PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Ser pediatra é ser um profissional feliz
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Ser pediatra é ser um profissional feliz

Ser pediatra é ser um profissional feliz

26/05/2023
  1413   
  1
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Tenho viajado pelo Brasil, conhecendo projetos sociais que a Fundação José Luiz Egydio Setúbal apoia ou pretende apoiar. Nesse percurso, tenho conhecido pessoas que lidam com crianças, sobretudo na área da saúde. E, cada vez mais, tenho a certeza de que fiz a escolha profissional correta.

Cada um de nós tem uma história de como decidimos ser pediatra. A minha começou quando, na faculdade, estava em dúvida entre ser pediatra ou fazer clínica médica para, depois, fazer infectologia. Decidi pela pediatria, pois o fascínio de ver o desenvolvimento de um ser humano e ter a possibilidade de acompanhá-lo nos primeiros anos de sua vida pesaram muito.

Ao refletir sobre sua carreira, talvez você possa apontar pontos críticos de inflexão que resultaram onde você está hoje. Você teve um mentor, patrocinador ou modelo? Um mentor pode ser alguém que compartilha conhecimento e o aconselha no desenvolvimento profissional. Um patrocinador é alguém que o defende e abre portas para você em sua carreira. Um modelo é alguém cujo comportamento você escolhe imitar.

Em nosso treinamento médico, o conceito de “ver um, fazer um, ensinar um” ​​é um exemplo de orientação. Você se lembra de aprender a fazer uma punção lombar e, depois, passar essa habilidade para seu estagiário(a) como residente sênior?

Como pediatras, servimos de modelo para muitos, quer percebamos ou não. Cada criança ou adolescente com quem você interage está observando e aprendendo com você o que significa ser um pediatra. Quer você esteja na atenção primária ou na subespecialidade, eles estão absorvendo o que estamos fazendo e, mais importante, como os fazemos sentir.

Pediatria geralmente é uma profissão feliz. Mesmo que as crianças estejam doentes, elas são resilientes, adoram brincar e exalam confiança e alegria. Escolhi a pediatria porque poderia fazer a diferença não apenas para uma criança ou adolescente, mas também para os cuidadores. Eu poderia desenvolver relacionamentos com as pessoas e ajudar a resolver problemas, servindo como uma fonte confiável de aconselhamento.

Adoro fazer parte da vida das famílias à medida que seus bebês se tornam crianças, que andam e falam, depois se tornam adolescentes e, por fim, adultos. Observar os recém-nascidos que vi no primeiro dia de vida irem para a faculdade é uma parte incrivelmente gratificante de ser pediatra. Nenhuma outra profissão permite esse nível de engajamento e envolvimento na infância de uma pessoa.

Há quase vinte anos fui deixando de ser um pediatra de consultório e passei a ser o líder de pediatras no Sabará Hospital Infantil. Sinto falta da clínica diária, de ver os pacientes evoluindo e das conversas com as famílias, mas troquei isso por uma missão maior: construir o melhor hospital para cuidar dessas crianças e jovens quando estavam doentes.

Hoje em dia, minha função mudou, e passei a ser um defensor da saúde das crianças brasileiras. Com a instituição da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, cujo propósito é “UMA INFÂNCIA SAUDÁVEL PARA UMA SOCIEDADE MELHOR”, passei a fazer o advocacy da saúde e deixei de escanteio a doença.

Andar pelas desigualdades brasileiras e conhecer serviços que, literalmente, tiram “leite de pedra” para dar um atendimento digno e melhorar a vida de tantas crianças pelo país afora me deixa muito orgulhoso da profissão que escolhi, dos caminhos que segui e para onde eles estão levando.

Como você deve saber, temos uma escassez cada vez maior de pediatras e subespecialistas médicos e cirurgiões pediátricos. Precisamos mais de nós para cuidar das futuras crianças. Para isso, o Instituto PENSI oferece a Residência Médica em Pediatria Geral e Medicina Intensiva Pediátrica e, nos próximos meses, iniciaremos a de Emergência Pediátricas. Estão em estudo ainda a de Neuropediatria, a de formação de anestesiologistas em pediatria e a de Enfermagem.

Obrigado por tudo o que vocês fazem e por tudo o que vocês são. Juntos, ajudaremos a criar um futuro melhor para crianças, adolescentes e suas famílias.

Nós da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, estamos cumprindo a nossa missão de atender da melhor forma possível e de formar os melhores profissionais de saúde para cuidar de nossas crianças na construção de uma sociedade melhor!

 

Saiba mais:

https://institutopensi.org.br/a-importancia-do-treinamento-dos-pediatras/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/the-cave-a-beleza-de-ser-um-pediatra/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/parabens-aos-pediatras-e-equipe-de-saude-da-crianca/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/aprimorando-os-pediatras-do-hospital-infantil-sabara/

https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/falta-de-pediatra-em-sao-paulo-no-brasil-e-no-mundo/

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Regina Grigolli Cesar disse:

    Linda mensagem Dr Jose Luis. O senhor é um exemplo para a pediatria brasileira. Muito orgulho de pertencer a esta instituição a qual o senhor Lidera. A questão do ensino é de extrema relevância e vejo esse investimento na residência médica como um.presente para as crianças brasileiras.

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.