mes ele completará nove meses e ainda por um milagre de Deus nao fez nenhuma cirurgia dia 6 de agosto ele internará no Instituto de cardiologia em Porto Alegre para fazer um cateterismo ele faz acompanhamento todos os meses lá .
        Se alguém souber de algum Criss-cross me avisem por favor .
        Desde já obrigada !

        • Equipe Sabará disse:

          Muito obrigado por dividir conosco a história do seu pequeno guerreiro, Sharon. Desejamos toda a sorte na recuperação dele! :)https://institutopensi.org.br/wp-admin/edit-comments.php?comment_status=moderated#comments-form

      • polliana alves disse:

        ola luciane eu sei oq cv sta passand pois dia 16.08.2013tambm perd minha joia mais preciosa Rafael cm cardiopatia,ele tinha 2ans e 8meses no centro cirurgico do hospital Dantte Pasanezze em SAO PAULO;tinhams tanta speraça nessa cirurgia ms infelismente ele nao resistil era muito grave ele tinha estenose pulmonar e estenose valvar.Moro em Goias stms desolados,mas Deus sabe oq faz os medicos diseram q ele teria q star fazendo no minimo uma cirurgia a cada ano seria muito sofrimento pr ele,ms tenho muita fe em deus ele sta me dando muita foça pr continuar vivendo pois n st sendo facil.

        • luciane disse:

          Olá Polliana,tenha forças,nao é facil as lembranças ficarao para sempre,mas saiba que esses anjinhos estão nos braços do pai e logo logo ele te dará outro, nao turbe seu coração,o senhor está enxugando suas lagrima,saiba que o choro pode durar uma noite mas alegria vem pela amanha,eu sei que nós (maes e pais)que passamos por isso nao teremos a felicidade completa,sempre faltará algo por resto da vida,mas vamos nos esforçar e acreditar para que Deus venha nos ajudar.E se ele me abençou com mais uma gestação ele tambem te dará uma outra joia rara…Fique com Deus!!!

  • simone borges silva disse:

    Ola sou Simone mae de Vitoria Aparecida com 3 anos, a minha filha tambem e cardiopata tem um coraçao univentricular e ja foi feito duas cirurgias de correçao.Descobri na gestaçao com 4 meses foi auqele susto grnade que teria que passar muitas coisas e graças a DEUS ocorreu tudo bem. Apos nascer no HOspital de clinicas em Uberlandia teria que fazer varios exames para iniciar as cirurgias, a minha filha sofreu miningite infecçao hospitalar e teve que fazer hemodialise mais graças a Deus ocorreu tudo bem faz se um ano que foi feito a segunda cirurgia e esta tudo bem com ela. E uma menina vencedora e vitoriosa por tudo que passou. e sempre com acompanhamento medico Dr lourdes de São Paulo que atende aqui em Uberlandia toda segunda feira .E sempre nas consultas a medica sempre me fala ….. mae vencedora e vitoriosa essa sua filha … por que tudo que passou nao imaginaria ela aqui. passao esse depoimento pois sempre estou querendo aprender mais sobre este caso.

  • Monica Ramos disse:

    Ola! Gostaria de uma ajuda de voçes, tenho uma sobrinha, que hoje estar com 2 meses, e ela apresenta uma movimento da caixa toraxia rápido demais,apresentando um desconforto respiratorio incontrolavél, o seu coração bate aceleradamente, sem intervalos,levamos para emergencia após ser examinada por 2 pediatra, os mesmos diseram que ela e cardiopata, e deve ser avaliada por um pediatra cardiologista, porém aqui na cidade de Alagoinhas-ba não tem pediatra com essa especialização.A mãe da bebe, ainda teve uma depresaão pos parto, seu leite secou.Por favor se puderem me ajudar, pelo menos, se alguem sober de hospital que trate essa doença. acidade que fica mais perto daquie feira de santana ou salvador.Porém o hospital daqui de Alagoinhas não fez em um encaminhamento do bebê para outra unidade de saude.Não temos plano de saude. Mas podemos fazer uma consulta particular. fico no aguardo de alguma informação.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Monica. Esperamos que possa encontrar a ajuda necessária para sua sobrinha. Caso tenha acesso, sugerimos que busque informações sobre profissionais em nossa Central de Atendimento no telefone (11) 3155-2800. Abraços! 🙂

    • Rodrigo disse:

      Olá sou de Aracaju-SE e meu filho é cardiopata tem 9 meses e estamos prestes a operar,ele esta sendo acompanhado por uma excelente medica Dra. Jaldete da clinica unicat,ela é muito profissional e humana e tambem muito conhecida ate em São Paulo.

    • luciane marques pereira disse:

      olha a minha filha se tratou no HCOR,UM hospital muito bom é de grande referencia nesse casor so que fica aqui no paraiso em SAO PAULO,fala para ela tentar pela filantropia,pois tem ate abrigo para as maes dos bebes que moram linge….bjs boa sorte com o bebe!!

  • Equipe Sabará disse:

    Andréa, sentimos muito por sua filha, é sempre muito triste perder um filho, ainda mais tão jovem. Não sabemos qual o problema que ela tinha, mas se o diagnóstico foi feito com 8 dias, e só operaram com 1 ano, provavelmente ela precisava ganhar peso para ser operada. Em relação a ter outros filhos, recomendamos que faça uma consulta com um geneticista para um aconselhamento genético, mas procure ter um relatório dos problemas de sua filha falecida. Leia mais no nosso blog https://institutopensi.org.br/2011/06/cardiopatia-congenita/. Abraços! 🙂

  • Barbara Alves disse:

    Bom dia!

    Estou gravida de 17 semanas e 4 dias, realizei uma ultrassom e foi detectado no coração do meu bb refluxo na valvula tricuspide. Gostaria muito de saber o que é isso?? se meu bb está correndo riscos??
    Obrigada

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Barbara. Sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico. Assim que possível lhe encaminharemos uma resposta. Abraços! 🙂

    • Equipe Sabará disse:

      Oi Barbara tudo bem? Desculpe a demora em respondê-la e obrigado pela confiança.Sugerimos que você consulte o seu médico. Abraços! =)

      • Elaine disse:

        Meu neto fez um cirurgia do coração , os médicos disseram que ocorreu tudo bem depois 12 horas ele teve 5 parada cardiaco e depois veio falecer ele fez no hospital são paulo o que deu de errado?

        • Equipe Sabará disse:

          Oi Elaine,

          Sentimos muito pelo seu neto.

          Mas não seria ético de nossa parte avaliarmos um caso que não foi tratado pela nossa equipe. Sugerimos que você converse com o médico responsável para entender a causa do óbito.

          Att,

  • Naila shabir disse:

    Olá sou naila,e vivo em Moçambique,tenho 24 anos e tive meu primeiro filho no dia 13/05/2012 ele nasceu bem com 2400kg,fiz todo o pre Natal só que tive problemas de tensão alta,mas ele nasceu bem e aparentava um bebe normal,mas ele ficava roxo e eu pensava k era do frio,aos 45 dias de vida dele descobri que ele nasceu com má formação congénita que se chamava tetralogia fallote,levei ao ICor de maputo tive a sorte de apanhar médicos da franca e dixeram que ele tava muito grave,porque ele vivia através de um canal só porque do resto tava tudo fixado.fizeram a cirurgia e descobriram que ele não tinha o anus,e descobriram outras ma formações por dentro,ele só viveu depois da cirurgia 2 dias.ate hoje dói muito a perda dele.

