PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
O que é constipação ou prisão de ventre?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
O que é constipação ou prisão de ventre?

O que é constipação ou prisão de ventre?

22/10/2012
  7559   
  3
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Saiba as diferenças desse impasse que, por vezes, é confundido com sintomas de diarreia

A constipação é uma condição na qual os movimentos intestinais ocorrem com menos frequência do que o habitual e as fezes tendem a serem duras e secas, além de ser doloroso ao serem eliminadas.

Esse quadro é comum em crianças e, geralmente, não acarreta consequências em longo prazo. No entanto, pode haver a diminuição da qualidade de vida delas, causar problemas emocionais e estresse familiar. Raramente, a constipação é sinal de um problema de saúde mais grave.

O que causa a prisão de ventre em crianças?

Muitas vezes, as crianças desenvolvem constipação como resultado da retenção de fezes. Elas podem retê-las, porque estão estressadas na hora da retirada da fralda, têm vergonha de usar um banheiro público, não querem interromper a brincadeira, ou ainda, têm medo de uma evacuação dolorosa ou desagradável.

A prisão de ventre pode resultar em uma grande massa de fezes no reto chamado de fecaloma. As fezes se acumulam atrás dele e, de forma inesperada, pode vazar e sujar as roupas íntimas de uma criança. Com frequência, os pais confundem a sujeira como um sinal de diarreia.

Outras causas de constipação em crianças incluem:

– Uma dieta pobre em fibras;

– Certos medicamentos ou drogas, tais como antiácidos, opióides e antidepressivos;

– Doenças, tais como a de Hirschsprung, diabetes e síndrome de Down;

– Anormalidades anatômicas, tais como um defeito de nascença.

Quais são os sintomas da constipação em crianças?

– Menos movimentos intestinais que o habitual;

– Posturas que indicam que a criança retém as fezes, como ficar na ponta dos pés e, em seguida, se balançar para trás sobre os calcanhares, apertar a barriga, dançar, entre outros comportamentos incomuns. Geralmente, os pais confundem posturas como tentativas de “empurrar”.

– Dores abdominais e cólicas.

Quando a criança com constipação deve ir ao médico?

Uma criança deve consultar o médico se os sintomas de constipação durar mais de 2 semanas. Ela deve ir mais cedo se a constipação é acompanhada por um ou mais sintomas que podem indicar um problema de saúde mais grave, como febre, vômitos, sangue nas fezes, abdome inchado, perda de peso, fissuras dolorosas da pele ao redor do ânus (fissuras anais), intestino que sai do ânus (prolapso retal), etc.

Como a constipação em crianças é tratada?

É preciso haver mudança na dieta, tomar laxantes e adotar hábitos intestinais saudáveis. O tratamento depende da idade da criança e da gravidade do problema.

As alterações dietéticas incluem comer mais alimentos ricos em fibras, como cereais integrais, frutas e legumes. Laxantes são usados ​​para limpar um fecaloma e, por vezes, para restaurar os movimentos intestinais regulares, mas isso vai depender da necessidade do paciente.

Um médico deve ser consultado antes de dar laxante para a criança. Os pais devem incentivar seus filhos a passar o tempo no banheiro após as refeições e ficar atentos ao surgirem sinais de fezes retidas.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • maria da gloria disse:

    Meu neto de 12 anos estar com febre à 15 dias e não evacua ficou no Hospital por 2 dias fazendo exames como sangue ,urina e ultra abdominal . Tomou lavagem evacuou e foi liberado . Só que a febre de 39 continua e ele não foi mais ao banheiro. A febre vai e volta varias x ao dia. Hoje ele estar voltando para o Hospital e eu estou muito preocupada. Me ajuda pois eu só penso no pior.

    • Equipe Sabará disse:

      Boa tarde, Maria!

      Neste momento é importante que você procure manter a calma e que também tranquilize o seu neto. Levar seu menino ao hospital para uma análise dos profissionais também faz toda a diferença. Estimamos melhoras ao seu neto.

      Att,

  • Luiz de Camargo disse:

    Sinto algumas dores pouco abaixo da costela,parece prisão de ventre,lado esquerdo,isso pode ser sintomas de diverticulite?

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade