PESQUISAR

Residência Médica
Residência Médica
A carta
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
A carta

A carta

16/08/2019
  370   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Olá, tudo bem? Para você que ainda não me conhece eu sou a Manuella, mas pode me chamar de Manu! Tenho 4 anos, sou muito alegre e risonha, mas às vezes fico muito zangada e não quero papo. Não sou uma menina má, é que eu não gosto que você chegue gritando e apertando as minhas bochechas! Não sei por que não consigo dizer: “por favor, não faça isso!” e acabo ficando ainda mais nervosa. Eu tento me comunicar, mas quase ninguém me entende. Você não sabe como é horrível sentir dor, medo, fome, sede, sono, calor, frio e não conseguir me expressar, afinal às vezes nem eu sei exatamente o que eu estou sentindo. Papai e mamãe sempre me entendem. Bom… Quase sempre. E é por isso que eu gosto tanto de ficar grudada neles, pois eles são a minha voz, a minha razão e a minha verdade. Eu até me misturo no meio de vocês, às vezes passo totalmente despercebida, mas às vezes meus gritinhos e balançadas de mãos podem chamar sua atenção. Não se preocupe, normalmente eu faço isso porque estou muito feliz e essa é a minha forma de extravasar toda minha alegria. Eu sei que naquele dia eu fui à sua casa, me comportei como uma mocinha, mas isso não significa que já somos melhores amigas, ok? Quando a gente se encontrar de novo, chegue devagar e me dê um tempinho para que eu me sinta à vontade com você. E vou logo avisando que não adianta tentar me forçar a fazer o que eu não quero, eu tenho ótimos advogados, papai e mamãe nunca irão me obrigar a ir ao seu colo e aceitar seus abraços longos e apertados!!! Se você tiver paciência para me conhecer melhor, irá se apaixonar por mim! Enfim, quero muito ser sua amiguinha, sou muito carinhosa e cheia de amor para dar, mas preciso da sua paciência, compreensão e respeito. E aí, você quer ser meu amigo???

Daiana de Souza Camilo

Daiana de Souza Camilo

Mãe da Manu, funcionária pública formada em administração, nos últimos dois anos vem buscando conhecimento sobre TEA para ajudar a filha. Atualmente faz curso de pós-graduação em Intervenções Precoces no Autismo e iniciou um curso em Terapia ABA, ambos para trabalhar com a Manu e acompanhar o trabalho feito pelos profissionais que a atendem. Daiana e o marido Dione Ribeiro Camilo são autores do perfil no Instagram @mundo_da_manu_tea

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade