PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Trabalhando a Pediatria como uma Equipe
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Trabalhando a Pediatria como uma Equipe

Trabalhando a Pediatria como uma Equipe

19/09/2017
  1150   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Uma nova declaração de política da Academia Americana de Pediatria orienta os prestadores de cuidados de saúde no desenvolvimento de cuidados em equipe para pacientes pediátricos e suas famílias. As necessidades de cuidados de saúde das crianças mudam ao longo do tempo, e os cuidados em equipe encorajam as famílias a trabalharem com seus profissionais de saúde para desenvolver objetivos compartilhados que atendam às necessidades de toda a criança.

No comunicado, publicado na edição de agosto 2017 de Pediatrics, “Princípios Orientadores para Cuidados baseados em equipes pediátricas”, a AAP enfatiza que a ideia central de atendimento baseada em equipe está fazendo a criança e a família o centro de todas as interações.

Para algumas crianças, a equipe pode consistir apenas no médico de atenção primária, na criança e na família. Para outros, especialmente crianças com necessidades médicas complexas, a equipe pode incluir uma grande variedade de participantes, como subespecialistas médicos e cirurgiões, enfermeiros, professores, prestadores de cuidados infantis e parceiros comunitários.

A AAP recomenda que os pediatras sejam os líderes ideais de cuidados em equipe para crianças. A medida que as crianças crescem e se desenvolvem, suas necessidades mudam e os membros da equipe e liderança pediátrica devem mudar de acordo, lembrando de manter a criança e a família no centro da equipe. O provedor pediátrico pode liderar uma equipe que inclua todas as partes interessadas necessárias para identificar e planejar as melhores estratégias para atingir esses objetivos compartilhados.

Após ler o artigo, fiquei muito feliz e orgulhoso do trabalho que desenvolvemos no Sabará Hospital Infantil. Vejo cada dia mais a integração das equipes multidisciplinares, como também das equipes setoriais cada vez mais integradas e cada vez mais pensando na criança e seus familiares para a resolução dos seus problemas durante a internação hospitalar e nos Centros de Excelência.

Parabéns a toda esta equipe que faz de nossa instituição um dos melhores hospitais pediátricos do Brasil.

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics July 2017

From the American Academy of Pediatrics

Policy Statement

Guiding Principles for Team-Based Pediatric Care

Julie P. Katkin, Susan J. Kressly, Anne R. Edwards, James M. Perrin, Colleen A. Kraft, Julia E. Richerson, Joel S. Tieder, Liz Wall, TASK FORCE ON PEDIATRIC PRACTICE CHANGE

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade