PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Medicamentos na amamentação
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Medicamentos na amamentação

Medicamentos na amamentação

07/11/2013
  442   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Nem todas as drogas comprometem o leite materno ou constitui um risco para o bebê

Medicamentos na amamentação

As mães que amamentam estão sempre preocupadas com o que pode ou não comer ou qual a medicação que pode ou não tomar. A Academia Americana de Pediatria acaba de publicar um novo relatório clínico sobre o assunto e aconselha que a maioria dos medicamentos são seguros para mães que amamentam.

A Academia Americana de Pediatria (AAP) fornece orientações aos médicos sobre a exposição ao medicamento e reafirma a recomendação de que a maioria deles e as vacinas são seguros durante a lactação. É importante para as mães lactantes informar o pediatra sobre todos os remédios que ingere, incluindo produtos à base de plantas (fitoterápicos).

Nem todas as drogas estão presentes em quantidades clinicamente significativas no leite humano ou constitui um risco para o bebê. Certas classes de drogas podem ser problemáticas por causa de acumulação no leite materno ou devido aos efeitos sobre o lactente ou a mãe. Os produtos mais comuns de preocupação incluem:

• Medicamentos para a dor;

•Antidepressivos;

• Medicamentos para tratar a substância/abuso de álcool ou parar de fumar.

A amamentação não interfere com a resposta imune do lactente e, portanto, com as imunizações de rotina, o que pode até mesmo proteger contra a incidência de febre após receber a vacina.

Vacinas recomendadas para a mãe no pós-parto são idealizadas para proteger a criança e a mãe em lactação. Mesmo que a maioria dos medicamentos e terapias seja segura para ambos, a AAP recomenda que todos os profissionais obtenham informações necessárias e atualizadas que podem ajudá-los a encontrar atualizações sobre medicamentos específicos para ajudar a orientar as mulheres que amamentam.

Como se vê, a grande maioria de medicamentos pode ser usada, mas deve ter a opinião do médico para fazer a recomendação correta. E cabe aos médicos se informarem sobre a segurança e a possibilidade de medicação, e não simplesmente proibir.

Por: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte:  The Transfer of Drugs and Therapeutics Into Human Breast Milk: An Update on Selected Topics Pediatrics 

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade