PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Os perigos do sal e do açúcar na alimentação infantil
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Os perigos do sal e do açúcar na alimentação infantil

Os perigos do sal e do açúcar na alimentação infantil

03/04/2013
  1288   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Pesquisa aponta que a baixa do consumo de sal reduz o consumo de bebidas açucaradas

crianças e bebidas açucaradas

Tanto a obesidade como a hipertensão infantil são problemas com os quais os pediatras e os pais precisam estar atentos nos dias de hoje. Uma maneira importante de reduzir a obesidade infantil é limitar a ingestão de sal. De acordo com um estudo publicado na revista Pediatrics, em janeiro deste ano, as crianças que ingerem maior quantidade de sal também consomem mais bebidas açucaradas.

No estudo, “Dietary Salt Intake, Sugar-Sweetened Beverage Consumption, and Obesity Risk”, feito na Austrália, 4.200 crianças, de 2 a 16 anos, foram acompanhadas com relação ao consumo de sal na dieta por meio de bebidas açucaradas.

No total, 62% das crianças relataram o consumo de bebidas açucaradas. Neste grupo, aquelas que consumiam mais sal ingeriam também líquidos mais fluídos, em particular, ricos em açúcar. A cada 1 grama por dia de sal, elas consumiam 17 gramas a mais de bebidas açucaradas. Os participantes que ingeriram mais de uma porção por dia representaram 26%, com probabilidade a ter excesso de peso ou obesidade.

O estudo é somado às evidências emergentes de que a redução do consumo de sal na dieta pode diminuir o consumo de bebidas adoçadas com açúcar que, por sua vez, traz a queda do risco de obesidade infantil.

É importante que os pais e cuidadores olhem os rótulos dos alimentos para verificarem a quantidade de sal e açúcar contidos neles, lembrando que, mesmo refrigerantes diet e light, têm enorme quantidade de sal e os sucos naturais em “caixinhas” tem muito açúcar. Controlando esses dois elementos na dieta de seu filho, você proporcionará uma saúde melhor ao pequeno por diminuir o risco de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e obesidade no futuro.

Por: Dr. José Luiz Setúbal
Fonte: Salt Intake, Sugar-Sweetened Beverage Consumption, and Obesity Risk | Pediatrics.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • yasmin disse:

    oi tenho 11 anos e sou baixinha de + tenho 1.38 e sou magra 31.5kg só que meu problema que sou magra e tenho a barriga grande e não é vermes e nem lombrigas.e sou muito baixa gostaria que me ajudassem me mandassem no meu email:yasminbserrano@hotmail.com uma dieta que possa me ajudar no crescimento . me ajudem pf

    • Equipe Sabará disse:

      Olá Yasmin, tudo bem? Obrigado pela confiança. É importante que você informe um responsável sobre esse seu desejo e, em seguida, consulte um especialista. Abraços! 🙂

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade