PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Saiba as cinco recomendações para o uso de mochilas escolares
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Saiba as cinco recomendações para o uso de mochilas escolares

Saiba as cinco recomendações para o uso de mochilas escolares

02/03/2023
  1831   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O uso das mochilas escolares sempre é de grande preocupação para os pais. Quando atuava no consultório como pediatra sempre surgia as seguintes indagações: Qual é o melhor modelo? Como usá-la adequadamente?

Nos dias atuais, as escolas parecem exagerar na quantidade de material que os alunos devem levar diariamente para a sala de aula, o que acaba tornando as mochilas verdadeiras malas, com peso muito grande na maioria das vezes.

Embora não existam evidências de que o uso das mochilas escolares provoque deformidade na coluna vertebral, seu uso inadequado pode favorecer a presença de dores nas costas, especialmente nos adolescentes. Um adolescente com dor nas costas é um adulto em potencial com a mesma dor. A Academia Americana de Ortopedia (AAOS) e a Sociedade Norte-Americana de Ortopedia Pediátrica estão juntas nas recomendações:

  1. O material deve ser leve, com as alças acolchoadas e ajustáveis;
  2. Devem ter compartimentos internos para facilitar a distribuição do material;
  3. As duas alças devem ser sempre usadas. O ajuste da mochila deve estar de maneira que a borda superior fique abaixo do pescoço e a inferior fique acima da cintura;
  4. Colocar o mais pesado primeiro e no centro, o resto do material deve ser distribuído igualmente;
  5. Evitar a colocação de materiais pontiagudos que possam ferir a criança.

É necessário observar a marcha da criança: se ela estiver andando inclinada para frente, pode indicar que, provavelmente, a mochila está muito pesada.  IMPORTANTE: o peso! A criança ou o adolescente deve ser ensinado a rever o conteúdo semanalmente para evitar de carregar coisas desnecessárias.

Cuidados na escolha da mochila

As mochilas de costas são aquelas que possuem duas alças e, como o próprio nome já diz, são para serem carregadas nas costas. Elas são feitas em diversos tamanhos, com estampas ou lisas, e algumas possuem compartimentos especiais, como bolsos e divisórias.

Alças: devem ser largas e acolchoadas para não causarem dores nos ombros, além de serem ajustáveis. A mochila escolar precisa estar com as alças bem ajustadas ao corpo da criança, e a parte de trás tem que ficar em contato com as costas.

Peso da mochila: mesmo vazia, ela precisa ser bem leve, para não comprometer a coluna quando estiver com os materiais escolares.

Acolchoamento: é ideal para não incomodar a criança caso tenha objetos pontiagudos dentro da mochila, como lápis e pontas de caderno.

Oriente o seu filho(a) a usar as duas alças da mochila e não carregar em apenas um ombro ou na mão, pois isso acaba causando deformidades na coluna. Para evitar as dores, o peso da mochila escolar recomendado pela Sociedade Brasileira de Ortopedia deve ser 10% do peso do usuário(a).

Mala de rodinhas ou rodízios

A mala de rodinhas é a escolha certa para evitar as dores nas costas, já que ela equilibra o peso e evita esforço. Seus modelos também têm opções com personagens e estampas diversas para agradar desde os pequeninos até os maiores. A maioria dos modelos tem muitos bolsos para separar melhor o material. Os cuidados nesse caso são:

Puxador: ele precisa ser ajustável para regular de acordo com a altura da criança. O ideal é que ela carregue a mochila com o braço esticado.

Peso da mala: assim como a mochila de costas, a de rodinhas também precisa ser leve.

A vantagem da mochila escolar de rodinhas é que com ela a criança não força a coluna, mas isso não significa que dá para encher de coisas. Em lugares aonde as rodinhas não vão, como as escadas, a criança terá que pegar a mochila na mão. Mesmo que a mochila de rodinhas equilibre bem o peso, é bom orientar a criança para alternar as mãos para puxá-la.

Saiba mais:

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/mochilas-escolares-como-usa-las-adequadamente/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/menos-peso-na-mochila/

 

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.