PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Você sabe reconhecer uma criança gordinha?
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Você sabe reconhecer uma criança gordinha?

Você sabe reconhecer uma criança gordinha?

05/08/2016
  1299   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O problema da obesidade infantil é muito discutido na mídia. Mas será que você sabe se seu filho está acima do peso?

Os pais de crianças com problemas de peso muitas vezes têm dificuldade em reconhecer o status do peso do seu filho, de acordo com um novo estudo publicado em maio de 2016 na Pediatrics. Sensibilizar os pais da obesidade ou do sobrepeso pode realmente contribuir para prevenção em seus filhos.

Os pesquisadores descobriram que ao contrário da crença popular, se um pai percebe seu filho como “gordinho”” este não é um fator de proteção contra o ganho de peso e em vez disso é associado com aumento do risco de ganho de peso futuro em toda a infância. No Brasil temos no nosso imaginário que criança saudável é criança ou bebê gordinho, cheio de dobrinhas, os antigos “bebês Johnson”, que concorriam a um prêmio nos anos 60.

Pesquisadores na Austrália seguiram 3.557 crianças de 4 e 5 anos até os 12 e 13 anos, tomando uma avaliação do IMC e pedindo aos pais para avaliar o estado de peso de seu próprio filho. Independente do peso real da criança, o estudo mostrou que as crianças cujos pais perceberam o seu peso como “excesso de peso” ganharam mais peso na análise de seguimento.

Os investigadores sugerem que o estigma de ser visto como “gordinho” ou “obeso” pode gerar estresse que resulta em respostas de enfrentamento mal adaptativos que levam ao ganho de peso, mas concluem que é necessária investigação para compreender como as percepções dos pais tem impacto na obesidade da juventude.

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics may 2016

“Parental Perception of Weight Status and Weight Gain Across Childhood

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade