PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Comemorar sim, mas com consciência
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Comemorar sim, mas com consciência

Comemorar sim, mas com consciência

22/12/2020
  641   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Final de ano, tempo de festa, tempo de confraternização entre as famílias e amigos. Este ano estamos mais ávidos para encontrar as pessoas, pois a pandemia nos deixou sem podermos nos encontrar.

Estávamos indo bem, o isolamento social reduzia os números dos casos de covid-19 e de mortes. Os hospitais de campanha foram desmobilizados e as pessoas passavam a respirar mais aliviadas. Havia a expectativa das vacinas para o começo do ano. No hemisfério norte, com o início do outono, as notícias de uma segunda onda começaram a chegar. Por aqui, o tempo de primavera/verão iniciava. As pessoas passaram a ir para as praias e a se aglomerar. Como consequência, os casos voltaram a aumentar e, com eles, as mortes. Os hospitais estão cheios. Voltou uma certa preocupação com a contaminação.

O Sabará Hospital Infantil, como se sabe, é um hospital pediátrico. Temos poucos casos de crianças com covid-19. Desde o início da pandemia, até início de dezembro, fizemos pouco mais de 500 diagnósticos, com cerca de 80 internações, sendo que mais da metade necessitou de UTI. Tivemos mais de 35 diagnósticos de SIM – P (Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica). Disso tudo, só um óbito de uma criança que tinha um caso de doença terminal e que teve Covid.

As expectativas de vacinas são muito boas, mas só devemos iniciar em janeiro/fevereiro. Devemos, portanto, manter as medidas de segurança e de prevenção para covid-19. O uso de máscaras para todos com mais de 2 anos, espaçamento físico de pelo menos 1,5 metros de distância entre as pessoas e uso de álcool em gel. Precisamos nos lembrar que a transmissão se dá principalmente pelos aerossóis, portanto estas medidas são necessárias. Evitar as aglomerações, se possível, também é muito importante.

Lembramos ainda que nas festas de final de ano devemos manter todas estas precauções e, se possível, fazer festas com número reduzido de pessoas. Vamos nos confraternizar e dar os votos de alegrias, esperança e todos os desejos para este final de ano e para que 2021 seja muito melhor para todos.

Não vamos por tudo a perder depois de tanto sacrifício. Vamos aguentar mais um pouco e aguardar a vacinação em massa. Vamos seguir as orientações baseadas em fatos científicos e, quando tivermos a vacina, tomar as doses e não ceder às vozes do obscurantismo, tão em voga por aí.

Saiba mais:
• https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/12/crescem-em-sp-casos-e-internacoes-por-covid-19-entre-criancas-de-ate-dez-anos.shtml?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=compfb&fbclid=IwAR3kXLuHi56IBBVCF2DmYDo9Umu5kpJxMBqcKzbPYsBTRiCwT33-E99Z74E
• https://institutopensi.org.br/precisamos-vacinar-nossas-criancas-nao-so-contra-covid-19/
• https://institutopensi.org.br/sindrome-inflamatoria-multissistemica-pediatrica-sim-p-e-a-covid-19/
• https://www.youtube.com/watch?v=oug368Ih9Xc

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade