PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Marcos do desenvolvimento motor pode predizer o desenvolvimento futuro
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Marcos do desenvolvimento motor pode predizer o desenvolvimento futuro

Marcos do desenvolvimento motor pode predizer o desenvolvimento futuro

29/11/2016
  2896   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Nos últimos 20, a neurociência teve enorme progresso e podemos dizer que muita coisa mudou no modo de ver a primeira infância. Por esta razão O Instituto PENSI possui um grupo de pesquisa em desenvolvimento infantil em parceria com NCPI (http://www.fmcsv.org.br/pt-br/o-que-fazemos/ncpi/Paginas/default.aspx ).

Este interessante artigo pode explicar alguns dados novos para pais de crianças pequenas.

Os investigadores americanos examinaram dados de uma corte de nascimento dos Estados Unidos, KIDS Upstate – localizadas no estado de Nova York, para determinar se existe uma correlação entre a idade em que as crianças a alcançar marcos motores, como ficar em pé, e o nível de habilidades cognitivas mais tarde na infância.

O estudo, “Gross Motor Milestones and Subsequent Development“, publicado na edição de julho 2016 de Pediatrics avaliou e seguiu crianças sozinhas e gêmeos do nascimento até os 4 anos de idade.

Os autores descobriram que as crianças únicas que dominam habilidades motoras, tais como ficar em pé mais cedo do que os seus pares demonstraram melhores habilidades de desenvolvimento, tais como a capacidade de alimentar a si mesmo com um utensílio até os 4 anos. No entanto, para gêmeos, não havia nenhuma ligação entre a idade para cumprimento de metas na infância e desenvolvimento posterior. Além disso, a pesquisa mostrou que a caminhada não foi um preditor significativo de desenvolvimento de uma criança aos 4 anos de idade, particularmente após o ajuste para fatores perinatais e excluindo as crianças com deficiências de desenvolvimento.

Os autores concluem que determinar a idade de realização para habilidades motoras, tais como ficar em pé pode ser um método simples para ajudar a avaliar como mais tarde habilidades adaptativas e cognitivas podem desenvolver.

Veja este vídeo para saber mais:

http://www.fmcsv.org.br/pt-br/acervo-digital/Paginas/funcoes-executivas-habilidades-para-a-vida-e-aprendizagem-video.aspx

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fontes:  Pediatrics, July 2016, VOLUME 138 / ISSUE 1

Gross Motor Milestones and Subsequent Development

Akhgar Ghassabian, Rajeshwari Sundaram, Erin Bell, Scott C. Bello, Christopher Kus, Edwina Yeung

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade