PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
A hora da folia chegou!
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
A hora da folia chegou!

A hora da folia chegou!

16/02/2015
  327   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Captura de Tela 2015-02-15 às 18.16.27

Hora de pular, brincar, se divertir!!

Vai ficar em casa? Vai viajar? Ótimo também. Aproveitem para fazerem muitas brincadeiras. E por que não se divertir na cozinha? Coloque a criança com a mão na massa, todos fantasiados cozinhando para a família na maior farra. Comidas divertidas e coloridas são muito bem vindas, como as saladas de frutas e pipocas!” 

Saiba que o momento da alimentação é muito rico em experiências sensoriais. Escolher alimentos que ofereçam uma variedade de texturas e sabores é uma ótima oportunidade de fazer daquela refeição  um momento de aprendizado. A alimentação é um comportamento aprendido.

Toda criança é capaz de participar e compartilhar de um momento de refeição  que seja feliz e recompensador tanto para ela, como para a família. Com o tempo livre, fica muito mais fácil criar um momento de alimentação positivo e feliz para todos.

Com as temperaturas elevadas, devemos tomar alguns cuidados. Tomar muita água e escolher comidas leves e de fácil digestão para ajudar a manter o bem estar durante todo o tempo. Água de coco e sucos naturais são excelentes escolhas também.

Os bloquinhos de rua estão voltando com força total, sendo assim, prepare a família toda para cair na folia! Leve um lanchinho na mochila, assim você não corre o risco de ter que oferecer algo indesejável para os pequenos. Frutas, frutas secas, barrinhas, castanhas e pipocas são algumas das opções.

Se realmente for sair na rua para pular as marchinhas com as crianças, prefira os bloquinhos que acontecem mais cedo, normalmente de manhã, não são tão cheios e a temperatura ainda não está nas alturas, mas lembre-se de passar muito protetor solar e os chapéus também caem muito bem. O mais importante de tudo, saiu com criança na rua, não desgrude dela! Na farra, com muita gente, é fácil elas se perderem. Uma opção é colocar pulseirinhas de identificação, como aquelas da maternidade, com nome e um telefone de contato.

Bom carnaval!!!

 

Autor: Dr. Mauro Fisberg

 

Mauro Fisberg é coordenador do  Centro de Dificuldades Alimentares do Instituto Pensi – Hospital Infantil Sabará

 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade