PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Dislexia e a Visão
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dislexia e a Visão

Dislexia e a Visão

24/08/2015
  880   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

dislexia-e-a-visao

Segundo especialistas e consultores da Dyslexia International, a dislexia do desenvolvimento (frequentemente referida apenas como dislexia) é um distúrbio da linguagem, um transtorno do neurodesenvolvimento vitalício, que é frequentemente herdada.

Crianças com dislexia muitas vezes experimentam uma luta ao longo da vida com a leitura e aprendizagem. Esta deficiência afeta 3% ou mais das crianças. No passado, alguns profissionais e pesquisadores ligaram a dislexia a distúrbios da visão, embora a literatura científica lance dúvidas sobre isso. Um novo estudo publicado na revista Pediatrics de junho examina esta ligação.

Maior estudo deste tipo até hoje, o “Ophthalmic Abnormalities and Reading Impairment”, apresenta dados que foram coletados em 172 crianças de sete a nove anos que preencheram os critérios para ter comprometimento grave leitura e comparação com dados de 5,5 mil crianças semelhantes sem dislexia.

Mais de 80% das crianças com problemas severos de leitura apresentaram resultados normais para todos os testes oftalmológicos, que incluíram fusão sensorial e motor, estereoacuidade, e ambliopia, entre outros. Crianças com deficiência de leitura eram predominantemente do sexo masculino, de baixo peso ou prematuras, tinham mães que fumam e baixo nível socioeconômico.

Os autores do estudo concluem que a maioria das crianças com dislexia tinha a visão perfeita em uma variedade de testes de visão em um grande levantamento populacional. Embora as terapias de apoio em visão sejam oferecidas para crianças com dislexia, a base científica para isso é contestada e a maioria dos estudos é pequena, envolvendo poucas crianças. Esta nova análise reforça a evidência de que a deficiência visual não é um fator na dislexia.

Autor: Dr. José Luiz Setúbal.

Fonte: Pediatrics jun, 2015

Article: “Ophthalmic Abnormalities and Reading Impairment”

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o atendimento médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o seu pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Joao Carlos Santos disse:

    Caro José Luiz,

    Parabéns pelo seu artigo e sucesso no seu desafio frente a Santa Casa de São Paulo.

    Tenho um filho (que fiz adoção) de 9 anos completos no ultimo dia 7-jun e ano passado acabei descobrindo após um longo caminho que ele tem uma doença chamada Neurofibromatose, que é identificada com umas pequenas manchas no corpo na cor Café e um diagnostico horroroso.

    Como consequência desta doença já detectamos um desvio na coluna cervical de 63 graus e alguma coisa no hipotálamo.

    Depois de um longo caminho e milhares de exames, encontrei um médico chamado Dr. Fernando Machado Pedrosa e tenho agendado uma cirurgia para o próximo dia 9 de Setembro da correção da coluna cervical, que tenho certeza que deus estará presente e irá dar tudo certo.

    O meu apelo ao Sr., que como médico que ama sua profissão, pudesse escrever algo sobre este assunto, pois não consigo encontrar nada que possa me ajudar a encontrar um apoio sobre este assunto.

    Obrigado e Sucesso !!

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade