PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Primavera: a estação da alergia
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Primavera: a estação da alergia

Primavera: a estação da alergia

16/10/2012
  3252   
  2
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Aqui estão alguns sintomas comuns que podem levar você a suspeitar que seu filho possa ter uma alergia:

1- Os sintomas gripais, repetidos ou crônicos, costumam se desenvolver na mesma época, todos os anos. Pode-se incluir o corrimento e congestão nasal, espirros, pigarro, coceira e olhos lacrimejantes;

2- Tosse recorrente, chiado, aperto no peito, dificuldade para respirar e outros sintomas respiratórios podem ser um sinal de asma. A tosse pode ser um fator isolado. Os sintomas que aumentam durante a noite ou com o exercício são visados como suspeitos de asma;

3- Olhos vermelhos, coceira, erupções cutâneas nas dobras dos cotovelos e/ou joelhos, ou na parte de trás do pescoço, nádegas, pulsos, ou tornozelos;

4- Sintomas como urticária, inchaço, engasgos, tosse, vômitos ou dor abdominal significativa que se repetem depois de comer um determinado alimento;

5- Coceira ou sensação de formigamento nas orelhas, boca, garganta, e/ou durante certas épocas do ano ou depois de comer certos alimentos, especialmente frutas frescas.

Saiba mais sobre asma

 

Alergias comuns nas casas

1- Os ácaros da poeira (ácaros são microscópicos e são encontrados em móveis, roupas, estofados e tapetes, bem como em outros lugares);

2- Pelos de animais alérgenos (cães, gatos, porcos da índia, coelhos);

3- Alérgenos de pragas (baratas, ratos, ratazanas);

4- Pólen (árvores, gramíneas, ervas daninhas);

5- Bolores e fungos (incluem-se os menores, que podem ser vistos a olho nu);

6- Alimentos (leite de vaca, ovos, amendoim, nozes, soja, trigo, peixe e marisco).

Como gerenciar sintomas de alergia nasal

Sintomas de alergia nasal podem ser causados por uma variedade de alérgenos ambientais, incluindo ácaros, animais de estimação e de pragas, assim como pólen ao ar livre.

Testes devem ser realizados para determinar as alergias que seu filho possui. Um passo importante no manejo de sintomas de alergia é evitar os alérgenos que desencadeiam os sintomas:

a- Se o seu filho é alérgico a animais de estimação, não é recomendado ter um pet no ambiente familiar;

b- Se o seu filho é alérgico a pragas, buracos e rachaduras precisam ser vedados, pois servem como pontos de entrada para pragas. Armazenar alimentos em recipientes plásticos com tampas e fazer uma limpeza meticulosa com relação aos restos de comida podem ajudar na eliminação delas e reduzir os níveis de alérgenos;

c- Os ácaros se reúnem onde a umidade é retida e abundante para que eles se alimentem (escamas de pele humana, por exemplo). Eles são especialmente numerosos em roupas de cama, móveis estofados e tapetes. Móveis estofados, como colchões, molas e travesseiros, devem ser cobertos com capas antialérgicas que geralmente estão disponíveis em lojas especializadas. Lavar roupa de cama e cobertores semanalmente, a cada 1 a 2 semanas com água fervendo é uma opção viável;

d- Se o seu filho tem reações aos alérgenos ao ar livre, o banho no final do dia pode ser útil, pois colabora para a remoção deles nas superfícies do corpo e do cabelo;

e- Para aqueles que possuem alergia ao pólen de grama, evite o contato com áreas em que ela esteja alta.

 

Medicamentos para controlar os sintomas

O tratamento da criança com alergia deve começar com o auxílio do pediatra. Ele poderá encaminhá-la a um especialista em alergia pediátrica para avaliações adicionais e tratamentos, tais como:

Anti-histamínicos: tomados via oral, podem ajudar com a coceira nos olhos lacrimejantes, coriza e espirros, bem como a coceira na pele e urticária. Alguns tipos podem causar sonolência;

Corticosteróides nasais: altamente eficazes para o controle de sintomas de alergia e são amplamente utilizados para parar sintomas crônicos. Seguros para uso em crianças durante longos períodos de tempo, diariamente;

Imunoterapia para alergia: imunoterapia, ou vacina de alergia, pode ser recomendada para reduzir os sintomas da alergia do seu filho. 

Leia também: Alergias, anafilaxia e choque anafilático em crianças e adolescentes

 

Pergunte ao seu médico sobre tratamentos adicionais

Medicamento anti-histamínico pode ser prescrito para aliviar a coceira. Cremes de esteroides podem ser usados sempre com a indicação de um pediatra ou alergista, uma vez que são hormônios potentes com ação em outros órgãos.

 

Outras dicas:

  • O uso de pijamas com mangas compridas pode ajudar a prevenir arranhões de coceiras noturnas;
  • Sabonetes que contenham perfumes e desodorantes podem ressecar muito a pele das crianças sensíveis;
  • Lave completamente as roupas novas, antes do seu filho usá-las. Evite amaciantes;
  • Use produtos de lavanderia que são livres de corantes e perfumes. Lave as roupas, as toalhas e as roupas de cama duas vezes e enxágue bem;
  • Banhos mornos e rápidos são boas maneiras de tratar a pele seca por causa do eczema. Seque seu filho com delicadeza após o banho, e evite irritar a pele com a fricção. Aplique creme hidratante imediatamente;
  • Eczema, especialmente quando é grave, pode estar associado com alergias a alimentos (por exemplo, leite, ovo, amendoim).

Fonte: American Academy of Pediatrics – © 2012 | Alergias e asma: O que cada pai precisa saber, 2 ª Edição.

Atualizado em 3 de abril de 2024

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

(CRM-SP 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com especialização na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás, David e Benjamim.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.