PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Obesidade e a influência da estrutura familiar
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Obesidade e a influência da estrutura familiar

Obesidade e a influência da estrutura familiar

24/05/2016
  552   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A obesidade infantil é uma preocupação no mundo todo e isto faz com que pesquisadores tentem relacionar as coisas mais diversas à doença.

Uma destas relações é que se tiver irmãos mais velhos, seria possível reduzir o risco das crianças se tornarem obesos ou com sobrepeso.

Um novo estudo apresentado na edição de abril de 2016 da Pediatrics, “Effects of Sibling Birth on BMI Trajectory in the First Six Years of Life”, é o primeiro a mostrar como o índice de massa corporal (IMC) muda ao longo do tempo em relação ao nascimento de um irmão mais novo.

O estudo analisou dados de 697 crianças em todo os Estados Unidos e encontrou que o nascimento de um irmão mais jovem, especialmente entre 24 e 54 meses de idade, estava ligada a IMC mais saudáveis ​​a partir do momento do nascimento do irmão até a criança mais velha chegar à primeira série. As crianças que não experimentaram o nascimento de um irmão de primeiro grau tinham quase três vezes mais probabilidades de obesidade ao primeiro grau em comparação com crianças que passaram pelo nascimento de um irmão quando tinham cerca de 2 a 4 anos de idade.

Os autores do estudo disseram que uma possível explicação poderia ser que os pais podem mudar a maneira como eles alimentam seus filhos após o nascimento de outra criança. Outra explicação pode ser que as crianças assumem um papel de “professor” ou “cuidador” uma vez que um irmão mais novo nasce, o que muitas vezes envolve mais do jogo ativo e movimento, contribuindo para IMCs mais saudáveis.

No Hospital Infantil Sabará e Instituto PENSI, estamos com pesquisas de hábito familiares e associação com obesidade, mas está muito no início.

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: April 2016 issue of Pediatrics, “Effects of Sibling Birth on BMI Trajectory in the First Six Years of Life​”

 

As informações contidas neste site não devem ser utilizadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o seu pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade