PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
HPV – vacina a partir dos 9 anos
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
HPV – vacina a partir dos 9 anos

HPV – vacina a partir dos 9 anos

28/03/2011
  479   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Após o lançamento da vacina contra HPV, o consultório dos pediatras vem recebendo muitos pais preocupados e com dúvidas sobre o caso. Isso aconteceu depois que a Sociedade Brasileira de Pediatria recomendou a vacina contra o HPV, a partir dos 9 anos, idade que muitos acham precoce.

Para o infectologista Marcelo Genofre Vallada, do Hospital Infantil Sabará, essa polêmica toda existe porque alguns pais ficam com medo que suas filhas adolescentes iniciem a sua vida sexual mais cedo, devido à existência da vacina. “Não existe nenhuma evidência que isso irá acontecer. Pelo contrário. A vacina será utilizada por meninas e mulheres que prezam por sua saúde e que possuem famílias mais esclarecidas em relação ao risco da doença e procuram proteger suas filhas”, explica o especialista.

A vacina não está disponível na rede pública, possui um alto custo e deve ser tomada em três doses. As vacinas contra o HPV não têm ação terapêutica, ambas são profiláticas e devem ser tomadas antes da exposição ao vírus, ou seja, antes que seja dado início a vida sexual.

O vírus do HPV é associado a diversos tipos de câncer, em especial o de colo de útero e à verruga genital. Existem mais de quarenta tipos diferentes de HPV que podem resultar em doenças, alguns mais frequentes, outros mais raros. O especialista ressalta que duas vacinas estão disponíveis no Brasil para prevenir os danos causados pelo HPV.

A vacina contra o HPV pode ser aplicada em quem já deu início à atividade sexual, porém, se já estiver infectado, ela não será mais eficaz. Por ser uma vacina recente, ainda não está estabelecida qual a duração da proteção pelo uso da vacina.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade