PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Novo serviço no Hospital Sabará para crianças com deficiência auditiva
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Novo serviço no Hospital Sabará para crianças com deficiência auditiva

Novo serviço no Hospital Sabará para crianças com deficiência auditiva

01/07/2020
  992   
  2
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A cada 1.000 crianças, de uma a três são surdas ou tem dificuldades com a audição desde o nascimento. Já nos bebês de UTI Neonatal, o número varia de dois a seis, a cada 1.000 recém-nascidos. A avaliação auditiva neonatal, limitada aos bebês com risco, é capaz de identificar apenas 50% dos que têm perda auditiva. O percentual aumenta cerca de 1,6 a cada 1.000 adolescentes. A triagem auditiva neonatal é obrigatória por lei municipal nº 3028, de 17 de maio de 2000, em São Paulo e, no Brasil inteiro desde o dia 2 de agosto de 2010, o exame é obrigatório.

Sabará Hospital Infantil lança o Programa de Diagnóstico Precoce da Surdez  voltado para o atendimento dos bebês que forem detectados com alteração nas maternidades. Colocamos via telemedicina, para evitar deslocamentos desnecessários até o hospital, nossa equipe de otorrinopediatria, especializada em Audiologia.

“O tratamento antecipado no caso da surdez é fundamental para o bom desenvolvimento, e a demora em procurar ajuda especializada pode trazer consequências irreversíveis à criança”, defende o otorrinolaringologista Robinson Koji Tsuji, especialista na área de Audiologia e coordenador do Programa de Diagnóstico Precoce da Surdez.

O programa disponibiliza às famílias de bebês com exames alterados na maternidade uma conversa (via telemedicina) com um especialista para avaliar o resultado do exame e discutir possíveis diagnósticos e próximos passos. Após esta conversa, se exames forem necessários, eles serão realizados por um profissional de fonoaudiologia, além de uma consulta presencial com otorrinolaringologista especialista em Audiologia para programação terapêutica. Esses atendimentos são feitos fora do hospital, em um ambiente que só atende consultas agendadas e não tem circulação de pacientes com suspeita de Covid-19.

As causas mais comuns de problemas auditivos são malformações congênitas, doenças genéticas e doenças infecciosas que atingem as gestantes, como rubéola e toxoplasmose, que apesar de serem raras como falei no início deste artigo, são de extrema importância para um diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Este é mais um serviço que o Sabará Hospital Infantil está colocando à disposição de nossos pacientes e com a ajuda da telemedicina podemos afastar o risco de contaminação pela Covid-19, uma preocupação a mais nestes dias.

Saiba mais sobre esse assunto:

Perda auditiva em crianças: como identificar e tratar

Diagnóstico precoce de crianças com perda auditiva

Audição dos pequenos

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade