PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Prontos para as férias? Ou de prontidão na televisão?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Prontos para as férias? Ou de prontidão na televisão?

Prontos para as férias? Ou de prontidão na televisão?

17/12/2015
  335   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

prontos-para-as-ferias

As aulas já terminaram! Isso significa que as crianças já não estão nas suas rotinas habituais, mesmo que a maioria dos pais ainda estejam trabalhando.

“O que vamos fazer agora?” é uma pergunta recorrente das crianças e o desespero de muitos pais. Reorganizar a rotina das crianças demanda tempo! Um passeio no parque, um dia com os amigos, cinema, teatro, e por aí vai…tudo isso implicaria que os pais estivessem disponíveis para tais atividades ou que pudessem contar com a ajuda de outras pessoas.

Como esta não é a realidade da maioria dos pais, por vezes a televisão é uma das aliadas favoritas da falta de tempo. Com a TV as crianças ficam distraídas por um bom período (para não dizer hipnotizadas) e os pais conseguem seguir suas rotinas. Entretanto, a própria televisão é também provocadora da questão “o que vamos fazer agora?”.

Já pensaram a quantidade de informações e rapidez com que os programas na televisão acontecem? As imagens vão passando e sempre uma cena puxando pela outra, não há espaço para o tédio. Ao assistir TV somos os receptores e não os protagonistas do que estamos vivendo naquele momento. Tanto nós como as crianças nos habituamos a esta posição, na qual somos pouco criadores.

No Ubá percebo que ao proporcionarmos espaço de criação para as crianças algumas ficam um tanto incomodadas “Mas o que eu faço agora?”. É claro que esta pergunta lhes vem a cabeça, afinal durante grande parte do seu tempo lhes é dito o que fazer, ou são entretidos. É como se tudo tivesse que lhes ser proporcionado e a todo instante precisam mudar de atividade.

Pensando nisso aqui vão algumas dicas de programas que podem ser caseiros para as crianças e que elas adoram: massinha (as crianças menores gostam muito de modelar), quebra-cabeça (dá para montar com ou sem companhia), atelier com desenho (podem ter diferentes riscadores, como lápis, giz, canetinha…), atelier de colagem de material reciclável, montar cabanas com lençol (para as crianças de todas as idades), materiais que já não são usados em casa (como panelas, telefones, teclados, etc.) também são ótimos para um faz-de-conta! Boas férias!

assinatura_Bruna

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade