PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Protetor solar: saiba como proteger seus filhos
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Protetor solar: saiba como proteger seus filhos

Protetor solar: saiba como proteger seus filhos

03/01/2024
  1339   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Chegou o verão e esse ano promete ser de calor intenso pelo que estamos vendo desde agosto do ano passado, com recordes de temperatura batidos frequentemente.

O protetor solar é um item essencial nos cuidados com a pele, mas ainda não faz parte do cotidiano de muita gente. Ele é fundamental para evitar o envelhecimento precoce e queimaduras e impedir o desenvolvimento do câncer de pele. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de pele é o tipo mais frequente no Brasil, por conta do clima tropical e ensolarado o ano todo.

Como a pediatria está sempre promovendo a saúde e prevenindo as doenças, a utilização dos protetores solares está constantemente em alta nas nossas orientações de verão. Eles atuam protegendo as camadas da pele contra a radiação ultravioleta. De maneira geral, a radiação UVA é responsável pelo bronzeamento e envelhecimento da pele. Enquanto a radiação UVB é a que pode causar vermelhidão e queimaduras solares. As duas estão relacionadas ao câncer de pele.

Existem duas fórmulas básicas para o filtro solar:

Química: contém substâncias específicas que impedem a penetração dos raios solares na pele por meio de uma camada de proteção que absorve raios UVA e UVB;

Física: contém substâncias à base de minerais não absorventes que refletem a radiação.

Diferentemente do que muita gente acha, o fator de proteção solar (FPS) corresponde ao tempo de exposição segura diante dos raios UVB, não a potência de proteção do produto. A pele humana tem uma certa proteção natural contra a radiação UVB, e o número do FPS representa quantas vezes ela é prolongada. Isso quer dizer que um filtro solar com FPS15 protege por 150 minutos. Também existe o fator de proteção contra os raios UVA (FPUVA) ou PPD. Logo, um PPD20 multiplica a proteção da pele em 20 vezes.

Para escolher o filtro solar ideal, é preciso considerar as características da pele quando exposta à radiação sem proteção. Pessoas claras e com sardas devem usar protetor solar com FPS30 ou maior, já as morenas ou negras podem optar por um FPS15, embora seja mais recomendado o uso de FPS30. As pessoas de pele mais clara e crianças devem usar um protetor solar com um FPS maior, de acordo com a orientação do pediatra.

Existem várias texturas e tipos de filtros solares vendidos no mercado. Entenda um pouco sobre eles para escolher o melhor:

  • Cremoso: contém uma textura mais hidratante. Ideal para peles secas ou ressecadas;
  • Com cor: a pigmentação do produto ajuda no bloqueio da luz visível, emitida por lâmpadas e monitores, que também mancham peles mais sensíveis;
  • Oil free: sem óleo na composição. É indicado para quem tem acne ou pele oleosa;
  • Spray: fácil de aplicar, mas exige reaplicações frequentes pela camada fina de proteção;
  • : ideal para proteger a pele sem danificar a maquiagem;
  • Bastão: recomendado para ser utilizado no rosto, nariz e orelhas;
  • Anti-idade: contém vitamina C e antioxidantes que previvem o envelhecimento.

O filtro solar deve ser usado diariamente, nas quantidades recomendadas, sobre as partes expostas, sempre 30 minutos antes da exposição solar, devendo ser reaplicado a cada duas ou três horas. Após nadar ou entrar no mar, é preciso reaplicar o produto logo em seguida.

A exposição solar é essencial para a manutenção saudável da pele humana, desde que seja feita corretamente. O banho de sol ajuda na absorção de vitamina D, pois fortalece a saúde óssea e revigora o sistema imune.

A radiação UVB aumenta entre 10h e 16h, por isso, o uso constante do filtro solar é fundamental. O inverno no sudeste do Brasil corresponde a um tempo seco, com dias claros e céu aberto, o que deixa os níveis de radiação solar elevados. O sol do verão é mais quente e intenso, mas isso não significa que podemos nos esquecer dos raios UV na estação mais fria. Logo, é importante o uso do filtro solar em qualquer época do ano.

Lembre-se que com o uso adequado do protetor solar é possível usufruir dos benefícios do sol com segurança, diminuir efeitos indesejados e evitar doenças graves.

Saiba mais:

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.