  • Aline Nicolau disse:

    Tenho um filho de 1 mês e meio,na minha gestação descobri que ele iria nascer com Coarctação da aorta e no 06/11/2012 ele nasceu e depois de 8 dias ele fez a cirurgia para correção da Coarctação, já tem 1 mês que ele fez a cirurgia, mas na ultima consulta com o cirurgia ele viu o eco e disse que meu bebe estava com recoarctação,estenose valva aórtica e CIV.
    Desde então to com meu coração na mão pois o medico disse que é grave e ele ira fazer outra cirurgia de alto risco!!!gostaria de torca experiencia com mães com filhos com a mesma cardiopatia ou ate mesmo que a equipe me esclarecer mais sobre os risco,tratamento sobre esse problema!Desde ja agradeço Deus abençoe

  • Equipe Sabará disse:

    Udineia, sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo médico. Em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

  • Equipe Sabará disse:

    Olá Andréa. Nossos sentimentos quanto à perda da sua pequena. Sua dúvida foi encaminhada ao nosso corpo clínico. Em breve lhe daremos uma resposta. Abraços!

  • Equipe Sabará disse:

    Olá Patricia. Desde já desejamos melhoras ao seu pequeno guerreiro. Vamos encaminhar sua dúvida ao nosso corpo clínico. Em breve lhe daremos uma resposta. Abraços! 🙂

  • Giselli Campos Rocha disse:

    Oi gente,com 6 mese de gestação descubri que meu filho tinha uma cardiopatia congenita e muito complexa.Ele nasceu e com 8 dias de vida ele operou,ficou internado durante muitos dias teve muitos problemas e veio a falecer quando ia completar 3 meses de vida.Está sendo muito dificil,mas queria saber se caso eu engravidar outra vez eu corro o risco de ter mais um filho cardiopata?
    Obrigada

    • Equipe Sabará disse:

      Oi Giselli, tudo bem? Desculpe pela demora em respondê-la e obrigado pela confiança. Sentimos muito a perda do seu filho. Sugerimos que você busque informações com o seu médico sobre esta possibilidade. Abraços! =)

    • luciane disse:

      Olá Gisele tira isso da sua cabeça,cada caso é um caso,eu tbm fui mae de uma filha cardipata,na qual nasceu viveu só 6 meses de vida e logo Deus abençou com outra gestação,os exames estão normais só falta fazer o ecocardiograma fetal e se Deus quizer vai dar certo,ainda sinto muita falta da minha pequena Leticya mas estou muito feliz que o ano de 2014 terei outra nos braços cheia de saude,entao vamos crer para que tudo dar certo.Saiba que PARA DEUS NADA É IMPOSSIVEL,vamos confiar que ele vai fazer a obra.Vou estar orando por voce e sua familia.Ate mais fique com Deus!!

  • ROSE disse:

    BOA NOITE,AMANHÃ DIA 16/05/13 VAI FAZER 4 MESES QUE PERDI MEU PEQUENO RYLLARD, COM 1 ANO 7 MESES E 28 DIAS,NASCEU COM 35 SEMANAS E SEU PESO 2.080, NO SEU PRIMEIRO BANHO ELE FICOU TD ROXO,E FOI LEVADO PARA TOMAR BANHO DE LUZ POR ALGUMAS HORAS,MAS ME FALARAM QUE ERA NORMAL POR CAUSA DO SEU PESO, E ASSIM FOI EM CS NO SEU 1º MÊS DE VIDA. NOS 15 PRIMEIROS DIA DE VIDA NÃO GANHOU NENHUM PESO, NOS 15 DIAS SEGUINTE TOMOU NAN E GANHOU 100 GRS(COM 20 DIAS ELE FOI ENCAMINHADO PARA O CARDIO) NO 2º MÊS PARECIA ESTAR RESFRIADO E RESPIRAVA MEIO CANSADO,PASSAVA NA PEDIATRA E ELA MANDAVA P/ A EMERGÊNCIA E ASSIM FOI ATÉ SEU 5º MÊS, QUD SUA PEDIATRA RESOLVEU ENTRAR COM O TRATAMENTO DE ASMA,(MAS EU NUNCA OUVI MEU FILHO CHIAR)DEPOIS DISSO MEU FILHO PARECIA SER SAUDÁVEL,MAS ELE SÓ CHEGOU A UM PESO CONSIDERÁVEL PELO MÉDICO COM 1 ANO, ELE ERA UMA CRIANÇA SUPER ATIVA,EU NUNCA CONSEGUI ACREDITAR QUE ELE TINHA ASMA,ATÉ QUE NO DIA 08/12/12 MINHA VIDA MUDOU P/ SEMPRE LEVANDO ELE NA EMERGÊNCIA, E O MÉDICO ME DISSE: SEU FILHO PODE ATÉ TER ASMA MAS O DIAGNOSTICO DELE NO MOMENTO É DE UMA CARDIOPATIA E APÓS 37 DIAS QUE O MEU MUNDO TINHA DESABADO, MEU FILHO VEIO A ÓBITO NOS MEUS BRAÇOS,NÃO CONSIGO FICAR EM PAZ,PQ QUERO SABER SE MEU FILHO NASCEU COM A DOENÇA É POSSÍVEL EU TER ESSA RESPOSTA DOS MÉDICOS.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Rose. Lamentamos a sua perda e agradecemos a sua confiança em dividir a sua história. É importante que você procure o médico que cuidou do seu bebê para ter mais detalhes do que ocorreu. Abraços! 🙂

  • bruno leomar antunes de oliveira disse:

    ola! tenho uma filha qe nasceu no dia 04-05-2013,e no dia seguinte minha esposa e filha ganharão alta pois o(a),pediatra avaliou e disse q estava td bem e podia ir para casa, ai resolvemos ficar na cidade onde ela nasceu na casa de minha mãe por sete dias, foi quando no oitavo dia fomos para nossa casa q fica 80km de sorriso mt (nova ubiratâ )foi quando no nono dia minha flha dormiu o dia td e anoite começou a ficar fadigada, com a respiração pesada e foi quando levamos até o pronto atendimento d nova ubiratâ as 05:00 do dia 12-05-13 p/13-05-13 apos duas horas de espera com as enfermeiras dando remedio para colica quando a medica chegou para vela, ai ja foi chamando a ambulancia e equipe medica para acompanhar ate o hospital regional de sorriso. Quando chegamos la fomos recebido com a noticia q minha filha estava em estado grave com Cardiopatia Congenita Complexa “Tetralogia de Fallot” a poucos minuto de vida.Ai os medicos de sorriso derão um remedio para q continuace com um unico canal do caração q estava se fechando ja, aberto, ja com pedido de transferencia para capital Cuiaba onde seria feita a cirurgia com urgencia. A onde conssegui uma UTI Aerea e uma UTI terrea para q ela fosse transferida. Agora estamos no hospital a onde era para ser feita a cirurgia dela e os medicos so dizen q ela esta estavel p motivo do remedio e por isso ñ é urgente. Agora vem a pergunta a vcs. Uma menina q sai de avião atraz de tratamendo cirurgico de Cardiiopatia Congenita Complexa “Tetralogia de Fallot” por motivo de um unico remedio tera q aguardar por quanto tempos para fazer a primeira cirurgia???? Qual seria o procedimento correto a se fazer?????? Quero saber se é assim mesmo????? Pq depois de passar td q passamos fazer tds q fizemos a cardioloogista expecialista e infantil, vio a marcar a primeira cirurgia de Agatha para o dia 21-05-2013. Isso é certo????
    Oque devo fazer, procura hospital melhor fora da qui ou…….?

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Bruno, tudo bem? Obrigado pela confiança. Infelizmente não podemos orientá-lo de forma específica, pois não podemos avaliar a criança. De qualquer forma, é importante que você sempre consulte mais de uma opinião médica em um caso mais complexo como este. Abraços! 🙂

  • deane costa disse:

    ola!tive um filho com 37semanas e 5 dias,dia 13 de maio de 2013 as 12:30 e morreu 11:30 da noite.e eu nao sabia que ele tinha nascido com esse problema cardiopatia congenita cianotica,eu so tive conhecimento quanto veio a noticia que ele tinha falecido,eu sofri muito ate agora ainda sofro muito pro nao sabre o que causou a essa doenca que causou a morte do meu anginho e se tinha como saber dessa doenca antes dele nascer eu gostaria de uma resposta,porque eu ia no medico umas 3vezes na semana e fazia exame e ultrasom e sempre falaram que tava tudo bem comigo e com meu filho,sempre escutavam o coracao dele e tava tudo bem,na ultima ultram que fiz ele tava com 2025g e quando nasceu e quando minha mae foi ver ele no becario falaram pra ela que o bebe tinha 3k e 405g.eu nao vi meu filho direito porque na sala de cirugia na hora que tiraram meu filho eu tava vomitando e nao deu de ver ele direito e depois que eu soube que ele tinha morrido eu nao vi mas minha mae que cuidou do interro dele.eu gostaria de saber se tinha como saber dessa doenca antes mesmo de nascer.agradeco muito se me responder.obrigado

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Deane, tudo bem? Obrigado pela confiança. Em primeiro lugar, sentimos muito pela sua perda. Como você leu em nosso artigo, é possível sim o diagnóstico durante a gravidez, já que o problema ocorre nas primeiras 8 semanas de gestação. Se ele for detectado cedo, é possível planejar o parto e salvar a vida do bebê naquelas cardiopatias mais complexas. Abraços! 🙂

  • Valéria disse:

    Bom dia!

    Eu fui portadora de PCA.
    Minha irmã, dois anos mais nova de CIV.
    Fomos operadas simultaneamente no Hcor com 3,5 e 1,5 anos em 1981.
    Em 1983, minha mãe engravidou novamente e nosso irmão nasceu com transposição dos grandes vasos, vindo a falecer com 23 horas de vida.
    Hoje, estou grávida de 12 semanas.
    Quais são os exames e procedimentos que devo realizar para diagnosticar se meu filho é portador de alguma cardiopatia?

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Valéria, tudo bem? Obrigado pela confiança. É importante mesmo você estar atenta a isso, se na família já há um histórico de problemas cardíacos. Sugerimos que converse com sua ginecologista, pois ela poderá orientá-la corretamente. Abraços! 🙂

  • Valdirene R Barbosa disse:

    Meu filho hoje 28-06-2013 está com 08 meses e nasceu com síndrome de Down, nasceu com um problema no coração,CIA. Queria saber se será necessário cirurgia ou se melhora com o tempo? Ele está reagindo muito bem e ganhando peso, fazemos acompanhamento com cardiologista em Goiânia Goias
    Fico aguardando respostas

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Valdirene, tudo bem? Obrigado pela confiança. É difícil dizer ao certo se ele precisará de uma cirurgia, pois não podemos avaliá-lo. Sugerimos que continue o tratamento médico e leve suas dúvidas ao seu pediatra. Abraços! 🙂

  • Mari Mendes disse:

    Olá pessoal. Estava aqui lendo os depoimentos e me emocionando.

    Só passei para dizer que quando temos um filho cardiopata é preciso ter força, coragem de enfrentar diversas situações e seguir lutando sempre.

    Tenho uma filha que nasceu com alguns defeitos no coração: DUPLA VIA DE SAÍDA DO VENTRICULO DIREITO+COARCTAÇÃO DA AORTA+CIV. Foi diagnosticada com um mês de vida. Operada aos dois meses e meio. Hoje tem seis anos de luta e histórias mil. Não tem restrições, não toma nenhum tipo de medicação e é muito feliz!!!

    Lamento muito pelas familias que infelizmente não tiveram a mesma sorte, o tempo necessário para o tratamento ou não encontrou a estrutura adequada, etc. Lamento pela a deficiência no atendimento à saúde em nosso país, cuja a arrecadação de impostos são mais que suficientes para que todos pudessem ter acesso aos tratamentos necessários.
    Acho importante dizer aqui que é possível. É possível ser cardiopata e ser feliz, é possível sobreviver, é possível diagnosticar durante a gestação. É possível ter uma vida normal.

    Boa sorte a todos nós!

    • Lucimara Ap.Buzinaro Ajala disse:

      Olá Mari Mendes….Meu filho tem cardiopatia de Ventriculo Único + 3 tipos de defeitos….bem semelhantes aos de sua filha….Hj ele tem 15 anos e não fez nenhuma cirurgia…desde que nasceu ouço muitas coisas dos médicos, inclusive que talvez terá que fazer um transplante, no futuro etc…é um mocinho lindo, joga bola, anda de bicicleta, nada,e tc…renho muito medo do futuro, mas como tbém sou temente a DEUS, quando o medo, as dúvidas, a falta de fé me cercam, ajoelho e peço forças do alto e assim vou levando há 15 anos…as matérias que oleio sobre esses problemas estima uma faixa de vida de no máximo 30 anos…mas nosso DEUS é maior e tanto meu filho quanto sua filha, serão muitos felizes e viverão por muitos e muitos anos…REZE por mim, que rezarei por vc. Boa noite….e fique com Deus…

  • Vanessa Silva Gomes disse:

    Boa tarde ! Por gentileza . Quero saber
    sobre Miocardiopatia Hipertrófica, é uma doença progressiva então não tem cura?Tive uma filha que nasceu com esta doença e faleceu com 4 meses de vida ?Obrigada e no aguardo .

  • Michelline disse:

    Boa tarde amados,
    Estou com 7 meses de gestação e descobri com 5 meses a cardiopatia congenita complexa, hipoplasia do ventriculo esquerdo. Meu bebe é um menino e até o momento está lutando contra esta doença. Sou do Rio de Janeiro e todos os medicos que me consulto falam a mesma coisa..”Caso muito raro e muito dificil” Eles acreditam que o meu bebe pode sobreviver apenas nos primeiros momentos, mas creio em um Deus vivo e todos os dias ele me fortalece. Isso que eu quero passar para vcs, Deus sabe de todas as coisas, e se é promessa de Deus em suas vidas, vai se cumprir. Meu filho é promessa de Deus e em Outubro voltarei aqui para dar meu testemunho, pois Deus está no controle e meu filho vai sobreviver!! Falo com vcs em breve.
    Um forte abraço e confia no Senhor.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Michelline, tudo bem? Agradecemos a sua confiança em dividir conosco a história do seu pequeno. Estamos torcendo por ele. Abraços! 🙂

  • Aline crisiina disse:

    Oi bom dia a todos tenho um filho de 4 meses chamado Isaque ele tem dupla via do ventriculo esquerdo CIV tem dois meses que ele fez uma cerclagem pulmonar estamos aguardando pra fazer as outras cirurgia peço que todos ore por nos

  • Aline crisiina disse:

    Bom dia gostaria de saber se toda criança cardiopata tem que tomar a injeçao Palivizumab porque disseram que toda criança que tem cardiopatia congenita (mas que nasceu abaixo de 35 semanas) mas o meu filho nasceu com 37,que tenha bronquite ou que tenha algum problema respiratorio meu filho esta com 5 meses dai eu queria saber se ele precisa desta injeçao sei que ela e muito cara por favor mim tire esta duvida meu filho graças a Deus nao tem problema respiratorio

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Aline, tudo bem? Obrigado pela confiança. Infelizmente não podemos ajudá-la, pois não temos como avaliar a criança. De qualquer forma, sugerimos que você procure se informar com o seu pediatra ou o médico que acompanha a cardiopatia do seu filho. Abraços! 🙂

  • Aline cristina disse:

    Muito obrigado pela resposta se voces puder falar mais sobre esta injaçao ou algum blog que fala sobre a injeçao Palivizumab ficarei muito grata pois deve ter pessoa com duvidas como eu muito obrigado pela atençao

  • jucineide porto disse:

    olá.minha filha tem 5 anos hoje no momento ela está com uma CIV de 8cm, descobrir que ela tinha esse problema assim q nasceu desde então é acompanhada pelo cardiológista, segundo ele iria esperar ate os 5 anos para ver se fexava, mas infelizmente não fexou,ela tbm nasceu com CIA mas ano passado fexou, hoje ela se encontra só com a CIV,ela é uma criança muito esperta só q acho a cor dela muito pálida mas ela nunca teve anemia, segundo a pediatra é normal, ela tbm fica com umas manchinhas pelo corpo tipo aquelas quando está com frio,o cardiólorgista fala q é pelo frio mesmo,só q ela sempre está assim principalmente nas aréas do peito,costas e barriga,sim ela tbm tem muita dificuldade pra ganhar peso,não sei se é porq me preocupo muito.o médico(dr.cicero emanuel) dela é um dos melhores da minha cidade(campina grande pb)ele fala pra me não me preocupar q o caso dela é simples ,ele falou q tem muita chanse de ser corrigido por cirugia com cartetes q não precisa abrir o peito,então me ajude a entender um pouco mais do caso da minha filha pois isso me deixa muito aflita, peço a DEUS que me der força e fé pra lutar por ela.quero q ela fça essa cirrugia nos melhores especialistas do brasil, quero fazer o melhor da minha parte o resto deixo com o nosso pai grandioso tomar de conta do presente precioso q ele me deu q é minha filha.obrigado pela atenção e espero muito sua ajuda.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Jucineide, tudo bem? Obrigado pela confiança. Primeiramente gostaríamos de lhe parabenizar pela tentativa de saber mais sobre o caso da sua filha, na tentativa de proporcionar mais qualidade de vida à criança. Porém, não conhecemos a fundo o caso dela e isso nos impossibilita de lhe orientações específicas. O ideal é que você confie no especialista que cuida dela e, caso se sinta insegura, procure uma segunda opinião médica. Abraços e boa sorte! 🙂
      a

      • jucineide porto disse:

        sim,confio no especialista que está cuidando do caso dela,mas vcs sabem como é mãe, enformaçoes nunca são demais,enfim ela vai fazer a cirurgia no inicio do ano gostaria de saber de vcs se o hospital sabará teria profissionais no caso dela pra realizar essa cirurgia com sucesso,e como seria o procedimento de agendamento, e convenios aceitos?mas uma vez obrigado pela atençao.

        • Equipe Sabará disse:

          Olá Jucineide! Obrigado pela confiança em nosso trabalho. Você pode obter mais informações em nossa central de atendimento no telefone (11) 3155-2800. Abraços! 🙂

      • maria rosa disse:

        boa noite eu tenho uma menina que quando ela fez 3 anos nois descobrimos que ela tinha miocardiopatia delatada e os médicos me dizer que ela tem que fazer trasplante , nos estamos com medo mas confiando em DEUS MINHA FILHA NÃO PODE BRINCA SÓ FICA EM CASA HJ ELA TEM 6 ANOS E NÃO VAI A ESCOLA ELA TOMA muito remédio tem remédio que custa 17 mil reais mas eu ja vi caso piro por isso se tem alguém passando por risso não fica preocupada DEUS ESTA NO CONTROLE AMEM BOA SORTE A NOIS TDS

  • flavia regina t.campelo disse:

    ola meu nome e Flvia tenho uma bebe d um meisinho e 20 dias e a 20 dias tmb descobrimos q ela e cardiopata,e foi revoltante a briga q eu e meu marido tivemos para poder chegar ate um medico competente,ela sempre teve a respiração muito forçada e ate hj as horas da mamada não são prazerosas e sempre q eu proucurava ajuda mim disiam q ela estava cheia d gases,mas quem e mae sabe quando algo esta errado com um filho.mas após muita percistencia hj minha filha ta sendo muito bem tratada no hrc(BRASILIA)e tmb já foi encaminhada para o hospital da criança jose Alencar,mas não sabemos ainda s ela vai precisar d cirurgia e ela tmb ta sendo investigada na genética,talves ela seja portadora d daw.mas d nada disso eu tenho medo pois foi DEUS QUEM MIM DEU e s ele nos deu e poq sabe q temos competência para cuidar dela.peço orações pela minha bb e na hra das minhas orações eu sempre lembrarei dos meus irmão em cristo.e digo mais s vcs notam algo estranho com seus filhos não desistam e nem s conformem com meia dusias d palavras pois nada fala mais alto q coração d mae

    • sueli disse:

      OI, estou desesperada estou gravida de 5 mesês, fiz a morfológica e descobri minha menina tem algum problema no caração, ainda não sei qual é vou fazer um exame com cardiologista ainda a marcar.Mas tenho fé que Deus pode fazer sim milagres e que minha Luiza esta nas mão do Altíssimo.

    • gabriela cavalcante azevedo disse:

      querida como esse seu depoimento animou a minha fé. pois descobri que minha criança esta doente e estou sofrendo muito ajude-me a entender o que esta acontecendo. deus te abençoe por sua linda fé e se tiver um tempinho me ajuda.

  • Leandro Souza disse:

    eu tenho uma pequena chamada Camila, ela tem CIV greva descoberto logo apos o nascimento, foi uma tristeza imensa mais tinhas que lutar junto com ela, hoje ela tem 1 ano e 3 meses e esta desenvolvendo ate bem… tem ganhado peso, mais infelizmente ate hoje não fechou sozinho. estou com muito medo de uma provavel cirurgia. e tenho visto varios casos de perda de bebes aqui, queria saber de historias de sucesso pra me animar rs porque depois do que li aqui fiquei com muito medo de perder minha pequena.

    • Camila Caldeira Almeida disse:

      Olá Leandro, como está sua pequena? Meu filho também nascerá com uma CIV que não se fecha espontaneamente, por tudo que tenho lido não é muito grave, mas a cirurgia é algo muito indicado e creio que até bom para ela, pois evitaria alguma endocardite. Procure bons médicos! Boa sorte! E me diga como anda a tua Camila.

    • Monica Moraes disse:

      Oi, leandro…meu filho tinha civ de 9 mm e operoy com 5 meses no hospital da criança em goiania go. Foi um sucesso. Hoje ele esta co 1 ano e 7 meses e super bem. Confie em Deus q tudo da certo.

  • vanessa Menezes disse:

    Ola, Boa tarde.
    Primeiramente to muito mais calma depois de ler tantos depoimentos e ver como é linda a obra de Deus ele realmente prepara nos mães para dedicar-se a filhos especiais iguais aos que temos s2 A minha linda preciosa Natasha tem 1 aninho e quando ela nasceu foi um susto e um desespero pra minha familia .ela tem cardiopatia congenita de ventriculo unico e obstrução na arteia e dois sopros.ela fez um cateterismo com 2 meses e melhorou muito a respiração dela ,antes ela ficava rochinha e tinha dificuldades para respirar, eu tenho a curiosidade de saber se ela realmente vai precisar de cirurgias como diz a Dr cardiologista! devo realmente confiar na possibilidade de esperar realisar a cirurgia de reconstrução apos 1 ano e se a risco de falencia por conta da perda da elasticidade do coração dela ,ja que eli fas a função de dois ventriculos . e como serão as procimas cirurgias para o caso dela .meu maior medo é so a recuperação pois antes de tudo eu tenho a FÉ e sei que Deus ira estar dentro de qualquer ambiente que ela estiver como já esteve. quando ela com 3 meses ia realisar a cirurgia para faser um fexamento da veia arteria ,minhas orações e meu proposito com Deus na noite anterior da data da cirurgia foi magica e curou-a.no xecape final antes da cirurgia foi visto que o milagre aconteceu a veia dela se feixou sozinha e hoje ela fas acompanhamento e a veia tem estado estavel .

    • Equipe Sabará disse:

      Oi, Vanessa!
      É importante que você converse com o médico sobre suas aflições. Se mesmo assim você ainda não estiver segura, busque uma segunda opção. Sem examinar sua filha, não podemos dizer o que se passa. Temos certeza que entenderá nossa posição. Um grande abraço!

  • SUZANA OLIVEIRA disse:

    Olá bom dia. gostaria de tirar algumas duvidas fiz uma cirurgia cardiaca eu tinha cardiopatia congenita e ja fazem 1 ano e 10 meses mais ainda passo muito mal sinto muita dor no peito uma pressão muito forte ate mesmo para respirar fundo e fazem uns 2 meses que todas as vezes que eu espirro sinto como uma facada nas consta do lado do coração bem na direção do peito e meu coração voltou a pausar novamente estou ficando preocupada com tudo isso vc poderia tirar essas duvidas que estou tendo eu tenho 33 anos e estou tbm acima do peso obrigado pela ajuda Suzana.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá, Suzana,

      É importante que você converse com o médico que te acompanha. Ele, por conhecer o histórico médico, é a melhor pessoa para te orientar. Converse com ele sobre suas aflições e se ainda não estiver segura, procure uma segunda opinião. Não conseguimos orientá-la melhor, pois não te examinamos. Abraços!

  • Polliana disse:

    ola Luciane gostaria de saber como sta sua gestaçao,se sta tudo bem se ja fez todos exams.tambm stou tentando ter outro filho ms tenho muito medo,de tambem vir doente.Apesar de ter muita fe em deus porq nao suportaria outra perda me mande noticias.fica cm deus

    • luciane disse:

      Olá Polliana,td bem,graças a Deus estamos bem,ja fiz o ECG fetal quando estava com 23 semanas e deu td normal,agora ja estou com 34 semanas anciosa para ver o rostinho dela que se chamará Isabelly Vitória,meu parto está previsto ate o dia 9 de março.Olha espera em Deus,peça a ele tirar este teu medo,creia quando for no tempo dele ele permitirá uma nova gestação bem tranquila,e te dará um novo ser que terá seus cuidados eu te desejo tudo de bom,e que DEUS ABENÇOE voce e sua familia,e voce ve se nao me esquece viu,adorei sua msg.fica c Deus ate mais!!!!

      • Polliana disse:

        graças a Deus,fico feliz por vc.saiba q ficarei orando por vcs e q vai dar tudo certo no parto,e vai ser muito linda sua filha!nao vou squecer d vc nao sempre q puder m mande noticias.ore por mim para q Deus tambem possa me dar outra alegria de viver.bjs fica com DEUS.

  • Vanessa disse:

    Olá, boa tarde! Há 15 dias perdi meu bebê. As ultrassons nunca indicaram qualquer problema cardíaco mas meu bebê nasceu “cansadinho” e me disseram que era taquipnéia transitória e que ficaria tudo bem em algumas horas. Acontece que 24 horas depois embora a respiração já estive controlada ele teve uma parada cardíaca que os médicos não souberam explicar e colocaram a causa da morte como desconhecida apenas suspeitando de uma cardiopatia. Pode um exame de ultrasson não acusar? se fosse mesmo cardiopatia ele teria ficado roxo após a morte? porque ele até o momento não apresentou nada que indicasse problema de coração mas quero muito entender o que aconteceu com meu filho… Me respondam por favor.

    • Equipe Sabará disse:

      Vanessa, é difícil uma patologia complexa do coração não ser vista no ultra som, mas existe algumas coisas que podem aparecer após o nascimento. Abraços

  • Marcela disse:

    olá , meu bebê tem apenas 1 mes de vida e no pre natal foi diagnosticado Hipoplasia das cavidades esquerdas , sindrome de shone. Sou de Teresópolis Rj e tive que ganhar ele em um hospital que tivesse UTINeonatl. Enfim, foi para o Rio de Janeiro e la tive o bebê no Hospital de Padre Miguel. De la ele foi transferido para o Pro-Cardiaco onde ele fez novos exames e nao tinha nada disso e sim saida dupla do ventriculo direito. Nao precisou operar ainda mas queria ter mais informações sobre isso, alguem pode me ajudar? Estou aguardando…..

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Marcela,
      Como vc já deve saber esta é uma doença bem complexa e seu nenê deverá passar por pelo manos uma cirurgia. O melhor é conversar com os médicos para eles explicarem direitinho os procedimenntos, riscos etc. Segue um pouco sobre a doença neste link: http://goo.gl/qx5vy6 Abraços!

  • Douglas da Silva disse:

    Boa tarde,

    Eu gostaria de tirar uma duvida, o meu filho nasceu com a ( Tetralogia de Fallot ) o medico que fez o ultimo ultrassom 3 dias antes dele nascer, disse que o coraçao dele estava perfeito é possivel isso saber somente depois que nasceu ?

    obs.infelizmente náo deu para gravar mas ainda tenho os documentos do ultrassom.

    • Equipe Sabará disse:

      Douglas,
      A circulação fetal (do sangue no feto) é diferente quando nasce. A Tetralogia de Fallot é uma cardiopatia congênita complexa, precisaria saber exatamente o que ele tem de alteração para ver se poderia ser diagnosticada antes do nascimento. O importante agora é tratar do seu filho com uma cirurgia reparadora, o que não mudaria em nada saber antes ou não.
      Leia mais sobre isto: http://goo.gl/K1kB3c

  • dougla araujo disse:

    ola tenho uma filha linda que tem 6 meses ela tem um cia e um civ esta com 5.100kg com dificuldade em ganhar peso, mama no peito e pouco não tem apetite,ela toma furosemida e digoxina duas vezes por dia, e normal esta falta de apetite e baixo peso por conta da cardiopatia?

    • Equipe Sabará disse:

      Douglas,
      Realmente crianças cardiopatas tem maior dificuldade de ganhar peso. Converse com seu pediatra para ver se há necesidade de um suplemento nutricional.

  • sharon disse:

    Ola , eu procuro casos de Criss-Cross Heart , esta muito difícil saber mais sobre . Depois de mais de um ano consegui entender oque é essa ma-formação ,mas me apavoro por ser tão rara e complicada . Gostaria que me falacem mais sobre ela eu tenho um bebê com 1 ano e 3 mês , já fez um cat com uma eco-transesofagica , e uma cirurgia “glenn” , eles ampliaram mais a CIA que ele tem e fora isso ele tem uma CIV e Dextrocardia que não é problema.Ele faz acompanhamento e todos os procedimentos no Instituto de Cardiologia em Porto Alegre – RS .
    Criei uma página no face para falar da nossa luta , e tentar achar mais casos com essa cardiopatia .
    https://www.facebook.com/MaeDeUmAnjoEspecial
    Obrigada desde já !

  • Michele Cristina Pereira dos Santos Silva disse:

    Oi Meu nome é Michele,
    Meu filho tem 2 anos e 10 meses, ha 8 meses descobrimos que ele tem cia e civ,ele toma digoxina e furosemida todos os dias, ha 5 meses ele fez cateterismo para medir a pressão pulmonar e graças Deus estava baixa, então da para ir para mesa de cirurgia.O seu cardiologista e o cirurgião falaram que só abrindo o peito e tem que ser agora antes que ele tenha algum sintoma. Eu já li muito sobre o assunto mas gostaria de saber qual é a porcentagem de risco em uma cirurgia dessa para uma criança que não tem sintomas nenhum,e apos fazer todos os exames clínicos pré cirúrgicos e todos estarem sem anormalidade nenhuma.

    • Equipe Sabará disse:

      Michele,

      A melhor pessoa para te orientar sobre riscos é o médico que está tratando do seu filho, pois ele possui seu histórico médico. É importante que confie nele neste momento, temos certeza de que poderá te ajudar. Abraço

      • Rodrigo disse:

        Oi, minha filha nasceu com uma civ e logo aos 5 meses fez a cirurgia. graças a Deus deu tudo certo e ela já se recuperou. Porém hoje ela sofre muito com o cocozinho. Ela segura ele, fazendo com q ela fique ate 4 dias sem defecar, e quando vai fazer ela chora demais. Gostaria de saber se tem casos similares e como foi o desenvolvimento disso?

        • Equipe Sabará disse:

          Olá Rodrigo, que bom que deu tudo certo com a cirurgia da sua pequena. Quanto aos problemas no momento de defecar, aconselhamos que busque uma consulta ao Pediatra. Ele certamente, poderá ajudá-lo a como lidar com o fato da maneira mais adequada. É importante, também, que ela tenha uma dieta com fibras e frutas, para ajudar no trato intestinal. Outro ponto, que pode ajudar, é o diálogo com sua pequena. Afirmar que ela não precisa sentir medo e que o pior já passou. Abraços.

  • goreti jesus disse:

    tenho 53 anos aos 34 fiz 1 cati sou hipertenca fiz 2 cati dr rafael zardo disse que so com uma chapinha de cabelo para alisar kkkk que tenho tuortuzidade nas veias tipo afilamento as veias sao grossas por dentro isso que apareceu no cateterismo disse que isso e desde da barriga da minha mae tomo remedios sera que existe algo melhorar angina e estavel mais a dor e intensa tenho ue fazer o que te agradeço em nome de jesus boa noite goreti

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Goreti, somos um Blog que trata sobre saúde infantil. Mas, recomendamos que busque auxílio de um médico especialista. Sem exames precisos não temos como informar o melhor diagnóstico. Após exames e resultados, certamente, o médico indicará o melhor tratamento. Abraços.

  • Monica Moraes disse:

    Ola, meu filho tinha uma CIV de 9 mm..ele operou aos 5 mese. Agora esta com 1 ano e 7 ,mas nao sai dos 9 kg e esta com 80cm. E normal atraso no crescimento nesses casos?

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Mônica, se conhecer o quadro clínico do seu pequenos não podemos indicar a normalidade com a qual ele cresce e ganha peso. Recomendamos que busque uma consulta com o médico que já o acompanha, para que ele possa indicar os próximos passos com precisão e segurança, Obrigado.

  • carina disse:

    oi,meu filho foi diagnosticado com cardiomiopatia hipertrofica tem 01 ano e 4 meses,nao tem sintomas mas o medico disse q e rara e grave.Alguma informaçao por favor.bjs

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Carina, sem conhecer o quadro clínico do seu pequeno não temos como informar. Solicitamos que sane todas as suas dúvidas com o médico. Ele sim, poderá deixá-la mais tranquila.

  • bruna disse:

    oi minha gravides foi otima ele nasceu perfeito porem foi descoberto realmente oque tinha de eerrado depois dele nascer descobriram que ele tinha um problema do coracao hipoplasia do ventriculo esqquerdo fizemos a cirurgia em porto alegre ficou se recuperando mas n resistiu. gostaria de entender melhor oque aconteceu com meu bebe,como é causada pelo oque gostaria muito de saber.uma curiosidade ate que idade algum bebe sobreviveu por mas tempo com a hipoplasia? obrigado

  • GIZELE DE OLIVEIRA SOUSA disse:

    Olá boa tarde!!por favor,me ajudem.
    estou gestante ja com 36 semanas,e com 32 descobrir que meu bebe tem um tetralogia de fallot,e que precisará ser operado,aonde moro,tem a UTI,que ele vai precisar para,quando nascer,mais não tem especialista e nem cirurgião,o que vai acontecer depois que ele nascer e tiver tomado o medicamento pra manter aberto as artérias?quais as chances que ele tem de sobreviver??

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Gizele, primeiramente, recomendamos que tenha seu pequeno num local onde ele possa ser operado. Tetralogia de Fallot pode ter vários graus de complexidade e acredito que você deva procurar um serviço que possa atender bem seu nenê. Se você tem algum convênio procure se informar e saber os centros que possam cuidar dele. Se tiver SUS, grandes hospitais de coração de SP podem fazer isto, como Incor, Dante Pazzanezzi, Beneficência Portuguesa, HCor… Fique tranquila, peça auxilio para resolver essas questões e aguarde a chegada do seu pequeno.
      Abraços e estamos a disposição!

  • Graziele disse:

    Olá… Meu nome é Graziele. Tenho uma filha que se chama Lara, vai fazer 5 anos esse ano.Ela tem hipoplasia do ventrículo esquerdo.Quando vi ela bebê, disse ao único Deus que existe:-Meu Deus como ela é linda, deixa ela comigo. E Ele deixou. Sabia que Ele que dá a vida. E só Ele poderia dar vida a ela, e Ele deu. Glória a Deus, por isso.

  • Lívia Pires disse:

    Prezados,

    minha filha nasceu com CIA e CIV, com 1 ano e 5 meses ela fez a cirurgia para correção, mas ficaram alguns resíduos. Fazemos o acompanhamento anual e ela não toma remédios. Hj ela está com 14 anos e ela gostaria de fazer uma viagem para o exterior. Queria saber se tem risco com relação ao voo.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá, Lívia. ​Acreditamos não haver nenhum risco, mas você deve entrar em contato com o médico que a acompanha para melhor orientação​.

      Atenciosamente,
      Equipe Hospital Infantil Sabará

    • daiane disse:

      minha finha tanbem tem cia civ ifico muito felis porsaber e sua filha tem 14 anos hoje i eu ja fis uma viagem para o rio com ela i nao a conteceu nada ela tem 8 meses

  • Elaine disse:

    Minha filha vai precisar fazer uma cirurgia cardiaca dsavt esta com 6meses ,vcs atendem o plano amil medicus enfermaria?

  • Tatiana Bezerra disse:

    Oi.meu filho hoje tem 9anos.e vai fazer uma cirurgia de coarctacao.ele ja fez 4 cjrurgias no figado e é transplantado de fígado. Esperei até agora com medo de fazer. O médico disse que ele pode jogar bola depois de 3 meses.ele ta muito ancioso pois o sonho dele é entrar numa escolinha de futebol.isto é verdade?

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Tatiana Bezerra, boa tarde.

      É importante que você converse sobre o assunto com o médico do seu pequeno. Ele melhor do que ninguém poderá lhe orientar quanto a isso, pois já conhece a criança e seu histórico.

      Abraços

  • fernando disse:

    ola amigos tenho um filho com civ pequena e sem repercussao hemodinamica, hoje ele esta com 2anos e 4 meses, muito ativo, o cardiologista disse para repetir a cada 6 meses, mas a gente fica apreensivo com nosso pequeno, a civ dele tem 1.3mm, mas shunt dele nao esta interferindo na hemodinamica, espero que deus feche ate o cinco anos, peço conselho a vcs sobre mais o assunto. bj

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Fernando, boa tarde.

      É importante que você converse sobre o assunto com o cardiologista do seu pequeno. Ele melhor do que ninguém poderá lhe orientar quanto a isso, pois já conhece a criança e seu histórico.

      Abraços

    • Abraao Leonardo disse:

      Oier meu nome é Abraão ,nasci em 1 de março dr 1991 .no dia 06 de junho de 1991 alperei .tive a CIV e cia. Hoje tenho 23 anos e não tomo nenhum tipo de remédio e pela graça de Deus me sinto ótimo…. Jogo bola corro…enfimmm um milagre…..

      • Abraao Leonardo disse:

        Feliz estou …..só agradeço a todos os cirurgiões q estavao de plantao …. Hospital das clinicas….. Incor… Referenciaaa…. Obrigaduuuu Deusssss…..

  • Rose disse:

    Olá sou avó de Maria Alice que vai nascer com a Graça de Deus em julho/15 Gostaria que vcs me esclarecessem o seguinte. Minha neta foi diagnosticada com isometerismo atrial esquerdo. A hipoplasia do ventrículo esquerdo é considerado a mesma coisa?

  • Cristiane Araújo disse:

    Olá, tenho uma bebê de 1 ano que foi diagnosticada ainda na gestação com Atresia de valvuka tricuspide IC, hipoplasia de ventriculo direito, CIA e CIV, ela já foi submetida a um procedimento cirurgico (bandagem pulmonar) e tem programação de no minimo mais duas cirurgias,entendo a má formação, mais gostaria de ter mais artigos para ler, não encontro nenhuma informação sobre este problema na internet, gostaria de saber qual é o grau de complexidade, qual é a incidência deste problema no Brasil, quais são as perspectivas. Por favor me ajudem

  • lucas da costa silva disse:

    Minha Nené de 1 mês o coração dela nasceu com mal formação na aorta vai te que faze sirujia pra reconstrui a aorta.eu queria sabe se nenê aguenta essa sirujia ariscada ?

  • joyce disse:

    Bom tive um filho que nasceu com a tretalogia de fallot era lindo gordo nao aprensentava sintomas nenhum alem das unhas roxas sempre acompanhei ele ao medico des de quando nasceu derrepente ao 10 meses teve uma febre que nao arava resolvie leva-lo ao medico lá começou meu pesadelo meu filho ficou enternado no outro dia entubado vou transferido fez a cirurgia aspressas ficou 15 dias internado e nao rresistiu tenho certeza que o aconteceu foi erro do outro hospital atendimento inadequado gpstaria de saber pq?
    Ja que ele nunca teve crise
    nunca ficou mt cianotico
    era gordo
    comia muito bem

  • Luciana matos disse:

    Oi gente. Descobri há dois meses q meu filho tem uma cardiopatia congênita. Ele sempre foi magro e levei isso em consideração pq fui magra qd criança. Ele passou mal na escola e fui procurar um cardio pediatria para avaliar. E depois de muitos exames. Ele goi diagnosticado com truncus tipo IV, ele não tem a pulmonar onde não há possibilidade de cirurgia. Fiquei sem chão. Pq meu filho é minha vida. Estou indo em junho para bh atrás de uma segunda. opinião. Pq enquanto houver esperança eu estarei atrás dedar ao meu filho uma vida melhor e sem restrições. Se lá não conseguir uma resposta para o caso dele, segurei para São Paulo atrás de uma solução. Pq não posso ficar esperando meu filho partir e minha vida virar um vazio.

  • LUCIANA MARTINS GOMES SILVA disse:

    Boa noite, eu tenho um filho de 7 anos e quando fui ganhar ele na hora do parto que foi cesariana, tive uma parada cárdio respiratoria, gostaria muito de engravidar, gostaria de saber se eu posso? Depois que tive meu filho fiz varios exames e o cardiologista informou que tive alergia a raque. Obrigada

  • danuta disse:

    Fui operada do coraçao ainda bebê. Gostaria de saber se tem algum problema tomar suplemento para ganho de massa muscular.

  • Leidiane disse:

    Olá estou gestante de 27 semanas e decobri q meu bebê está com hipoplasia das câmaras à esquerda.. Preciso de informação como proceder?? Se ele passar por processo cirúrgico pode sobreviver?? Obrigado

  • Fernanda Silva disse:

    ola meu nome é Fernanda… Tenho um filha de 7 anos,ela se chama jucynanda,portadora de retardo mental,encefalopatia crônica e epilepsia.Ela tem um CIA no coração,moramos no Rio de Janeiro-RJ,hoje mesmo ela teve uma crise,como chegamos no RJ recente,e vinhos em busca de algo melhor na vida financeira,tipo trabalho. Gostaria que vcs me ideicace um hospital onde eu possa trata do coraçãozinho da minha filha. Me sinto aflita,ela já passou várias vezes internações,e sofro com o medo de perdê-la….se vcs poderem me ajudar.
    Agradecida desde já.

  • Cleidson Dias de Souza disse:

    olá,
    Minha filha nasceu com a SHCE. Foi operada e há 70 dias está na fase de estabilização de intercorrências. Uma delas é o fato de que quando começou a alimentar ela tinha muitas naúseas e vomitava. Descobrimos tempos depois que ela não vomitava o leite e sim secreções resultantes do sistema respiratório (catarro, por exemplo) e um pouco de bílis, tendo em vista que a sonda era enteral. Resolvida esta situação ela começou a aceitar a alimentação sem vomitar. Mas, uma situação tem me chamado a atenção: ela não está ganhando peso. Algum material que eu possa ler sobre o assunto??

  • alessandro mello disse:

    boa noite tenho uma filha de 2 anos ela passou pela cirugia de civ e cia tem 1 mes a operaçao dela correu td bem mais ultimamente quando ela brinca sinto ela ofegante e ela sente corpo dela cosar so a noite vcs poderia me ajuda alessandro

  • Queila disse:

    Olá bom dia, minha filha tem cardiopatia congenita
    Ela fez a cirurgia com 2 meses de vida. Muita coisa no
    Coraçãozinho ela tinha. Coarctação e hipoplasia da aorta
    CIV e CIA pequenas. A recuperação da cirurgia foi muito
    Complicada ela passou 1 mês na uti, mais Deus proporcionou
    Um milagre na vida dele hj ela esta bem linda, ganhando pesoQueriQd
    Ainda toma medicação Captropil e Lasix. Gostaria de saber se
    Tem possibilidade dela fazer outra cirurgia mais tarde ela
    Esta com 4 meses hj.

  • Bom dia, minha Tia teve gêmeas e uma das gêmeas a Laurinha, nasceu cm Cardiopatia congênita ela foi submetida a uma cirurgia tem uma semana, estou preocupada, pois a médica que esta acompanhando ela disse que os batimentos cardíacos dela não está normal que o nervo responsável pelos bastimentos ainda está inchado, porém está tomando medicamentos para desinchar, mas caso isso não aconteça será necessário outro procedimento cirúrgico. Eu não entendo nada dessas coisas, estou perdida e preocupada. Será que podem me explicar a respeito disso, se é normal isso acontecer??? Obrigada desde já!!

  • Aline Renata disse:

    Bom dia meu filho tem no momento 4 anos de idade, no mes de nov/2014 o Dr. escutou sopro no coracao e sugeriu um eco onde foi constatado um pca de 3 mm, nunca apareceu sintomas, porem 6 meses, isto é junho/2015 fiz outro eco e o tamanho permanece.Existe possibilidades de fechar sozinho? A cardio disse que pela idade que ele esta acha pouco provavel.Fico no aguardo.
    Obrigada.

  • Taise disse:

    Oi, meu nome e taise, tive uma linda filha Manuella que nasceu com tretalogia de fallot, faleceu 15 dias apos o nascimento com infecçao, acho que estou gravida novamente sera que corre o risco do outro bebe ter a mesma doença.

  • MarcysiaaK disse:

    Od jutra zaczynam odchudzanie, kto się odchudza ze mną? Nie będzie lekko ale trzeba się wziąć za siebie. Mam już dobry sposób na odchudzanie, wszyscy którzy są chętni proponuje zacząć od wipisania w google – xxally radzi jak szybko schudnąć

  • Michele disse:

    Meu nome é Michele e tenho um bebe de um ano e dois meses com sopro CIA tipo ostium secundum. Ontem fizemos o ecocardio e o médico disse que está com 7mm e teria que operar ainda este ano. Estou desesperada… tenho muito medo. Realmente é preciso operar ou eu deveria ter uma segunda opinião médica? Ele não anda e não senta sozinho. Tem drge, e agora começou á se allimentar melhor e se desenvolver.A cirurgia desse sopro é indispensável, ou tem a possibilidade deste sopro fechar? Grata

  • Rafaela carla disse:

    Ola boa tarde, tenho 29 anos e tenho cardiopatia congenita (ventrículo único indeterminado) fiz o a cirugia glem e fontan, com meses e a outra com 14 anos, so q nao sei as ordens da cirurgias, e hj o meu maior sonho e poder engravidar, so q o meu médico toda ves que toco no assunto ele me da respostas diferentes… e gostaria de ouvir a opinião de vocês, sei q e um blog infantil,mas gostaria muito que vocês me ajudassem pelo menos com. Uma palavra sim ou nao….obrigada

  • Jaqueline de Andrade disse:

    Olá!
    Vim contar minha história. Nasci em Janeiro de 1992, e já nasci com CIA e CIV, e ainda por cima tinha sopro… Fui tomando medicamentos e comia bastante alimentos pra fortalecer o coração, segundo meu cardiologista receitava, mas não deu certo… E em Setembro de 1995 tive que ser submetida às pressas para uma cirurgia, onde tive uma crise muito forte. Com somente 3 anos fui operada, e hoje tenho 23 anos e os médicos dizem que meu coração está perfeito, que nem parece que tive algum problema!! Muito obrigada a equipe do Hospital Beneficiência Portuguesa da Bela Vista, salvaram minha vida!!

  • Roberta Correa Mendes disse:

    Tenho uma filha de 11anos e vai corrigir um cia de 1cm com prótese por cateterismo estou extremamente nervosa! Acompanho isso desde seus 3anos e não fechou voluntariamente. Já ouve casos que ja fechou espontânea? Ou ja passou a época de fechar espontânea. Grata

  • Deusiane da Silva Oliveira disse:

    OLA SOU A DEUSIANE TIVE UM FILHO QUE NASCEU COM MA FORMACAO CONGENITA, ,ELE NASCEU FORTE COM 3.715 APOS UM MES DE VIDA NAO CONSEGUIA GANHAR PESO ,MAMAVA MUITO E MESMO ASSIM NAO ENGORDAVA ,FUI HA UMA CONSULTA COM A PEDIATRA FIZ OS EXAME E NAO FOI DIAGNOSTICANDO DE PRIMEIRA,APOS A CONSULTA ELE CONSEGUIA ENGORDAR MAIS ERA MUITO POUCO E GRIPAVA BASTANTE DAI VOLTEI NOVAMENTE A CONSULTA A UMA PEDIATRA E ELA ME PEDIU UM ECOCARDIOGRAMA ONDE APOS FAZER O EXAME FOI DIAGNOSTICADO UM ESTREITAMENTO NAS VEIAS E DE JA DOUTORA ME ADIANTOU QUE ERA UM CASO CIRURGICO COMECEI DAI ENTAO UMA LUTA E GRANDE SOFRIMENTO ,POR QUE TENHO DUAS FILHAS E ELE ERA O PRINCIPE QUE TANTA ESPERAVAMOS ,COMENCADO ENTAO O TRATAMENTO COM UM MEDICO CIRURGIAO CARDIOVASCULAR MAIS TERIA QUE ESPERAR ELE ENGORDAR ATE UM PERIODO DE 1ANO ,COM UM ANO ELE ENGODOU MUITO POUCO E O MEDICO RESOLVEU MARCAR A CIRURGIA,ELE ESTAVA COM 6.300 ENGOROU MUITO POUCO DURANTE O PERIODO DE ESPERA E NAO PODIA MAIS ESPERAR.FOI FEITO A CIRUGIA DIA 30 DE MAIO FOI 3 HORAS E MEIA DE CIRURGIA ,A CIRURGIA FOI UM SUCESSO O MEDICO ME TRASMITIU QUE O PROBLEMA FOI RESOLVIDO E QUE ERA SO TORCER PELA RECUPERACAO .QUANDO TERMINOU A CIRURGIA FOI PARA UTI VI ELE E DEPOIS FUI PRA CASA FELIZ .HORAS DEPOIS VEIO A TRISTREZA O ESTADO DELE ERA GRAVE TINHA FEITO XIXI E COCO E TAMBEM DEU UMA FEBRE ,MAIS MESMO ASSIM FIQUEI OTIMISTA ,MAIS INFELISMENTE DEPOIS DE 3horas E MEIA DE CIRURGIA DEU PARADA E MORREU FOI MUITO TRISTE MEU PRINCIPE COM 1 ANO E CINCO DIAS PARTIR UMA TRISTEZA QUE NAO PASSA NUNCA FICA ADOR DA SAUDADE EM NOSSOS CORACOES ..MAS PARA AS QUE ESTAO NA LUTA FORCA MEU FILHO SE FOI PORQUE ERA ESSA A VONTADE DO SENHOR TER MAIS UM ANGINHO NO CEU .FORCAS PARA TODAS AS MAES EU PERDIR MEU BEBE MAIS DEUS ESTA ME DANDO FORCAS ,TEM APENAS UM MES E 7 DIAS QUE PERDI ELE E DIFICIL MAIS COMO FALEI DEUS DAR FORCAS.DEPOIMENTO E PARA AQUELAS MAIS QUE ESTAO NA LUTA PELA VIDA DE SEUS FILHOS E QUE TENHA FORCAS PARA LUTAR TEM UM DEUS NO CEU E ELE HAJE SEMPRE SE FOR DAR VONTADE DELE TUDO DARA CERTO E FORCAS PRA NOS MAES QUE PERDEMOS NOSSOS FILHOS .

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade