PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
Teste de alergia à penicilina poderia economizar dinheiro, melhorar o atendimento.
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
Teste de alergia à penicilina poderia economizar dinheiro, melhorar o atendimento.

Teste de alergia à penicilina poderia economizar dinheiro, melhorar o atendimento.

16/05/2018
  758   
  0
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Alergia à penicilina é muito comum pelo que relatam os pais. Será que é mesmo?

Muitas vezes os pediatras prescrevem antibiótico para quadros poucos claros e muitos deles podem ser viróticos e que podem ter sintomas como manchas vermelhas, o que pode confundir com a alegada alergia à penicilina. Outras vezes a alergia pode ser creditada aos corantes dos próprios antibióticos.

Até 10% das pessoas relatam que são alérgicas à penicilina, fazendo com que uma alergia a essa classe de antibióticos seja uma das alergias a medicamentos mais comumente relatadas.

Um estudo sobre este assunto, “Uso de antibióticos após remoção do rótulo de alergia à penicilina”, publicado na edição de maio de 2018 da Pediatrics, descobriu que o teste de alergia para crianças com sintomas de baixo risco é bem-sucedido em determinar se essas crianças podem ser tratadas com penicilina e derivados, resultando em economia de custos.

Os pesquisadores realizaram uma pesquisa de acompanhamento em 100 crianças que apesar de relatar a alergia mostraram teste negativo para alergia à penicilina e descobriram que todas, exceto uma, toleraram a medicação no ano seguinte sem reações adversas ou alérgicas graves. Esta pesquisa também descobriu que 10% dos pais e 80% dos médicos da atenção primária não sabiam que a criança havia sido inocentada da alergia durante o teste.

Os pesquisadores concluem que a redução de custo anual potencial quando estendida à população anual de 67.000 atendimentos de emergência pediátrica foi de US$ 192.223, mas que mais deve ser feita para garantir que os resultados dos testes sejam claramente comunicados aos pais e a toda a equipe de saúde.

Não sei exatamente qual é o teste, mas acredito que se realizado por aqui, entre nós, os resultados seriam semelhantes. Antigamente se fazia um teste com penicilina benzatina (benzetacil) diluída, era realizado nas farmácias e de uma maneira empírica, sem valor científico e que servia para espalhar esta crença da alergia.

Saiba mais:

 

Autor: Dr. José Luiz Setúbal

Fonte Pediatrics April 2018

Antibiotic Use After Removal of Penicillin Allergy Label

David Vyles, Asriani Chiu, John Routes, Mariana Castells, Elizabeth J. Phillips, Jennifer Kibicho, David C. Brousseau

 

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para os cuidados médicos e os conselhos do seu pediatra. Pode haver variações no tratamento que seu pediatra pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade