PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
O tratamento não-operatório para a apendicite
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
O tratamento não-operatório para a apendicite

O tratamento não-operatório para a apendicite

26/04/2017
  1042   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Quando ouvimos a palavra apendicite, logo a associamos a uma cirurgia. A razão disso é que a cirurgia tem sido o pilar do tratamento para apendicite aguda, mas uma nova pesquisa mostra que os antibióticos sem a remoção cirúrgica do apêndice podem ser um tratamento eficaz para crianças e adultos, de acordo com um artigo publicado na Pediatrics de março de 2017 .

O artigo, “Efficacy and Safety of Nonoperative Treatment for Acute Appendicitis: A Meta-analysis”, revisou a literatura existente publicada nos últimos 10 anos que incluiu 10 estudos relatando 413 crianças que receberam tratamento não-operatório em vez de uma apendicectomia. Nenhum estudo relatou preocupação de segurança ou eventos adversos específicos relacionados ao tratamento não-cirúrgico, embora a taxa de apendicite recorrente tenha sido de 14%.

Os autores encontram uma falta de evidência robusta comparando o tratamento não-operatório com a cirurgia, mas concluem que os dados suportam a pesquisa futura.

Os autores recomendam que o tratamento não-cirúrgico para a apendicite não complicada seja reservado para aqueles que participam em estudos de pesquisa cuidadosamente projetados, de preferência como grandes ensaios randomizados.

Como se pode ver, a medicina está sempre a procura de novos tratamentos seguros, por esta razão fazemos pesquisas clínicas controladas, sempre na busca de evidencia que o tratamento proposto funciona. O Hospital Sabará, participa de muitas pesquisas clínicas em busca de novos medicamentos e tratamentos, faz isso através do Instituto PENSI (pesquisa e ensino em saúde infantil).

Saiba mais sobre pesquisas clínicas:

https://www.youtube.com/watch?v=cm1Kb5Z4LwA A IMPORTÂNCIA DAS PESQUISAS PEDIÁTRICAS

https://institutopensi.org.br/

https://institutopensi.org.br/pesquisa/sobre-o-centro-de-pesquisa/

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte: Pediatrics, February 2017

Efficacy and Safety of Nonoperative Treatment for Acute Appendicitis: A Meta-analysis

Roxani Georgiou, Simon Eaton, Michael P. Stanton, Agostino Pierro, Nigel J. Hall

 

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que o pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade