PESQUISAR

Residência Médica
Residência Médica
É tempo de incluir as deficiências
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
É tempo de incluir as deficiências

É tempo de incluir as deficiências

25/09/2019
  158   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é celebrado em 21 de setembro no Brasil. Esta data foi criada com o objetivo de conscientizar sobre a importância do desenvolvimento de meios de inclusão das pessoas com deficiência na sociedade e esta é uma bandeira que a Fundação José Luiz Egydio Setúbal está levantando.

Há 4 anos incorporamos a ONG Autismo e Realidade, que trabalha com a causa do autismo. Com esta convivência, passamos a lidar com o problema da inclusão das pessoas com deficiência e tomamos consciência das dificuldades que estas pessoas enfrentam. A partir daí tomamos a bandeira da deficiência na infância como a bandeira social da nossa Fundação.

Desde então mantemos várias medidas como o portal Autismo e Realidade, com mais de dois milhões e meio de acessos por ano e cerca de 65 mil cartilhas baixadas com orientações para cuidados de autistas durante o ano passado, e onde qualquer pessoa pode encontrar informações atualizadas e seguras sobre autismo.

Há 5 anos temos anualmente um simpósio para pais, educadores e outros profissionais sobre autismo e também já fizemos um sobre síndrome de Down. Em 2018, a Viagem Fantástica II (nossa ação de voluntariado empresarial) foi realizada em Santana de Parnaíba em conjunto com a Associação Rainha da Paz, que atua na região com pacientes com deficiência, e melhoramos, numa ação de voluntariado dos funcionários da Fundação, a acessibilidade de 12 casas de crianças com deficiências graves.

No inicio de 2019 começamos uma parceria com a Specialisterne, uma ONG espanhola que inclui pessoas autistas no mercado de trabalho, e estamos com um funcionário sendo treinado por eles com enorme sucesso no local de trabalho, o que reforça a chance de que a experiência seja repetida. Nesta linha de inclusão, a Fundação conta com a colaboração de 23 cuidadores em seu quadro de funcionários com algum tipo de deficiência, sendo doze com deficiência física, cinco com auditiva, quatro com visual e duas com intelectual.

Para o próximo ano, no nosso compromisso com a agenda 2030 trataremos o tema da diversidade dentro da organização e estamos fazendo estudos juntamente com a UNESCO e as Secretarias de Saúde e de Educação; Ministério de Desenvolvimento Social para capacitar funcionários de creches, unidades de saúde a lidar com crianças com deficiência.

Acredito, depois de entrar em contato com a realidade da pessoa com deficiência, que é tempo de nós como sociedade nos preocuparmos com esta população. Nós, enquanto Fundação cuja causa é Saúde Infantil, colocaremos um olhar especial neste aspecto e nestas crianças.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

NOSSAS INICIATIVAS
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade