PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Alergia alimentar influencia o bullying infantil
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Alergia alimentar influencia o bullying infantil

Alergia alimentar influencia o bullying infantil

06/02/2013
  344   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Pesquisa mostra que essa relação aumenta o estresse infantil e afeta a qualidade de vida

alergia alimentar e bullying

Bullying parece ser a palavra da moda, pois volta e meia a vejo associada a uma série de eventos que, na maioria das vezes, acredito que não deveria ser aplicada. Lendo a revista Pediatrics de janeiro, me deparei com um artigo que relacionava alergia alimentar e bullying. O estudo agrupa os relatos de pais de crianças com alergia alimentar e o bullying sofrido por elas.

Sendo uma doença comum (cerca de 8% das crianças americanas), a alergia alimentar é muito estudada, principalmente sobre o aspecto médico e nutricional. Por isso, essa abordagem psicológica é interessante.

Os pesquisadores entrevistaram 251 pais e cuidadores de crianças para ver se elas sofreram o bullying relacionado às suas alergias alimentares. Os resultados mostraram que 31,5% delas relataram intimidação e ameaças que envolviam, frequentemente, os alimentos que elas não podiam ingerir. Aquelas que apontaram intimidação tiveram maior estresse e, consequentemente, níveis mais baixos de qualidade de vida.

Dos entrevistados, cerca da metade dos pais relataram estar cientes do bullying sofridos pelos filhos. As crianças cujos responsáveis estavam cientes desse quadro tinham menos estresse e maior qualidade de vida que aquelas cujos os responsáveis não sabiam do problema. 

Os autores enfatizam que é importante que os pais e pediatras das crianças com alergia alimentar se informem sobre bullying para reduzir o estresse e melhorar a qualidade de vida delas.

Por Dr. José Luiz Setúbal

Fonte:Child and Parental Reports of Bullying in a Consecutive Sample of Children With Food Allergy,” Janeiro | Pediatrics

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade