PESQUISAR

Sobre o Centro de Pesquisa
Sobre o Centro de Pesquisa
Residência Médica
Residência Médica
A médica e os livros infantis
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp
A médica e os livros infantis

A médica e os livros infantis

25/07/2022
  242   
  1
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Google Plus Compartilhar pelo WhatsApp

Médicos escritores parecem ser uma junção de sucesso. Talvez quem escolhe ser médico tenha uma sensibilidade, um interesse pelo ser humano em especial, e se tiver o dom de se expressar pelas palavras escritas, pode acabar se tornando um escritor de sucesso.

Se você gosta de ler, certamente já leu um livro escrito por algum médico. Para citar alguns, começarei pelo sir Arthur Conan Doyle, criador do célebre Sherlock Holmes. Outro escritor famoso pelos seus contos e peças, Tchekhov, que é um dos maiores autores de todos os tempos, cursou medicina na Universidade de Moscou. Se quisermos falarmos de brasileiros, podemos citar Guimarães Rosa ou Moacir Scliar ou ainda Joaquim Manuel de Macedo, autor de um dos clássicos da literatura brasileira, “A Moreninha”, que todos lemos na escola.

Falo disso porque chegou às minhas mãos alguns livros infantis escritos por uma pediatra que atua no Sabará Hospital Infantil: Dra. Luiza Ghizoni, membro da equipe de nefrologia. Não a conheço pessoalmente, e me parece que, nas horas livres, se dedica a escrever livros infantis sobre situações de saúde, pelo menos os que chegaram até mim. São livros muito sensíveis, bem escritos e com ilustrações muitos bonitas feitas por Thiago Amormino.

Cada livro tem duas partes e pode ser lido iniciando de um lado ou de outro, e as histórias se encontram no meio. Uma forma bem interessante de contar diferentes perspectivas! Em cada livro, no lado da perspectiva da criança, tem uma carta da autora para as mães, dando uma explicação sobre o tema, e uma carta de uma mãe de uma criança com o problema tratado naquela edição. No outro lado, há um texto de “Você sabia?”, que aborda a doença ou assunto do livro, sempre de uma maneira de fácil entendimento.

São quatro livros que tratam sobre autismo, transplante de rim, câncer (leucemias e linfomas) e diabete. ‘A menina que sabia/O anjo cuidador’ fala da leucemia; ‘O menino que não fazia xixi/O rim que estava perdido’ nos conta sobre a insuficiência renal e o transplante de rim. ‘O menino que não cabia na caixa/O cãozinho com olhos de coração’ conta a história de um menino autista. Já a ‘A menina que não desistia jamais/A velhinha que era feliz demais’ nos conta sobre a diabete.

Os livros são publicados pela editora Editora Matrescência e podem ser usados como material de apoio para crianças que estejam com esses problemas. Parabéns à Dra. Luiza e para o Thiago pelo trabalho! Vamos esperar que novos materiais sejam produzidos, pois as crianças com doenças ou condições especiais necessitam de conteúdos que as ajudem a compreender sua situação.

Saiba mais:

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal

Dr. José Luiz Setúbal (CRM-SP: 42.740) Médico Pediatra formado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo , com Especialização na Universidade de São Paulo (USP) e Pós Graduação em Gestão na UNIFESP. Pai de Bia, Gá e Olavo. Avô de Tomás e David.

deixe uma mensagem O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mensagem enviada

  • Marcelo de Aquino Carvalho disse:

    O Autismo deve ser encarado com profundidade e leveza. Um curso que me ensinou muito a lidar com o Autismo é esse aqui: https://bit.ly/Curso-Autismo-e-Agora
    Este curso me ensinou a lidar com o Autismo de uma maneira nova e muito mais acertiva e em uma abordagem muito positiva.
    Recomendo para Pais e Professores que precisam de mais informações sobre o autismo

posts relacionados

INICIATIVAS DA FUNDAÇÃO JOSÉ LUIZ EGYDIO SETÚBAL
Sabará Hospital Infantil
Pensi Pesquisa e Ensino em Saúde Infantil
Autismo e Realidade

    Cadastre-se na nossa newsletter

    Cadastre-se abaixo para receber nossas comunicações. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade de Instituto PENSI.