PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Dicas para proteger a criança contra queimaduras
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Dicas para proteger a criança contra queimaduras

Dicas para proteger a criança contra queimaduras

27/02/2013
  2055   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

As queimaduras são reconhecidas como uma das lesões mais dolorosas e devastadoras que uma pessoa pode ter, além de colocar a vida em risco. Sendo assim, ajudaremos nessa prevenção com dicas para manter a segurança das crianças:

• A escaldadura é uma queimadura com líquido quente ou vapor;
• Todos os dias, as crianças são feridas como resultado de um acidente caseiro;
• Entre as crianças menores de 5 anos de idade, escaldaduras e/ou queimaduras de contato são responsáveis por 90% das queimaduras;
• As crianças têm a pele mais fina que os adultos e este fator pode resultar queimaduras mais graves;
• Nas crianças, as queimaduras ocorrem, principalmente, na cozinha ou salas de jantar e nos banheiros;
• A temperatura máxima de água residencial recomendada é de 48˚C.

É importante lembrar que as crianças, especialmente aquelas com idades entre zero e 4 anos, podem não perceber o perigo por terem menos controle de seu ambiente. Sem contar que podem não ter a capacidade de escapar de uma situação de perigo de queimadura e de tolerar o estresse físico gerado pelo acidente.

Leia também: Dicas de tratamento e prevenção de queimaduras para famílias

Abaixo, pontuo as melhores dicas para manter seus filhos em segurança:

Na cozinha: comida quente

• Mantenha as crianças a pelo menos 1 metro de aparelhos quentes, panelas, frigideiras ou alimentos;
• Cuidado com canecas e copos quando beber líquidos quentes com crianças;
• Evite usar toalhas ou qualquer coisa que uma criança possa puxar e derramar a comida quente sobre ela;
• Ao cozinhar, use os queimadores internos e mantenha o cabo da panela voltado para a parte de trás do fogão;
• Sempre coloque os cabos das panelas onde as crianças não possam alcançá-los;
• Nunca segure uma criança enquanto cozinhar;
• Testar e agitar todos os alimentos antes de servir às crianças é se certificar de que a temperatura está adequada para comer;
• Supervisionar de perto as crianças quando estão na cozinha.

Banheiro: hora de tomar banho

• Sempre teste a água com a mão antes que as crianças sejam colocadas no banho;
• Se você é incapaz de controlar a temperatura que sai da sua torneira, instale bicos de banheira especiais ou chuveiros que possam interromper o fluxo de água quando ficar muito quente.
• A temperatura recomendada, segura e confortável para o banho de uma criança não é mais do que 33ºC.

Conheça o Centro de Tratamento à Criança Queimada do Sabará

Fonte: Safe Kids – USA: “Burn Awareness Week” | Fevereiro – 2013

Atualizado em 19 de abril de 2024

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.