PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Especial Vacina (Parte I)
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Especial Vacina (Parte I)

Especial Vacina (Parte I)

11/08/2014
  433   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

 

Vacina:  Estudos que mostram as evidências de proteção geral

A segurança e eficácia das vacinas estão em estudo constante. Porque as vacinas são projetadas para serem dadas rotineiramente durante as visitas de puericultura, elas devem ser extremamente seguras.

Os testes de segurança começam assim que uma nova vacina é iniciada como uma pesquisa, continua até que seja aprovado pelo FDA ou qualquer outro órgão de controle, e é monitorada por tempo indeterminado após a licenciatura. A Academia Americana de Pediatria (AAP) trabalha em estreita colaboração com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) para fazer recomendações para o uso da vacina.

Ao longo da última década, foram levantadas questões a respeito de uma relação entre autismo e vacinas. Junto com a segurança em geral preocupações, os questionamentos frequentes dos pais são sobre os seguintes temas:

– Se muitas vacinas sobrecarregam o sistema imunológico;

– Sarampo,  papeira, e a vacina combinada contra rubéola (MMR);

– Conservante timerosol, que nunca esteve presente em MMR, mas estava presente em várias vacinas utilizadas na década de 1990, desde então foi removido de todas as vacinas infantis utilizados rotineiramente com exceção da gripe.

A investigação foi conduzida em todos esses tópicos e os estudos continuam para encontrar vacinas que sejam uma  maneira segura e eficaz para prevenir a doença grave. Este documento enumera os estudos e fornece links para as publicações para que pais e todos aqueles que administram ou recomenda vacinas leiam provas por si mesmos. Estes estudos não mostram qualquer ligação entre o autismo e a vacina tríplice viral, timerosal, várias vacinas dadas de uma só vez, febre ou convulsões. Esta não é uma lista exaustiva de estudos de segurança da vacina, que estão constantemente sendo realizados e publicados e não podem ser refletidos aqui. Favor examinar a evidência para si mesmo. Se você tiver alguma dúvida, fale com seu pediatra.

Em breve:

Especial Vacina (Parte II)
Especial Vacina (Parte III)

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade