PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Os benefícios das artes marciais
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Os benefícios das artes marciais

Os benefícios das artes marciais

25/07/2013
  5408   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Os pequenos podem encontrar diversão nessa atividade que contribui para inúmeros fatores do crescimento

benefícios das artes marciais

Artes Marciais são disciplinas físicas e mentais com um passado guerreiro (“artes militares”), que tem como objetivo um desenvolvimento dos praticantes por meio da autodefesa ou da submissão do adversário mediante diferentes técnicas. Na atualidade, as artes marciais são praticadas por diferentes razões que incluem esporte, saúde, defesa pessoal, desenvolvimento pessoal e social, disciplina da mente, formação do caráter e do crescimento da autoconfiança.

É uma completa expressão do ser humano (por isso que é uma arte) com todas as particularidades concebidas pela experiência e pela inteligência dos melhores desportistas e pelos guerreiros e, não necessariamente, de maneira sistemática ou científica.

São elas:

Aikido; Boxe; Capoeira; Defesa pessoal; Hapkido; Jeet Kune Do; Jiu-jitsu; Judô; Karatê; Kempo; Kick Boxing; Kildo; Kung Fu; Luta olímpica; Muay Thai; Ninjutsu; Sambo; Savate; Sumô; Taekwondo; Tai Chi Chuan.

As artes marciais são uma ótima escolha para as crianças, principalmente, as mais indisciplinadas, mas devem entrar na vida dos pequenos como uma brincadeira, com muita cambalhota e risada, para que eles tenham vontade de praticar. Além dos benefícios físicos, a luta desenvolve importantes habilidades nas crianças, principalmente a disciplina. Nas aulas, o professor ensina não só a técnica, mas também ajuda a mudar o caráter do aluno. Juntos, desenvolvem o trabalho em equipe, a autoestima, a autoconfiança e o respeito ao próximo.

A criança também aprimora a coordenação motora. Dos dois aos seis anos de idade, a arte marcial deve ser apresentada de forma totalmente lúdica. Dos seis aos doze, como a criança já possui maior percepção, torna-se possível aplicar a disciplina do esporte. As artes marciais que envolvem combate, como o muay thai e o kickboxing, devem ser evitados nessa fase devido à imaturidade muscular das crianças. Já o taekwondo, judô e karatê podem ser praticados a partir dos quatro anos.

A prática do esporte traz diversos benefícios às crianças, como a evolução do condicionamento físico, o desenvolvimento da coordenação motora e dos reflexos, a melhora da paciência do praticante, o aumento da resistência do corpo e o fortalecimento do sistema imunológico. Além de melhorar o condicionamento físico das crianças, as artes marciais ajudam a desenvolver a mobilidade das articulações e incentivam o autocontrole emocional. O ideal é ser praticado três vezes por semana.

É importante salientar que as artes marciais são esportes que necessitam de responsabilidade e de dedicação dos atletas. Elas nunca incentivam a violência. São esportes que possuem muitas regras, com profissionais gabaritados. Os alunos mais graduados têm obrigação de ajudar os iniciantes.

Portanto, ao matricular seu pequeno nas academias, verifique se o professor é formado na modalidade específica e se tem o respectivo cadastro na federação do esporte. Ele deve ser graduado e faixa preta na respectiva modalidade. Observe também se o espaço da academia é adequado e se os tatames estão em boas condições. Se tudo estiver correto, é só começar!!

assinatura-maria

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade