PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Confiança nas vacinas é tema do Abril Azul da Sociedade de Pediatria de São Paulo
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Confiança nas vacinas é tema do Abril Azul da Sociedade de Pediatria de São Paulo

Confiança nas vacinas é tema do Abril Azul da Sociedade de Pediatria de São Paulo

15/04/2021
  257   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Neste mês, a Sociedade de Pediatria de São Paulo promove a campanha ‘Abril Azul” – Confiança nas vacinas: eu cuido, eu confio, eu vacino’. Este ano, ela acontece em meio à vacinação contra a covid-19 e a campanha nacional de imunização contra a gripe (https://institutopensi.org.br/campanha-nacional-de-vacinacao-contra-gripe-comeca-no-dia-12-de-abril/) que, na primeira fase, prioriza crianças de 6 meses a 6 anos, gestantes e mães de recém-nascidos.

O pediatra tem papel essencial na ampliação da cobertura vacinal pela oportunidade de conscientizar sobre a importância da imunização. É o profissional da pediatria a fonte mais confiável de informação sobre os cuidados com a saúde e que pode orientar não só a proteção das crianças, mas de toda a família.

Os programas de imunização salvam, todos os anos, cerca de 3 milhões de vidas (https://institutopensi.org.br/vacinas-salvam-3-milhoes-de-vidas-por-ano-no-planeta-conheca-a-historia-da-imunizacao-no-brasil/) em todo o planeta, segundo estimativa da OMS. São evitadas mortes por poliomielite, difteria, tétano, coqueluche, sarampo, gripe e outras doenças. Graças às vacinas, no Brasil, foram erradicadas a poliomielite, a rubéola, a síndrome da rubéola congênita e o tétano materno e neonatal. O sarampo chegou a ser erradicado, até 2019, mas a redução na quantidade de pessoas vacinadas fez o vírus retornar ao país. Daí a importância de se reforçar a importância da imunização.

Um dos mitos a ser derrubados em relação às vacinas é o que elas podem causar autismo (https://autismoerealidade.org.br/2021/01/15/a-historia-por-tras-do-mito-de-que-vacinas-causam-autismo/), que ganhou força na década de 1990 e caiu por terra na década de 2010. Nenhum estudo jamais comprovou essa relação. O autismo é causado por fatores genéticos e ambientais. O projeto Autismo e Realidade, da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, mesma mantenedora do Instituto PENSI, atua firmemente na desconstrução deste mito (https://autismoerealidade.org.br/2019/03/25/vale-sempre-lembrar-vacina-nao-causa-autismo/).

Atualmente, o incentivo à vacinação contra o vírus da gripe se torna ainda mais importante por conta da saturação do sistema de saúde na pandemia. A proteção ajuda inclusive a descartar o diagnóstico de gripe, e facilitar o de covid-19, já que os sintomas são parecidos. Além disso, evita a necessidade de hospitalizações e o risco de mortes por complicações respiratórias. A campanha, iniciada no dia 12 de abril vai até o dia 9 de julho.

Comunicação PENSI

Comunicação PENSI

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade