PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Bicicleta: O que todo pai deve saber
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Bicicleta: O que todo pai deve saber

Bicicleta: O que todo pai deve saber

25/10/2011
  649   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Confira as principais orientações sobre o uso de capacetes para bicicletas

O número de fatalidades entre crianças caiu para mais da metade depois de uma lei canadense que obriga o uso de capacete foi sancionada. A Lei Ontário, que foi efetivada em outubro de 1995, obriga os ciclistas com menos de 16 anos usar este tipo de proteção no país.


Pesquisadores descobriram que sete anos depois da lei entrar vigor, o número de mortes relacionadas a bicicletas entre crianças, caiu 52%. Entre 1991 e 1995 a média era de 13 mortes por ano e entre 1996 e 2002 a quantidade foi reduzida para seis.

No Brasil existe uma lei, mas parece não ter sido regulamentada. Confira as principais dúvidas dos pais e o que deve ser feito para a proteção dos filhos:

Como posso saber se um capacete vai proteger o meu filho?
Você só deve comprar um capacete que atenda aos padrões de segurança da INMETRO. Qualquer um que segue estas normas é rotulado. Verifique em seu interior ou veja no site
http://www.inmetro.gov.br.

Será que todos os capacetes atendem a essas normas?
Todos os capacetes fabricados ou importados devem obedecer a um padrão de segurança obrigatório emitidos pelo INMETRO.

Pode ser usado outros tipos de capacetes para andar de bicicleta?
Cada tipo de capacete é projetado para proteção específica no uso de motos, bicicletas, skates, por exemplo. No entanto, ele pode não oferecer proteção suficiente em acidentes de motocicleta ou em quedas. Os exclusivos para
bikes protegem a cabeça, que pode ter lesões graves quando se está em alta velocidade. O equipamento de segurança é leve e bem ventilado para maior conforto e adaptação do usuário. Já o de poliesportiva também é recomendável.

Onde posso comprar um capacete?
Os capacetes estão disponíveis em lojas de bicicletas e de brinquedos. Não se deve comprar os de moto pois geralmente são pesados, abafados para a velocidade de uma bicicleta e para uma criança.

Qual é melhor: um capacete com estrutura dura ou feito de material mais maleável?
A parte essencial do capacete para proteção de impacto é uma espessa camada de poliestireno firme, de espuma de plástico, que amortece o impacto, absorvendo a força do golpe.
Todos os capacetes necessitam de uma cinta de queixo para mantê-los no lugar caso ocorra um acidente.

Capacetes casca dura: também têm uma camada rija externa de plástico ou fibra de vidro que oferece uma proteção contra a penetração de objetos pontiagudos e mantêm o conjunto de poliestireno de rachaduras, no caso de uma queda ou um acidente. Eles são mais resistentes, mas tendem a ser mais pesados e mais quentes que o modelos de casca mole.

Capacetes de casca mole: não têm camada exterior dura, mas são feitos de um revestimento grosso de isopor, coberto com um pano ou possuem uma cobertura de superfície. O tecido é uma parte essencial e os equipamentos são mais leves que as versões de casca dura, mas podem ser menos duráveis.

Como deve ser um ajuste do capacete?
Um capacete deve ser usado diretamente em cima da cabeça, cobrindo a parte superior da testa. Se for derrubado para trás, ele não irá protegê-la. Ele se encaixa muito bem se não se movimentar na cabeça ou quando empurrado e puxado, não deslizar para baixo, sobre os olhos do usuário. O cinto do queixo deve ser ajustado para que o encaixe seja perfeito.

Existem capacetes para crianças?
Sim. A maioria dos infantis são de casca mole que são mais leves para crianças pequenas e bebês com menos de um ano, cujo o pescoço não é forte o suficiente para prender, de maneira confortável, os de superfície dura. Os capacetes de moto para se viajar com os pequenos, não é recomendável.

Quanto tempo serve um capacete para uma criança?
Um capacete de criança serve durante vários anos. A maioria dos modelos tem encaixe removível, almofadas que podem ser substituídas por outras mais finas conforme a cabeça do pequeno cresce.

Pode um capacete ser reutilizado após um acidente?
Em geral, um capacete que tenha sofrido uma queda grave ou acidente deve ser trocado, já que não pode proporcionar a mesma proteção em caso de outro choque.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: TIPP-O Programa de Prevenção de Lesões
(Copyright © 1994 Academia Americana de Pediatria, Atualizado 05/09)
INMETRO

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Douglas Germano disse:

    Olá,

    Essa publicação é muito sabonete.
    Responda a pergunta: qual é o capacete melhor ou qual a melhor marca? Esse negócio de descrever como é o capacete, já sei, pô.
    Preciso comprar capacetes e só encontro gente em cima do muro com posts pretensiosos alegando informar o que não informam.

    Olha a responsabilidade,

    Abraço,

  • Douglas Germano disse:

    Ah e outra coisa:
    Entre no link do inmetro que você indica e ache informação sobre capacete lá. duvido.

    • Equipe Sabará disse:

      Olá senhor Germano,

      Os nossos textos têm a finalidade de orientar os pais sobre o que é importante saber a respeito do assunto, não esgotá-lo, pois precisaríamos atualizar todos os dias centenas de textos, o que seria impossível. Não caberia a nós indicarmos marcas ou modelos pois eles também mudam com frequência.

      Em relaçao ao InMetro, recomendamos que use a ferramenta de busca do próprio site ou acesse este link de segurança para bicicletas http://www.inmetro.gov.br/painelsetorial/palestras/SIMEFRE.pdf.

      Atenciosamente,

      Equipe Hospital Infantil Sabará

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade