PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Vamos nos vacinar e esperar que nossas crianças possam ser vacinadas logo
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Vamos nos vacinar e esperar que nossas crianças possam ser vacinadas logo

Vamos nos vacinar e esperar que nossas crianças possam ser vacinadas logo

24/02/2021
  983   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Quanto mais cedo as crianças mais novas puderem ser incluídas na pesquisa, melhor, pois a vacinação generalizada ajudará a proteger as comunidades. Como a Academia Americana de Pediatria (AAP), nós da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, Sabará Hospital Infantil, Instituto Pensi e Autismo e Realidade estimulamos todos os adultos e adolescentes elegíveis a receber a vacina contra Covid-19 assim que for disponibilizada.

Destacamos a segurança e a eficácia das vacinas, enquanto pedimos para que os ensaios clínicos incluam crianças mais novas, como um próximo passo urgente para acabar com a disseminação do vírus. Em orientação divulgada em final de janeiro, a AAP observa que os pediatras – há muito acostumados a administrar vacinas e ver em primeira mão seu sucesso na prevenção de doenças – estão prontos e aptos a ajudar nesse esforço.

A ciência mostrou que as novas vacinas são notavelmente eficazes. São uma ferramenta poderosa em conjunto com outras medidas de segurança, como máscaras faciais, boa higiene e distanciamento físico, e pode nos ajudar a acabar com o sofrimento e a morte causados ​​pela Covid-19.

Os pediatras podem desempenhar um papel fundamental para que isso aconteça. Pedimos aos pediatras que ajudem a divulgar o uso da vacina contra Covid-19 a familiares mais velhos ou cuidadores de crianças.

Milhões de pessoas receberam as vacinas atuais, que passaram por um rigoroso processo de revisão e aprovação para pessoas com 16 anos ou mais. Os testes de vacinas estão em andamento e os estudos atuais incluem crianças a partir dos 12 anos.

É fundamental que os pacientes pediátricos de todas as idades sejam incluídos nos ensaios o mais rápido possível. Estamos especialmente preocupados com as crianças que pertencem a grupos raciais, étnicos e culturais que foram desproporcionalmente afetados pela pandemia ou que têm condições subjacentes, que as colocam em risco aumentado de desenvolver infecção grave de Covid-19.

A AAP orienta que a vacina COVID-19 deve estar disponível para adolescentes grávidas ou lactantes e que atendem aos critérios definidos pelo Comitê Consultivo em Práticas de Imunização como um grupo prioritário.

A administração generalizada da vacina é um grande passo para voltar ao “normal”, um momento em que poderemos fazer visitas com segurança, compartilhar refeições, brincar juntos e abraçar nossos netos. A vacina é uma virada de jogo e pedimos a todos que têm a oportunidade de obtê-la que se inscrevam agora.

Saibamos respeitar os critérios técnicos de risco e aguardar nossa vez sem necessidade de furar filas. Em breve teremos vacinas para todos.

Saiba mais sobre este assunto:

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade