PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
A bronquiolite
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
A bronquiolite

A bronquiolite

08/09/2014
  744   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

A bronquiolite é uma infecção que faz com que os pequenos tubos respiratórios dos pulmões (bronquíolos) inflamem. Isto bloqueia o fluxo de ar através dos pulmões, tornando-se difícil respirar. Ocorre mais frequentemente em crianças porque suas vias aéreas são menores e bloqueiam com mais facilidade do que em crianças mais velhas. Bronquiolite não é a mesma coisa que a bronquite, que é uma inflamação das vias aéreas maiores e mais centrais que normalmente provoca problemas em crianças maiores e adultos.

Bronquiolite é causada por um de vários vírus respiratórios, tais como a gripe, o vírus sincicial respiratório (VSR), influenza e metapneumovirus humano. Outros vírus também podem causar bronquiolite.

Crianças com infecção pelo VSR são mais propensas a ter bronquiolite com chiado e dificuldade para respirar. A maioria dos adultos e muitas crianças com infecção por VSR só tem um resfriado. RSV é transmitido pelo contato com o muco de uma pessoa infectada ou saliva (gotículas respiratórias produzidas durante a tosse). Ele muitas vezes se espalha através das famílias e creches.

Nos estágios iniciais de uma infecção respiratória, você pode ajudar a aliviar os sintomas gripais do seu filho. Sucção suave do nariz e lavagem com soro pode ser útil. Você não deve usar medicamentos, pois podem causar efeitos colaterais e não são eficazes para a criança.

Vaporizador não tem sido mostrado para ser útil. Mas inaladores podem ser usado para aliviar os sintomas. Consulte o seu pediatra imediatamente se o bebê ou a criança:

1-        Tem dificuldades respiratórias

2-        É mais jovem do que 2 ou 3 meses e tem febre

3-        Mostra sinais de desidratação, como boca seca, choro sem lágrimas, e urinar com menos frequência

O seu pediatra pode solicitar exames laboratoriais de amostras provenientes do nariz e da garganta de seu filho para ver se VSR ou outro vírus está presente. O vírus pode ser cultivado em culturas especiais, ou partes do vírus podem ser identificados por testes rápidos.

Não há tratamento eficaz para a VSR ou outros vírus (exceto influenza). É necessário observar se não ocorre agravamento. Se ocorrer piora, você deve levar ao serviço médico, pois crianças com bronquiolite pode ter de ser hospitalizada para tratamento com oxigênio. Se o seu filho é incapaz de beber por causa da respiração rápida, ele pode precisar de receber fluidos intravenosos. Em raras ocasiões, os bebês infectados vai precisar de um respirador para ajudá-los a respirar ou ter uma internação em UTI.

A maioria das crianças com infecções virais estão bem no seu caminho para a recuperação em cerca de uma semana, e quase todos se recuperar totalmente. Quase todas as crianças são infectadas com VSR, pelo

menos, uma vez até os 2 anos de idade, e uma recorrência leve da infecção durante toda a vida é comum. Conforme a criança cresce, as infecções virais se tornam menos grave do que quando eram crianças e geralmente são difíceis de distinguir de um resfriado.

Estas infecções podem tornar as condições respiratórias crônicas graves. Crianças com doença cardíaca congênita pode ter um caso mais grave de VSR. Algumas crianças necessitam de hospitalização, e alguns vão precisar de cuidados intensivos.

Seu filho deve evitar contato próximo com outras crianças e adultos que estão infectadas com o vírus. Em creches, boas práticas de higiene devem ser usados pela equipe e as crianças, incluindo frequente e completa a lavagem das mãos.

Palivizumab é um anticorpo que se pode reduzir o risco de infecção por RSV. Ele é dado como uma injeção intramuscular uma vez por mês para crianças que estão em maior risco de doença grave causada por VSR. Estes incluem muito prematuros e alguns bebês com doença pulmonar crônica.

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal
Fonte:  Bronquiolite e seu jovem Brochura Criança (Copyright © 2005 Academia Americana de Pediatria, Atualizado 7/2014)

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o tratamento médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade